Resenha || Destino Mortal - Suzanne Brockmann



Valentina, 2014, 1ª Ed.
Expulso de um grupo de elite de forma desonrosa, o ex-Navy SEAL Shane Laughlin está com seus últimos 10 dólares no bolso quando, finalmente, consegue um emprego para participar de um programa de testes no Instituto Obermeyer (IO), uma fundação de pesquisas e desenvolvimento desconhecida do grande público e que trabalha com atividades secretas. Logo, Shane descobre que existem certos indivíduos que têm a habilidade única de conseguir acesso a regiões inexploradas do cérebro, com resultados extraordinários, incluindo telecinesia, força sobre-humana e reversão do processo de envelhecimento. Conhecidos como Maiorais, essas raras figuras são criadas ou recrutadas pelo IO, onde, rigorosamente treinadas com o auxílio de técnicas ancestrais, conseguem cultivar seus poderes e usá-los de forma responsável. No entanto, nas profundezas da segunda Grande Depressão dos Estados Unidos, onde o abismo social entre os que têm muito e os que não têm nada ameaça a ordem de forma definitiva, ricaços imprudentes descobriram uma alternativa sedutora na forma de um novo produto: Destiny. Trata-se de uma droga de fabricação quase artesanal, capaz de transformar qualquer pessoa num Maioral, além de oferecer a atração especial de garantir a juventude eterna para o usuário. O cartel sinistro conhecido como a Organização começou a produzir Destiny em larga escala, e a demanda pela droga se tornou epidêmica. Poucos, porém, sabem do verdadeiro perigo da nova droga, e são ainda em menor número os que detêm o segredo sujo do ingrediente crucial para a fabricação da substância. Michelle “Mac” Mackenzie é uma das poucas que conhecem toda a verdade.

Destino Mortal se passa em um futuro onde uma droga chamada Destiny foi desenvolvida e promete rejuvenescimento, porém a mesma droga só pode ser obtida por aqueles que conseguem manter um grande poder aquisitivo, pois custa muito caro. A mesma é altamente viciante e muitos dos indivíduos que a usam "coringam", ou seja, acabam enlouquecendo assim como desenvolvem poderes antes inexistentes.. Tais poderes não são sobrenaturais em si, e sim poderemos adquiridos através da estimulação de uma parte do cérebro com grande capacidade para, por exemplo, curar o corpo, poderes tele cinéticos, telepatia, projeção. Voar, empatia, entre outros.. 

"O vilão daquela noite, cujo nome era Nathan, conseguia desviar balas..
Graças à quantidade absurda de Destiny em suas veias.."
pág.12

Além disso, existe um instituto que treina pessoas com interação neural acima da capacidade normal que geralmente está em torno de 10, Este instituto não faz uso de Destiny.. As pessoas que conseguem uma boa integração neural acabam desenvolvendo poderes e lutam junto ao instituto para evitar que capturem pessoas para usarem no desenvolvimento da droga Destiny, assim como tentam capturar os que "coringam" no intuito de ajudá-los; o que geralmente não resulta positivamente.. Já que a droga é muito agressiva! 

Alguns dos personagens são:

Mac - um maioral com integração 50 cheia de problemas no seu passado e presente, pois a mesma possui o "dom" de encantar os homens, ou mulheres, seu poder de empatia a faz duvidar se realmente Shane está apaixonado por ela ou não, ela sente-se sozinha, o que para muitos seria um poder em tanto, para ela, apenas a faz perceber que ninguém jamais a amará realmente por quem é e sim por seu dom de lançar a sedução no indivíduo que deseja; ao menos é o que ela acredita!

