Resenha: Once Upon A Time Tale - Odette Beane

Planeta, 2013, Ed. 1ª
Emma Swan sabe muito bem como se virar sozinha. Ela foi abandonada quando ainda era um bebê e a vida não tem sido exatamente um conto de fadas para ela. Quando o filho que ela abandonou anos atrás a encontra tudo se tornará ainda mais complicado. Henry tem 10 anos agora e acredita que a mãe tenha nascido em um mundo alternativo mágico e que, seja a filha desaparecida da Branca de Neve com o Príncipe Encantado. Emma não acredita em uma palavra, mas de acordo com Henry, ela é a única que pode quebrar a maldição, jogada pela Rainha Má, e que afeta todos os personagens dos contos de fadas. Eles estariam presos na nossa realidade, na cidade de Storybrooke, sem seus poderes mágicos e sem qualquer lembrança de quem realmente são.



Eu assisto o seriado de TV e fiquei muito interessada no livro assim que vi que seria lançado. Sou apaixonada por contos de fada e esses contos "reinventados" me encantam!
Once Upon A Time Tale fez juiz ao seriado televisivo, pois foi bastante fiel ao mesmo, só gostaria que tivesse mais páginas, no intuito de ter os personagens melhor destrinchados como na série. Senti que no livro, foi como se tudo fosse mais resumido, porém o encanto que tenho ao assistir o seriado, não se perdeu ao ler o livro. Continuo amando o enredo e a maneira como os personagens se entrelaçam em uma teia de mistério é maravilhosa e é ao mesmo tempo delicada e sagaz!

Para aqueles que não conhecem o seriado, ou mesmo ouviu falar do livro, nesta história, passado e presente se misturam, assim como magia e "mundo real". A história gira em torno de Branca de Neve. Quem não conhece o conto infantil não é mesmo? Só que em Once Upon A Time Tale, as coisas são bem mais intensas e escritas de uma forma menos inocente e infantil. É uma história para ser lida por jovens e adultos .. Ou seja, não há limite de idade.

Emma é uma mulher forte e destemida, quando recém-nascida foi abandonada pelos pais e teve que desde sempre aprender a se virar sozinha. Em certo momento ela engravidou e decidiu não ficar com a criança, pois Emma acreditava que ele poderia ter uma vida bem melhor sem ela e que ela não tinha a menor condição de cria-lo. Sendo assim cerca de 10 anos após ter aberto mão de seu filho, o mesmo aparece em sua porta no dia do seu aniversário, uma data em que Emma estava sentindo-se solitária e ansiando por companhia, fazendo até mesmo um pedido quase infantil ao soprar a vela de seu pequeno bolo de caneca e em seguida, como em um passe de mágica a campainha tocou.


"Emma fechou, então, os olhos e pensou:
"Por favor, não me deixe ficar sozinha no meu aniversário."
Esse pedido parecia deprimente rodando em sua cabeça, 
mas era esse o seu verdadeiro desejo, Emma teve de admitir..
Assim que apagou a vela, a campainha tocou. Emma franziu 
a testa olhando para a porta, e por alguns instantes passaram 
por sua mente os vários fugitivos que ela tinha caçado nos 
últimos anos... A qualquer momento ela iria até a porta 
da frente e uma marreta despencaria em sua cabeça.
Deu alguns passos e espiou pelo olho mágico:
- Mas, que diabos..?
Quando abriu a porta, viu um rapazinho estranho 
ali olhando para ela.. Olhava para ela com os olhos arregalados.
- Pois não?..
- Olá - disse o garoto - Você é Emma Swan?
- Sou eu - disse Emma - Posso ajudar em alguma coisa?
O garoto sorriu e estendeu a mão.
- Sou Henry Mills - disse ele - Sou seu filho."

Emma obviamente levou um susto com a aparição de Henry em sua porta e por mais que ela tentasse negar o parentesco, Henry tinha muito de seus traços e algo dizia que ele estava falando a verdade! E como se não fosse estranho o suficiente, Henry parece sofrer de algum tipo de imaginação mais do que fértil quando diz a Emma que ela é filha da Branca de Neve com o Príncipe Encantado e que após uma maldição jogada pela Rainha Má, todos os personagens do conto ficaram parados no tempo, presos e sem saber quem são na verdade. Como em um ciclo de sofrimento sem fim e a  mercê da Bruxa que nada mais é que a mãe adotiva de Henry e prefeita da cidade de Storybrooke onde ele vive junto aos outros personagens.. Sendo que ninguém pode deixar a cidade senão coisas terríveis podem acontecer e que a única forma de se livrarem da maldição é através de Emma Swan.

