Resenha: "Laços do Espírito" - Série Academia de Vampiros #5 - Richelle Mead



Agir, 2012, Ed. 1ª
Depois de uma longa e dolorosa viagem à Sibéria, terra natal de seu amado Dimitri, Rose Hathaway finalmente voltou à escola e reencontrou sua melhor amiga, Lissa. A formatura se aproxima, e elas mal podem esperar pela vida que vão ter além dos portões da São Vladimir. No entanto, o coração de Rose dói cada vez que se lembra do que passou na Rússia o fracasso em salvar Dimitri e do que ainda precisará enfrentar. Sua jornada inclui libertar o perigoso Victor Dashkov da prisão de segurança máxima e encontrar Robert Doru, o único que possui informações para resgatar Belikov das terríveis profundezas de sua condição de Strigoi. A vampira acredita existir apenas uma chance em um milhão, até porque Dimitri continua sua perseguição para matá-la. Sentenças de morte e declarações de amor se confundem, e ela precisa correr contra o mais implacável dos inimigos: o tempo. E, dessa vez, Rose prometeu a Lissa que a levaria junto. Será que a princesa Moroi terá forças quando souber o que a espera? Em “Laços do espírito”, Richelle Mead continua a saga que renovou a literatura de vampiros e apresenta uma história repleta de dilemas, intrigas políticas e emoções extremas que vai conquistar mais uma vez os leitores.


Em "Laços do Espírito" temos uma mistura de romance com ação. Após os acontecimentos do livro anterior, Rose finalmente decide dar uma chance à Adrian, mesmo sendo perseguida por Dimitri, através de cartas românticas com um toque homicida.

"Existe uma grande diferença entre ameaças de morte e cartas de amor - ainda que a pessoa que escreve as ameaças alegue amar você. É claro que, levando em conta que uma vez eu mesma tentei matar alguém que amava, talvez não tivesse direito nenhum de julgar". (p. 07)

Adrian se torna um personagem fofo, claramente apaixonado por Rose e pronto para conceder à ela tudo o que ela desejar, enfrentando os estigmas sociais (já que ele faz parte da realeza Moroi) e tentando ser um bom rapaz para impressioná-la.

"E foi um senhor beijo, um beijo que me fez sentir quase culpada por ter me entregado a ele. Tive preocupações quando comecei a namorar Adrian, mas muitas delas desapareceram com o tempo. Depois de vê-lo flertar descaradamente e não levar nada a sério tantas vezes, nunca esperaria tanta devoção de sua parte em nosso relacionamento". (p. 29)

Lissa insiste em descobrir um meio de ajudar Dimitri e para isso precisa de seu arqui rival Victor. Os trechos que falam do planejamento e da fuga do Victor são repleto de cenas de ação e surpreendem o leitor.

"Infelizmente, a única pista que tínhamos para realizar esse milagre era por meio de um criminoso. E não era um criminoso qualquer: Victor Dashkov, um Moroi da realeza que torturara Lissa e cometera todo tipo de atrocidades que transformaram a nossa vida num inferno". (p. 13)

Rose se torna alvo de uma conspiração e através de uma carta da rainha Tatiana, tem um trunfo que pode auxiliar Lissa.
Abe está de volta, realizando mais favores do que antes e sempre pensando em como vai lucrar em determinada situação.

"- Duvido que Adrian irá influenciar Abe tanto assim.
- Adrian, não! Abe. Adrian está tentando se comportar. Abe vai estragar tudo". (p. 18)

No aspecto romântico do livro ocorrem algumas situações que deixam o leitor com o coração apertado por causa de Rose, pois a protagonista sofre muito, principalmente em relação à Dimitri.

"Não amo você. Não há mais nada entre nós". (p.315)

Um dos pontos mais negativos no livro e ao mesmo tempo mais positivos é a relação de Rose com Adrian. Adrian amadureceu tanto para ser merecedor de Rose e a ama tão profundamente e ela, apesar de estar dando uma chance a ele, não consegue tirar Dimitri do seu coração. O leitor fica torcendo para que Adrian encontre a felicidade a cada página do livro.
O livro envolve conspirações políticas, muita ação, aventura e romance, além claro do sobrenatural. Os personagens são cativantes, a narração em primeira pessoa da Rose é agradável, pois permite que o leitor fique mais próximo da protagonista e o desfecho do livro deixa um gosto de quero mais.
Em relação à revisão, diagramação e layout, foram encontrados alguns erros, mas nada que atrapalhasse a leitura.



