Resenha: "Novembro de 63" - Stephen King



Suma de Letra, 2014, Edição 1ª

A vida pode mudar num instante, e dar uma guinada extraordinária. É o que acontece com Jake Epping, um professor de inglês de uma cidade do Maine. Enquanto corrigia as redações dos seus alunos do supletivo, Jake se depara com um texto brutal e fascinante, escrito pelo faxineiro Harry Dunning. Cinquenta anos atrás, Harry sobreviveu à noite em que seu pai massacrou toda a família com uma marreta. Jake fica em choque... mas um segredo ainda mais bizarro surge quando Al, dono da lanchonete da cidade, recruta Jake para assumir a missão que se tornou sua obsessão: deter o assassinato de John Kennedy. Al mostra a Jake como isso pode ser possível: entrando por um portal na despensa da lanchonete, assim chegando ao ano de 1958, o tempo de Eisenhower e Elvis, carrões vermelhos, meias soquete e fumaça de cigarro. Após interferir no massacre da família Dunning, Jake inicia uma nova vida na calorosa cidadezinha de Jodie, no Texas. Mas todas as curvas dessa estrada levam ao solitário e problemático Lee Harvey Oswald. O curso da história está prestes a ser desviado... com consequências imprevisíveis. Em Novembro de 63, livro inédito de Stephen King, a viagem no tempo nunca foi tão plausível... e aterrorizante.



A sinopse do livro "Novembro de 63" é bem explicativa e contar qualquer detalhe a mais do que o já fornecido nela seria realizar um ato imperdoável. A história se passa em 2011 com Jake Epping como protagonista. Jake é um professor de inglês que mesmo com os seus problemas do cotidiano leva a vida praticamente tranquila e sem muitas novidades. A situação irá mudar quando dois eventos ocorrem quase que simultaneamente com ele: o primeiro foi ler uma redação impactante sobre um homem que perdeu tudo graças a brutalidade do pai e o segundo evento, envolve Al, o dono da lanchonete que Jake sempre frequenta. Al está doente e pede a Jake que cumpra a missão que ele não conseguiu: salvar JFK.

Com uma viagem no tempo (isso mesmo, vocês não leram errado!), Jake é enviado ao ano de 1958. Levando em conta que o grande evento ocorre em 1963, Jake pode interferir em outros acontecimentos no decorrer do período. A grande discussão do livro é a existência de um destino ou se os fatos acontecem de maneira aleatória, pois Jake percebe que mudar determinados passados não é tão fácil quanto parece.

O livro é fantástico, com uma história cativante que prende do início ao fim. A descrição da sociedade e do comportamento do final da década de 50, os dilemas morais de Jake e o efeito dominó que sua interferência causa foram escritas de tal forma que o livro se torna dinâmico, fluido e assuma vida própria.
Os personagens são envolventes, carismáticos e até um pouco insanos. Como sempre, o aspecto psicológico destaca-se na obra. 


"- É isso que você quer, Sadie? - gritou. - Se é o que você quer, vou lhe dar o que você quer!

Sorrindo desesperado, ele ergueu a faca até a garganta... e cortou". (p. 495)

11 comentários:

  1. Que história emocionante. Fiquei empolgada com seus comentários sobre ele. Não esperava gostar tanto assim. Vou ler com certeza. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. O lado psicológico da obras do autor já são clássicos e esperados. Este eu não li ainda, e tenho interesse nele.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  3. Eu amo Stephen King. Tenho um carinho todo especial por ele e suas obras que foram minhas primeiras leituras e despertaram o meu prazer de ler. Ainda não li esse, mas com certeza lerei. Sendo do mestre não tem como não ser bom.

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  4. Não sou fã do gênero horror, mas para quem gosta esse livro parece ótimo.

    ResponderExcluir
  5. Stephen King, de cara vi que ia ter alguma coisa louca no livro por que né .
    Mas achei nem interessante e leria sim.

    ResponderExcluir
  6. King sempre é uma boa dica de leitura, né?
    O impressionante é o preço dessa obra, misericórdia, acho que ela e Sob a redoma são as mais caras.
    Mas eu quero muito ler =) Sério, me falam super bem desse livro e como curto o gênero, quero ler algo realmente bom, e nada melhor que um dos melhores autores.

    ResponderExcluir
  7. Nossa, parece ser realmente fantastico, viagem no tempo sempre tem seu preço absurdamente caro, e estou maluca para saber o que o King preparou pra gente como consequencia.. rsrsr

    ResponderExcluir
  8. Que demais essa mistura de ficção com realidade, fatos que alimentam nosso imaginário e despertam vários sentimentos durante a leitura. Apenas genial, Sr King!

    ResponderExcluir
  9. Nossa os livros do King estão com tudo pelo visto, adorei a resenha, e é ótimo saber que o livro te prende, gosto muito de livros assim e esse sempre é o principal motivo de eu ficar encantada com o livro, adorei a sua resenha.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  10. Gostei muito da história do livro.
    Apesar de estar fugindo de temas macabros, achei interessante a leitura!

    ResponderExcluir
  11. Gostei demaaaaaais da sinopse desse livro! Com certeza vai entrar pra minha lista de desejos! hihi
    Beijocas

    ResponderExcluir