Resenha Nacional Dupla: "Praga Imortal" - Ben Green



Senhor da Lenda, 2012, Ed. 2ª
"Vilarejos inteiros devastados pela ferocidade de vampiros sangrentos. Horror, medo e paixão. Um mundo entre a cruz e os dentes. Nas ruas enlameadas é perigoso andar, respirar ou fazer o sangue pulsar. As criaturas renegadas por Deus estão à espreita. A história toma forma como em um filme de terror. Verdades e mentiras figuram lado a lado no correr das páginas. Dificilmente se pode comprovar o que é um sonho infame ou um terrível pesadelo. O amor e o desejo, falsidade e confiança se enfrentam e se amam em um jogo de intrigas onde vidas humanas pontuam esta obra e nos levam a desvendar seus mistérios. Praga Imortal nos leva a mergulhar nas esquecidas colônias francesas em terras brasileiras. Um thriller vigoroso sobre os grandes males e ameaças de um vilarejo. Um romance fantástico que nos leva a reviver cada lágrima do universo sombrio dos vampiros".



Carolina - Um livro que fala de vampiros, mas também fala de relacionamentos, desejos, esperanças e amor. 

Narrado em terceira pessoa, apresenta ao leitor personagens diferentes entre si, mas ao mesmo tempo que se complementam, Jean Frederic, um jovem que foi marcado por um evento terrível com seus pais, o conde e a condessa de Léon. Após esse terrível acontecimento precisou ir viver com o irmão de sua mãe, seu tio Giuliano, um sacerdote treinado para caçar as criaturas da noite, líder da "La Ordine da Nostra Signora". Jean é um homem com um objetivo, exterminar o mal e libertar a humanidade. 

Karini - A primeira impressão que tive do livro foi acha-lo completamente assustador e isso me levou a loucura.. rs Sim meu povo! Eu amo histórias de vampiros que realmente assustam, essa coisa do vampiro que brilha não me encanta e sim, fico muito contente por ter tido a oportunidade de ler a obra de Ben Green, pois ele mostra o lado sombrio dos vampiros e não apenas aquele monte de "mimimimi" que muitos autores fizeram com os vampiros. 


"Por cima deles passava uma criatura bizarra. 
Assemelha-se a uma pessoa, entretanto 
possuía em suas costas asas rubras, 
semelhantes as asas de morcegos. 
Abertas, batendo vagarosamente, 
quase parando; na cabeça, três pares 
de chifres cruzados, dispostos em ordem ofensiva". 
(p. 13)

Muhammed é um amigo seu, um homem atormentado pelo fato de não se encaixar na sociedade. Apesar de ser nobre, sua origem (é filho de uma muçulmana com um europeu) é motivo de preconceito . Ama jogar pôquer, é um renomado produtor de café e apesar de ser uma pessoa que tem tudo do bom e do melhor, sente um profundo vazio que tenta preencher procurando o amor.

A jovem Irene é uma pianista que é hospede de Muhammed, já que seus pais eram amigos. Ela nutre uma paixão platônica por ele e é completamente ignorada. Seu amor não correspondido a leva a agir de modo inconsequente mas tem um bom coração.
Jeana Marie é uma jovem belíssima que chama a atenção pelos seus encantos físicos, mas que também é um pouco mimada e egocêntrica, mostrando-se capaz de manipular as pessoas quando deseja algo.


A única personagem que ficou um pouco deslocada no livro foi Nubira, a amiga de Irene. Inicialmente ela passa a impressão de uma jovem determinada a correr atrás do que quer, mas com o avançar das páginas ela se torna um pouco apagada.

A escrita é fluida e cadenciada, e o uso de expressões em francês e diálogos adaptados para a época empregam mais veracidade à trama.
O enredo é bem construído e foca na construção do personagens e de seus relacionamentos de forma detalhada. 


Carolina - Um livro que fala de relacionamentos, de amores não correspondidos e da necessidade do ser humano em ter uma conexão com alguém. Todo esse aspecto emocional e reflexivo é mesclado com um enredo de terror quando criaturas noturnas são envolvidas nas vidas desses protagonistas, que precisam juntar-se para sobreviver por mais uma noite.

Em relação à revisão, diagramação e layout a editora realizou um trabalho espetacular. O início de cada capítulo possuí as páginas escuras e um desenho aterrorizante.


Karini - Achei a parte gráfica do livro muito bacana e a história também! Em alguns momentos algumas descrições foram em demasia o que me cansou um pouco, porém o enredo criado é muito bom! Vi que mesmo em uma história de fantasia podemos tirar lições e reflexões a respeito do que se passa no mundo real, como por ex. em muitos casos o amor transforma, eleva.. mas em outros ele pode ser de fato sua total ruína! 

 
Deixamos para vocês conferirem uma foto da página inicial de um dos capítulos. Assustador, não é? 



Sobre o escritor: Carioca, é apaixonado pela Literatura Fantástica. Teve o primeiro romance publicado em 2008 (Praga Imortal) sobre vampiros. Em 2012 estreou na Editora Dracaena com Adormecer do Fogo, o primeiro livro da série Império a Ferro e Fogo.

Skoob: Clique aqui
Site: Clique aqui


9 comentários:

  1. Achei bem interessante a estória e gostei muito da apresentação de sua resenha. Foi capaz de me deixar ansiosa pra ler. Parabéns. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Mais um livro com vampiros? Deus, não aguento mais, já tá se tornando uma verdadeira overdose, mas enfim...
    Esse até que é diferente, já que ele mostra o lado sombrio dos vampiros, mas mesmo assim ainda continua sendo vampiro, então não pretendo ler por enquanto, quero dar um tempo desse tema.
    No futuro eu até posso ler esse livro.
    Beijokas!

    ResponderExcluir
  3. geeente, não curto muito livros com vampiros ! Nunca nem gostei de Crepúsculo. Não faz o meu estilo. Boa leitura pra quem gosta !
    bj, dréa

    ResponderExcluir
  4. Adoro estas resenhas duplas, podemos ver como cada um sente a mesma leitura. Não conhecia o livro, mas já anotei o título.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia esse livro e nem o autor ainda, sua resenha me deixou curiosa pela leitura, mesmo sendo um tema que já estou querendo deixa de lado um pouco.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Nunca ouvi falar do livro, mas não me interessei por ele. Já estou cansada de livros de vampiros, e não sou muito fã de sobrenaturais =/
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Nossa realmente assustador, eu nunca tinha ouvido falar desse livro, mas pelo visto ele é legal, ainda não sei se quero ler ele, vamos ver mais para frente vai que eu mudo de ideia né, a resenha esta ótima.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  8. Gosto de livros com vampiros, mas dos assustadores, como parecem ser os desse livro. Dica anotada!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Vampiros são a minha paixão!!! Adoro todos, os bonzinhos os malvados os sexys, enfim amo vampiros em geral!!kkkkkk Esse vai pra minha lista com certeza!!!

    Bjssssssssssss

    ResponderExcluir