Resenha Nacional: "Kriguerkan - O braço direito do rei" - Wesley Nunes



Biblioteca24horas, 2013, Edição: 1, Skoob: Clique aqui
"Em um mundo conhecido como a terra de todos os deuses, é dado a um homem comum um reino perfeito, que só pode ser batizado com o nome de Paraíso. Este rei, conhecedor de sua própria velhice, decide passar o seu reino. Seus dois filhos, Gautz e Grifith, já se imaginam no lugar do pai. O rei usa sua criatividade, combinada com sua esquisitice para criar um desafio único. “Ele decide entregar o seu reino para quem lhe trouxer o melão que mais lhe agradar”. E todos no reino podem participar, desde o bobo da corte até os seus filhos. Mas como? Um paraíso será dado de bom grado a alguém que simplesmente lhe entregar um melão? Isso é só o início das aventuras e dos mistérios que envolvem Kriguerkan, este reino místico concebido de forma inigualável e rodeado de grandes guerreiros e incríveis histórias. É nomeado um novo rei e, como sua primeira atitude, ele decide realizar um desafio para compensar uma grande perda que o Paraíso tinha tido. Para este desafio, chamado “Quem será o braço direito do rei?”, foram convocados guerreiros de todas as nações em toda a terra de todos os deuses. Cada guerreiro tinha uma personalidade singular, um objetivo em mente, e habilidades especiais e inimagináveis, em uma competição da qual nenhum homem jamais sonhou participar. Os participantes são: o herói das terras gélidas, um gatuno mais rápido que o próprio vento, um lutador sem nome e sem memória, um velho guerreiro e ferreiro que já sobreviveu por mais de mil batalhas, um nobre exibido e arrogante, um bêbado, um imenso homem de comportamento doentio, um guerreiro misterioso, quieto em uma armadura, e um estranho guerreiro que alterna vários comportamentos e personalidades. O final deste desafio é imprevisível. Só há um meio de descobrir qual é: leia Kriguerkan para descobrir". 



"Kriguerkan - O braço direito do rei" traz através de uma história bem desenvolvida e bem humorada, personagens cativantes que irão encantar o leitor. Quando o rei de Paraíso lança o desafio, Wallan seria a última pessoa que o povo poderia acreditar que ganharia o trono. Apesar da falta de confiança inicial, o povo o respeita e começa a perceber que Wallan é mais do que aparenta. 
Infelizmente Paraíso começa a ser cobiçada por Garlan, o rei rancoroso das ilhas Gewinnen. Alguns acontecimentos importantes se desenrolam e Wallan precisa de um novo comandante para os guerreiros de Paraíso.... e é quando a aventura realmente se inicia.
O livro é repleto de personagens peculiares e desafios que inicialmente aparentam ser malucos, como o novo rei. Mas a verdade é que as lições por trás das aparências são diversas, encantando o leitor e tornando impossível largar o livro até chegar ao final.

Personagens como Grifith, Gautz, Gunter Sacoi, Zaki Lobster, Adrian Farrel, o Gatuno e tantos outros fazem com que o leitor entre em um mundo fantástico. A imaginação do escritor nacional Wesley Nunes para criar um mundo tão peculiar e personagens tão carismáticos (mesmo aqueles que não são tão honrados) é fantástica.
A cada desafio enfrentando, iniciando por Nach Richt e sua dura missão de ser o mensageiro pelos quatro cantos do mundo, as situações que ele presencia, os perigos e até mesmo as alegrias contribuem para tornar a obra um ótimo livro de fantasia.
Os competidores enfrentam desertos, labirintos, lutam entre si, fazem alianças e aprendem muito sobre o que torna uma pessoa boa e honrada junto com o leitor. 

As atitudes de Wallan que à primeira vista parecem descabidas arrancam risadas durante a leitura. Wallan é um rei merecedor do trono, que não se deixa enganar pelas aparências e percebe além do que é possível enxergar.
Uma leitura dinâmica, repleta de descrições encantadoras e personagens que despertam diversos sentimentos no leitor.
Em relação à revisão, diagramação e layout foi realizado um ótimo trabalho. Foram encontrados alguns errinhos de digitação, mas nada que interfira no ritmo da leitura. A capa dá ao livro um ar de fábula, daquelas histórias que escutamos quando crianças sobre bravos guerreiros em reinos distantes, combinando perfeitamente com o enredo. 


