Resenha || " Sempre ao Seu Lado" - Tangled Up In You - Writers Friends #3 - Rachel Gibson



Jardim de Livros, 2014, 1ª Ed.

"Considerado pelos leitores um dos melhores romances escritos por Rachel Gibson, "Sempre ao seu lado" narra a história de Maddie Jones. A personagem volta à cidade onde nasceu, com pretexto de concluir seu livro, um thriller policial com todos os ingredientes de um bom suspense, duplo homicídio e traição, em uma trama envolvente. O que ninguém sabe é que os fatos são verídicos, e boa parte foi descrita no diário de sua mãe, assassinada junto com seu amante. Maddie Jones está determinada a descobrir o passado sórdido da cidade. No entanto, ela não conta com a possibilidade de se sentir atraída por Mick Hennessey, filho da mulher traída que matou sua mãe".






"Sempre ao seu lado" é o terceiro livro de uma quadrilogia que conta a história de quatro amigas escritoras. Para aqueles que não leram os livros anteriores, não há problema. Como cada livro foca em uma personagem, a leitura não fica confusa e nem perdemos detalhes importantes.
Narrado em terceira pessoa, o livro conta a história de Maddie Jones, uma escritora que foca em crimes seriais, entrevistando sociopatas, assassinos e outros criminosos perigosos. 
Maddie tem 34 anos, é uma escritora de sucesso e não quer saber de compromisso na vida pessoal, sempre tendo relacionamentos rápidos e sem importância. Ela tem uma personalidade forte e para quem a analisa superficialmente, pode até mesmo parecer fria. Mas a verdade é completamente outra. Maddie até hoje não superou o assassinato de sua mãe. 

A mãe de Maddie era Alice Jones e foi assassinada há 29 anos. Na época de sua morte, tinha 24 anos de idade. Alice havia se envolvido com um homem casado, chamado Loch e tanto ela quanto Loch foram assassinados pela esposa Rose Hennessy.
Como Maddie era muito jovem quando tudo aconteceu, ela quer retornar à Truly, Idaho para tentar entender melhor todos os fatos, inclusive como era o cotidiano das duas na cidade.
Truly é a típica cidadezinha do interior, onde todo mundo sabe da vida alheia, e um escândalo tão grande como um assassinato nunca é realmente esquecidos. Mas os filhos de Loch e Rose continuaram morando por lá. Mick continua gerenciando o bar da família e sua irmã é um pouco "frágil" (ou desequilibrada, depende do leitor) e tem um filho de 7 anos de idade, o Travis (que adora o tio!)

A trama é muito bem desenvolvida. A narração alterna entre o ponto de vista de Maddie e Mick e também temos alguns trechos do diário de Alice. Essa possibilidade de conhecermos vários lados da mesma história permite ao leitor entender as consequências para os filhos dos atos hediondos de seus pais.
A construção dos personagens é interessante. Maddie sempre teve que ser durona e Mick também, já que ele cuida da irmã e sobrinho. Mas conseguimos ver o que existe uma grande fragilidade nos dois através dessa "armadura".
A escrita da autora é dinâmica e fluida, permitindo que a leitura seja realizada em poucas horas.

"Sempre ao seu lado" tem romance, mas também fala sobre resolver as pendências do passado para seguir em frente. Discute sobre o impacto que as ações dos pais recaem em seus filhos e fala sobre perdão e segundas chances. 
Em relação à revisão, diagramação e layout houve alguns probleminhas. Infelizmente existem diversos errinhos de digitação e gramática. A capa é bonita, mas não conta nada sobre a trama em si. 

"Se tem uma coisa que eu aprendi nessa vida, é que a gente tem que enfrentar as coisas de frente. A gente pode transpor qualquer obstáculo se souber o que está enfrentando". (p.92)

12 comentários:

  1. Que bom que os 4 livros não possuem "parentesco".Gosto dessa ideia de alterar a narração assim fica mas fácil o entendimento e o reconhecimento dos personagens. É ,pela sua resenha, a capa não lembra a sinopse é eu não acharia que é um livro desse estilo se não pega-se ele para ler. O livro parece bom, mas não é o que eu pegaria numa livraria para levar para casa, apesar de ter uma proposta é um enredo muito bom.
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Oi Carol.
    Gostei bastante da premissa de Sempre ao Seu Lado e é bom saber que mesmo fazendo parte de uma quadrilogia não é necessário ler na ordem.
    Ainda não li nada da autora e gostei bastante da trama desse livro. Acho que vou começar com ele e ver se gosto da escrita da autora =)
    A capa realmente não faz jus a proposta do livro rs

    ResponderExcluir
  3. Fantástico! Esse livro está na minha wishlist há um bom tempo e vejo que é ainda melhor do que eu esperava.
    Essa abordagem do passado dos personagens e das cicatrizes deixadas por ele é simplesmente fascinante. Acho que aprofundar-se na construção desses personagens foi uma ótima escolha da autora.
    A história também parece boa, com uma pitada de várias coisas e todas na medida certa! =)
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Adorei o novo layout :) Lembro que detestei a revisão (péssima por sinal) desse livro, na verdade eu nunca li algo com tantos erros de digitação como na minha leitura de Sempre ao Seu Lado. Uma pena mesmo, pois é uma boa história.

    Beijos
    www.passaporteliterario.com

    ResponderExcluir
  5. Adorei a resenha, me interessei pela história.
    Fiquei com vontade de conhecer a personalidade forte de Maddie e o decorrer da investigação do assassinato de sua mãe.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. OI! Me atrair pela sinopse e a sua resenha só me fez crê o quanto o livro é bom. Gosto de romances, mas que não deixa o "romance" como chave principal da história, fica um pouco exaustivo. Amo mistério e acho que esse livro tem esse ingrediente irresistível.

    ResponderExcluir
  7. Oi! Gostei da proposta do livro. Amo mistério e um pouquinho de suspense acho que a morte da mãe dela está em volta desse dois ingrediente. Amo romances meio proibidos por causa de briga entre famílias. Eu o leria.

    ResponderExcluir
  8. Senhorrr quero muitoooo. Amo os livros da autora! Que pena que não sou de SP pra poder comprar na bienal :/

    ResponderExcluir
  9. Parece ser um livro bem legal, mas não me conquistou, sei lá, só não leria o livro no momento.

    ResponderExcluir
  10. Único livro da autora que li foi Sem clima para o amor, Carol. Esse aí parece bom, com uma trama envolvente. Afinal, brigas é algo comum e em família então, nem se fala...

    M&N | Desbrava(dores) de livros

    ResponderExcluir
  11. Eu adoro esta autora e tenho todos os seus livros ja publicados por aqui rs,
    esse é dos que mais gosto, e o final dele me surpreendeu..eu não esperava aquele desfecho,
    a revisão realmente deixa muito a desejar, uma pena,
    beijos.

    ResponderExcluir
  12. Tenho dois livros da autora mas ainda não os li.
    Gosto de romances assim e espero conseguir encaixar nas minhas metas de leitura, pois parecem muito bons. Este também quero comprar logo, me interessou.

    ResponderExcluir