Resenha: Um Beijo do Destino -- A Kiss of Fate -- Guardians #1 - Mary Jo Putney


Bertrand Brasil, 2010, Ed. 1ª

"Líder de um poderoso e ancestral clã escocês, Duncan Macrae está determinado a dar um fim aos históricos conflitos entre a Escócia e a Inglaterra. Senhor do Trovão, detém os poderes secretos de um Guardião — ser humano com capacidade mística para controlar as forças da natureza e ler o coração das pessoas. E quando conhece a jovem e independente viúva inglesa Gwyneth Owens, seu espírito ardente é irremediavelmente atraído por uma paixão que colocará sua lealdade à Escócia contra seus votos como Guardião e ameaçará tudo que ele mais ama. Enquanto as duas poderosas nações e o destino travam seu embate, Gwynne e Duncan precisam levar seus poderes e paixões além dos limites mais proibidos, para salvar o amor e proteger o futuro".


Não leio romances históricos com frequência e após ler algumas resenhas positivas sobre essa série, resolvi arriscar. Fui positivamente surpreendida pela escrita da autora e pela habilidade da mesma de inserir uma trama envolvente e crível em meio a um cenário que realmente existiu.
A trama vai alternar entre a Inglaterra e a Escócia, aproximadamente a partir do ano de 1745 e foca nos acontecimentos relacionados à revolução dos jacobitas.

O livro começa focando-se em Gwyneth, uma jovem que perdeu o pai recentemente e não tem poderes. Sua única utilidade para os Guardiões é seu amor por livros, que ajuda a preservar a história.

"Os Guardiões - o clã de seu pai. Humanos, mas dotados de poderes mágicos, eles viviam clandestinamente entre os mundanos desde tempos imemoriais. Gwynne, apesar de não ter nenhum desses poderes, havia sido criada como guardiã em virtude da descendência do pai. Era grata por fazer parte das Famílias, já que as mulheres desfrutavam de um grau de igualdade com os homens sem igual entre os mortais comuns. Esse costume evoluíra desde cedo, uma vez que nos domínios da magia as mulheres tinham poderes que se igualavam ou superavam os dos homens. Os Guardiães eram assim chamados em virtude do juramento que prestavam, de usar seu poder para proteger e servir seus companheiros até onde lhes fosse possível. Devido a essa missão, veneravam a história, na esperança de evitar a repetição dos erros do passado". (p.10)

Após alguns anos, Gwynne se torna uma viúva e seu caminha cruza-se com o de Duncan Macrae, o Lorde Ballister, um escocês que entre os Guardiães é conhecido como Senhor da Tempestade ou Senhor do Trovão, um homem com a habilidade de controlar o clima. A atração entre Gwynne e Duncan é imediata, mas a garota se afasta por receio. Acontece que a união dos dois será crucial para definir o lado vencedor da revolução dos jacobitas. 
Alguns personagens roubam a cena em alguns momentos, como a Lady Bethany, uma poderosa Guardiã, que se faz de senhorinha dócil, mas de dócil não tem nada. E Simon, um "homem da lei" entre os mágicos, que tem a sua história desenvolvida no segundo livro.

A trama é bem desenvolvida, a autora utiliza as descrições da antiga Escócia de modo que o leitor se apaixona pelo livro. Os personagens são bem definidos, a maior parte deles é bem delineada, deixando para o casal principal oscilar entre o bem e o mal durante o desenvolvimento do livro. Algumas situações no relacionamento pessoal do casal não me agradaram muito, mas no geral, o livro me envolveu do começo ao fim.


Em relação a revisão, diagramação e layout a editora está de parabéns pelo trabalho. Encontrei alguns errinhos de digitação, mas nada que interferisse na leitura. A capa está totalmente de acordo com a trama. Um livro que envolve um evento histórico, romance e magia. Para os fãs do gênero é uma ótima pedida.

8 comentários:

  1. Amo todo tipo de romance e esse é só mais um que quero ler! parece ser ótimo

    ResponderExcluir
  2. parece ser bom nunca ouvi falar vou ver mais resenhas ver o que acho!

    ResponderExcluir
  3. Uma estória bem surpreendente e cheia de emoção. Adoro temas deste tipo, principalmente de época. Vou amar ler este livro. Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Parece ter uma trama envolvente mesmo, gostei da resenha e sem falar que preciso ler alguns romances de época e seria uma boa apostar neste pois envolve tanto romance quando magia que é um dos meus gêneros preferidos.

    Beijos ^^

    ResponderExcluir
  5. Um enredo bem promissor, com uma pega mágica! Gostei da proposta do livro, e pelo vista é uma história que conquista muitos leitores!

    Bjs,

    ResponderExcluir
  6. O livro parece ser muito interessante, eu também não leio muitos romances de época, li somente um livro do gênero e gostei, esse livro parece ser bem interessante, e que legal que você se surpreendeu com a escrita da autora, quem sabe eu venha a ler o livro.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  7. Eu sou louca por romances históricos, acho que é porque sou louca por história também!
    Vai ser muito legal ser envolvida por essa história e de quebra conhecer a Escócia *-*

    ResponderExcluir
  8. Gosto muito de romances historicos, e se envolve um pouco de fantasia melhor ainda, e esse com certeza vai pra minha lista!!!

    Bjsssssssssssssss

    ResponderExcluir