"Um dos dois morre esta noite. Lissa ou Dimitri". (p.244)

11 comentários:

  1. Não pensei que esse livro envolvesse algo sobrenatural, pensei ser apenas o título que vai remeter a algo bem romântico...
    Fiquei com muita vontade de ler este livro.

    ResponderExcluir
  2. a série é muito bem falada por muitos, ainda não li nenhum dos livros mas pretendo em breve.
    Gostei muito da sua resenha e ainda estou conhecendo os livros aos poucos mas tenho certeza que gostaria do livro.
    Vou procurar adquirir o primeiro livro e depois quem sabe continuar nos próximos volumes.

    Beijos


    ResponderExcluir
  3. Eu acho que eu era a única pessoa que não era apaixonada pelo Adrian em VA, não conseguia entender porque todo mundo gostava tanto dele. Isso mudou completamente no spin-off. Mas, entre os seis livros da série, acho que esse é o que menos gosto. Me irritei profundamente com as atitudes do Dimitri, mesmo que desse para entender porque ele tava fazendo aquilo. Ele estava completamente diferente da perfeição que era nos outros livros. Mas enfim, continuo amando ele rs. E um livro da Richelle nunca é ruim, principalmente dessa série, todos são favoritos rs.
    Adorei a resenha.

    Beijos,
    Adri Brust
    Stolen Nights

    ResponderExcluir
  4. Oi Carol, cheguei a baixar os e-books desta série, mas ainda não comecei a ler, o que é uma penas, pois tenho muito interesse em conhecer.
    Bjs< Rose.

    ResponderExcluir
  5. Este me parece ser bem mais emocionante que o anterior. Fiquei feliz por ela dar uma chance a Adrian. Eles são muito fofos juntos. O par perfeito. Ansiosa pra ler e saber dessa obsessão de Dimitri. Não vai dar coisa boa ai. Beijos,

    ResponderExcluir
  6. Eu amo essa série!!! Dimitri é TDB total, e Adrian é fofo além da conta!! Esse livro tem muita ação o que gostei muito, pois eles tentam encontrar uma cura para o Dimitri e com isso Lissa passa a ter mais participação na historia! Sinto muita pena do Adrian, pois apesar de tudo que aconteceu a Rose ainda ama o Dimitri e não acho certo ela ficar com o Adrian, tá certo que é dificil resistir a uma tentação dessas em forma de homem, mas ele não merece ser usado como estepe!!!

    Ansiosa pelo filme!!!

    Bjsssssssssssss

    ResponderExcluir
  7. Achei a estrutura da resenha bem legal e diferente, cada quote foi bem escolhido para demostrar o que você tinha escrito antes. Não li nada sobre o livro e nem o próprio, mais acredito que ninguém gostaria de ouvir o que a Rose escutou no penúltimo quote, ainda mais se você ainda sente alguma coisa pela pessoa.

    ResponderExcluir
  8. Confesso que não tenho interesse pela série, já estou enjoado desta coisa de tantos vampiros e/ou lobisomens. Isso pra mim já está bem cansativo, e para ajudar a diagramação do livro não é muito boa!

    Bjs,

    ResponderExcluir
  9. Eu já li esse livro, eu adoro ele, li quase a série toda, falta somente o ultimo livro, eu achei muito legal, e fiquei chocada com o que acontece no final dele, fiquei tipo "como assim?" eu adoro a série e aconselho muito as pessoas lerem ela.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  10. Por mais que tente, não consigo gostar do Adrian! E a Rose enrolando ele é realmente muito ruim, ela fez exatamente a mesma coisa com o Mason.

    ResponderExcluir
  11. OII, estou lendo o livro, parei no meio que a historia anda meio louca, ou melhor, muito loca!! Fico nervosa por saber o final, pois o dimitri voltou como era. Por querer saber o final.. sera que eles vao finalmente ficar juntos?? a escritora poe tantas reviravoltas que to supermegaultrapower anciosa!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Abraços

    ResponderExcluir