"Nossa personalidade e nossos princípios vêm de nossa educação, experiências e atitudes tomadas na vida. Ninguém pode mudar isso, nem os deuses. Você pode se tornar um nobre no raiar de um novo dia e tentar fingir algo que não seja de sua natureza, mas estaria enganando a si mesmo e nunca viveria em paz". (p.216)



15 comentários:

  1. Agradeço a toda equipe do mix literário e a Carol Durães, pela oportunidade de poder divulgar o meu trabalho, ceder o espaço e a atenção dos leitores do mixliterario para um escritor em inicio de carreira, sendo que, poderia ser preenchido por escritores de maior prestigio a qual eu também leio.É impossível não sentir orgulho quando ler essa resenha a respeito da minha obra.

    Muito obrigado.

    Aos ilustres leitores estou a disposição para responder qualquer dúvida , ouvir qualquer critica, ficar sem graça com qualquer elogio rsrsrsrsrs.Basta deixar um comentário aqui mesmo.

    Um abraço a todos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Wesley, tudo bem?
      Foi um prazer ler o seu livro, me diverti muito com esses heróis atípicos ;)

      Excluir
    2. Tudo ótimo.

      Fico feliz em saber que pude entretê-la com os meus heróis e suas aventuras. Quando sair o próximo volume da saga, já sei para quem mandar um exemplar.

      Excluir
  2. A sinopse me chamou a atenção e sua resenha tmb acho que apostar nesta leitura é valida, parece ser muito divertida e legal de ler ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Janaira, tudo bem?
      Fico feliz que tenha gostado da resenha e espero que venha nos contar sua opinião sobre o livro quando realizar a leitura ;)
      Bjkas

      Excluir
  3. Sabe o que achei diferente nesse livro? Os nomes dos personagens, até mesmo o nome do reino é meio difícil, fiquei tentando falar não sei se saiu certo...kkkkkk
    O Wallan parece ser bem engraçado, acredito que as cenas mais hilarias seja com ele, sem falar nesse desafio né? Que doidera. Kkkk Parabéns ao autor que soube criar um mundo que nos faça sorrir.

    Bju

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nathay, tudo bem com você?
      Concordo plenamente com você, o Wesley criou um mundo original desde o nome do local aos personagens ;)
      E sim, o Wallan é engraçado e aos mesmo tempo extremamente inteligente.
      Bjkas

      Excluir
    2. Muito obrigado Nathay.

      Os nomes tem cada inspiração maluca e outros são homenagens a personagens que me marcaram.

      O Wallan é a maior figura mesmo , não dá para prever o que ele está pensando ou que irá fazer.

      Novamente obrigado.

      Excluir
  4. Bem diferente e gostei de conhecer a estória pela resenha. A estória parece ser divertida e encantadora. Vou tentar ler assim que puder. Beijocas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Beth, tudo bem com você?
      Espero que venha nos contar a sua opinião sobre o livro ;)
      Bjkas

      Excluir
  5. Olá Beth.
    Fico feliz que tenha gostado.
    Fico grato pela fato de você se interessar pelo mundo , os mistérios e as aventuras de Kriguerkan

    ResponderExcluir
  6. Sinopse e resenha, ambas adorei! Achei os nomes e cenários bem diferentes. Sobre a história se bem humorada, amo <3

    Bjs e Abrçs.

    ResponderExcluir
  7. O livro parece ser muito divertido, eu curti, adoraria poder ler ele, ainda mais com esse rei totalmente diferente de todos, a capa é muito fofa, e é comum encontrar alguns erros, mas ainda bem que não interfere na leitura.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  8. Gostei muito da resenha!!! Vou acrescentar na minha lista! É muito bom ver mais um autor brasileiro fazendo sucesso!!! A historia deve ser bem engraçada, afinal com um rei com idéias tão estranhas!!!

    Bjsssssssssssssss

    ResponderExcluir
  9. Adoorei conhecer um pouquinho sobre este livro pois era um que não conhecia.
    Amo livros que usam bem da imaginação porque sou uma pessoa cheia de imaginação também. Achei muito fofa a capa!

    ResponderExcluir