Com um enredo repleto de magia, intrigas e muita fantasia Odette Beane nos presenteia com a versão impressa da primeira temporada da série televisiva. Para os fãs da mesma, ter o livro e poder relembrar partes do que foi assistido é muito bom! Como mencionei lá em cima, acho que o livro deveria ter mais páginas e ter seus personagens mais aprofundados como na série de TV, mas não foi nada que me desmotivasse ou me fizesse estar menos encantada pelo livro tanto quanto pela série! Se eu não tivesse assistido ao seriado não veria problemas quanto aos personagens que não tiveram suas histórias tão bem delineadas como no seriado.. e teria achado tudo 100%. Espero que no próximo volume a autora dê muito mais atenção à história individual dos personagens que ficaram apenas pincelados neste primeiro volume!

Recomendo com toda a minha certeza esse livro e também a série de TV!

11 comentários:

  1. A série de Tv é realmente muito boa e não perco um só episódio. E estou agradavelmente surpresa por este livro que lançaram. Espero que seja tudo isso e um pouco mais do que você mencionou. Assim vou poder ter e guardar como lembrança a série que mais adoro. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Até que já tinha ouvido falar sobre essa série mais nunca parei para saber mais sobre ela. A premissa é bem legal e atrai a todos aqueles que gostam de contos de fadas. Sobre essa falta do detalhamento dos personagens no livro acredito que é irrelevante, e apesar de você achar que faltou páginas, as vezes a editora prefere livros mais " finos" para diminuir os custos e quem sabe atrair mais leitores.

    ResponderExcluir
  3. Oi Karini, vou confessar que não me interessei por nenhum dos dois, até cheguei a ver uns 2 capítulos da série, mas não rolou.
    Bjs, rose.

    ResponderExcluir
  4. Já vi a propaganda do seriado, mas nunca parei pra assistir!! fiquei curiosa agora com essa resenha e vou me informar sobre o horario para ver se gosto!! Quanto ao livro ainda não sei se vou ler, mas gosto muito de livros de fantasia!!

    Bjssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  5. de tantas series q assisto, OUAT é minha favorita :3 comprei o livro toda feliz e desesperada... qndo comecei foi uma pequena decepçao!! acho q quem nunca assistiu a serie, vai adorar o livro. Mas para os fas de ouat. o livro ficou bem vazio!! ele é contado sobre o ponto de vista da snow e da emma, nao contando a historia de tantos outros personagens protagonistas na serie :P a propria atriz q interpreta a Emma falou q desistiu da leitura no começo do livro kkkkkk

    ResponderExcluir
  6. Gostei muito! parece ser muito bom! mas que mãe mal a que abandona a filha! achei muito innteressante preciso assistir!

    ResponderExcluir
  7. Já vi muitos falando do seriado mas admito que nunca assisti, eu amo muito livros de fantasias mas não sei se este eu vou ler, mesmo assim verei se vou assistir alguns ep. para ver se me atrai!

    ResponderExcluir
  8. Não curto muito esse tipo de seriadoo!
    não me chama atenção!
    mas não custa tentar néh!

    ResponderExcluir
  9. Oi Karini, não gostaria de ler este livro, pelo fato de não ter gostado do seriado, talvez por isso tenho um pé atras.. Sei lá, sei que no momento eu não leria..

    Bjs,

    ResponderExcluir
  10. Eu quero muito ler esse livro, eu comecei a ver a série, quando começou a passar na tv, só que eu não vi desde o primeiro episodio, então eu fiquei meio perdida, porque ficou intercalando entre o mundo dos contos de fadas e a vida real que eles estavam vivendo, então acabei meio que desistindo do seriado, mas pretendo voltar a vê-lo em breve, e quero muito ler ao livro, quem sabe assim as coisas ficam mais claras para mim.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  11. Eu assisti até o início da segunda temporada de Once Upon a Time, mas desisti de assistir depois que deixou de me encantar tanto quanto a primeira temporada. Pretendo ler o livro só porque é da primeira temporada.

    ResponderExcluir