"Ele sentiu vontade de rir e chorar ao mesmo tempo
ao ter certeza de que se arriasse sua calça e, ao mesmo tempo, 
se livrasse magicamente da calça de sua parceira,
ele a teria comido ali mesmo, apesar das câmeras de segurança.."
pág.281

Shane  - É um ex Seal, que foi parar na lista negra do governo por ter tido que realizar uma escolha moral em seu trabalho.. Ele é um cara sexy e sem papas na língua que sabe direitinho como proceder com Mac. Ambos possuem uma ligação e o sexo entre eles faz as lâmpadas estourarem e todo o sistema elétrico dar pane! Ele está completamente de quatro por Mac e seu extinto é te tê-la para si, proteger, amar.. 

"Vá se foder é uma reação de tédio? Porque, lá na minha terra,
vai se foder é uma demonstração de raiva. É perturbação total..
Eu não deixo você entediada, Michelle. Na verdade, eu deixo
você com o cu na mão de tanto medo!"
pág.285

Elliot - É o cara responsável pela ciência do IO, ele está sempre em busca de informações e aplicando experiências com intuito de aumentar a integração neural dos treinados. Ele é gay e um minoral.

Stephen Dias - um maioral, celibatário que não faz sexo a mais de 15 anos, pois acredita que a abstinência possa ser capaz de aumentar sua integração neural atual de 50. Um homem grande, lindo e muito atraente .. E também muito romântico e sensível!

"Stephen Dias fechou os olhos.
Acabara de dar o maior salto de fé de toda a sua vida
ao contar ao homem que adorava que, de fato, o amava.
É isso que você pensa, não é? Acha que se trata apenas
de sexo, mas não é. Estou apaixonado por você, Elliot, 
a mais de sete anos."
pág.216

Anna - É uma jovem linda, sem integração neural, mas que teve sua irmã raptada pela Organização, à mesma que vem desenvolvendo Destiny, e tem seu destino ligado a Joseph Bach o maior maioral do IO; que se propõe a ajudá-la a encontrar Nika, assim como parece sentir uma grande atração por Anna.

Há outros personagens na trama, mas a resenha ficaria mega enorme se descrevesse cada um deles.. Então destaquei apenas alguns mais importantes!

Destino Mortal tem uma mistura que agrada a muitos leitores, romance, ficção científica, ação e muito mais.. A forma como os romances são desenvolvidos na trama é como em IAN (Irmandade da Adaga Negra), como se cada indivíduo com integração neural alta possuísse alguém a espera, como um par perfeito, uma alma gêmea, as relações são bem desenvolvidas e podemos conhecer perfeitamente cada casal, que varia entre o heterossexual e homossexual. As cenas descritas tem a pegada hot perfeita que atiça as leitoras mais assanhadas .. rsrs, porém sem chocar, pois as mesmas são descritas em uma mistura de picante com romance!
É a primeira vez que leio algo da autora e realmente adorei sua criação que me deixou curiosa por outros títulos!

Uma ótima pedida para quem gosta de ler um livro em uma tacada só, pois apesar da quantidade de páginas o leitor se vê grudado as páginas!

4 comentários:

  1. Oi Karini!!! Não conhecia esse livro, mas agora quero muito ler!!! Adoro livros assim cheios de ação e esse parece ser bem dinamico!!! Vai pra minha lista infinita de leitura!!!kkkkk

    Bjsssssssssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marci. Obrigada pelo comentário. Se gosta do gênero vale a pena. O livro é bem diferente dos demais em diversos pontos! Acredito que aprecie!

      Excluir
  2. Karini, fiquei presa em sua resenha e só consegui terminar quando cheguei na última linha. Sério... O livro vai me prender por completo. Achei super criativo a ideia da droga desenvolvida para o rejuvenescimento. Os personagens parecem bem construídos e diferenciados entre si. Me atraiu demais, uma distopia que dá gosto de ler e devorar.

    ResponderExcluir
  3. Oi Karini. Juro que quando olhei a capa achei que era mais um livro hot rs A história parece ser muito boa e parece misturar o romance e a ação do modo certo. Gostaria muito de ler. beijos

    ResponderExcluir