Minha Última Duquesa - Daisy Goodwin


Fundamento, 2013, Ed. 1ª

"Beleza, fortuna, admiradores e a arrogância ingênua de acreditar que o dinheiro lhe abriria todas as portas era do que uma jovem precisava para ser feliz nos Estados Unidos no final do século 19. Cora Cash tinha tudo isso. Mesmo assim, lhe faltava o que alguns consideravam o mais importante: um título de nobreza. Por isso, para conseguir um casamento que lhe garantisse um status social inabalável, ela partiu para a Inglaterra aos 18 anos. A primeira impressão do novo país não foi nada boa - a aristocracia era fria e hostil, dominada por intrigas e fofocas. Mas a situação ficou ainda pior quando Cora se apaixonou por um homem que mal conhecia... e entrou em um jogo com regras desconhecidas e que tinha como único prêmio a própria felicidade."

Minha Última Duquesa é o primeiro romance histórico que eu leio e gostei muito. 
Eu não curto livros eróticos e minhas amigas que amam os históricos sempre falam do erotismo que há nesses livros, confesso que ao iniciar Minha Última Duquesa, estava muito preocupada em encontrar erotismo em demasia e não gostar da história, porém fiquei muito surpresa com o enredo que encontrei e com a força e ao mesmo tempo simplicidade com que a autora escreve! Daisy Goodwin conseguiu me fazer imaginar os personagens com clareza e também todo o cenário envolto em sua história.

A história é ambientada em 1893 e somos apresentados a Cora Cash, uma jovem mulher dominada por sua mãe, que sempre disse o que fazer, como fazer, como se vestir, se portar e etc. 
Cora quer mais que isso para sua vida! Ela quer ser livre, porém com toda a riqueza que possui e na época em que vive, apenas um casamento poderia libertá-la, e mesmo sendo uma jovem rica, bonita e deslumbrante, Cora não tem muitos pretendentes a sua altura, segundo os requisitos de sua mãe que anseia para sua filha um título da nobreza! Ela é constantemente oprimida por sua mãe. A Sra.Cash é uma mulher ambiciosa, rica e preocupada com as aparências. Ela quer sempre estar por cima, sendo o centro das atenções; criou Cora da melhor maneira que uma dama poderia ter sido criada e não se contenta com menos que o melhor para sua filha! Muitas vezes, senão todas; a preocupação da Sra.Cash é apenas obter um título para sua filha e constituir assim mais "status" a toda pompa já reunida! Sua fixação com um título é literalmente ser aceita nos ciclos de classe alta não apenas por seu dinheiro, afinal, nem tudo o dinheiro compra segundo muitos, mas para a Sra.Cash, não há limites para o que o dinheiro possa conquistar!


Os métodos utilizados para que uma mulher fosse uma dama nessa época eram no mínimo incômodos em muitos sentidos, como podemos ver no trecho abaixo, onde Cora usa uma espécie de barra nas costas presa em toda parte de sua coluna e testa para que possa ter uma boa postura e o pior ela mesma jamais conseguiria se soltar, apenas com a ajuda de alguém é que isso poderia ser feito! Sinistro.. Mas talvez, se eu tivesse usado algo assim teria uma postura correta hoje. rs

"Cora podia ser a garota mais rica da América, mas com 
toda certeza era também a mais perseguida. Aquela noite
era a festa de despedida e ali estava ela, amarrada a seu instrumento
de tortura. Já era hora de ser solta. Levantou-se desajeitadamente e tocou 
a campainha."

Cora em dado momento, se oferece para casar com Teddy Van Der Leyden, porém mesmo interessado em Cora, ele a rejeitam, pois sua fortuna o assusta e ele não quer ser visto como dando um golpe.. e, além disso, ele deseja ser pintor, viajar e não se imagina fazendo isso casado com alguém.. e no fundo ele sabe que o desejo de Cora em casar-se com ele é apenas para fugir de sua mãe! Quando ele e Cora estão se beijando, sua mãe os flagra e acaba sofrendo um acidente com seu vestido cheio de luzes.. algo que lhe marcará a face, mas não tirará sua postura ou mesmo a força que ela exerce no mesmo ambiente que outras pessoas!

Após a festa em que sua mãe sofre o acidente, Cora ruma para a Inglaterra, para que possa se casar com alguém com um título. Após sofrer um acidente é encontrada pelo Duque de Maltravers e ele a leva para a casa dele. Acaba por se apaixonar e em pouco tempo já estão casados. Ao se casarem, Cora vai conhecendo melhor o homem por quem se apaixonou, ou não, já que ele é alguém misterioso e cheio de não me toques que ela não compreende.. Ela o agrada com surpresas e as mesmas por diversas vezes não é bem aceita. Senti raiva dele em muitos momentos.. Dá vontade de sacudi-lo e dar umas boas tapas! Mas claro que tem coisas que serão reveladas.. e se o casal ficará junto, só você lendo para saber!

Uma história envolvente com pitadas de intriga, romance, insinuações de sexo, traição, inveja... O enredo foi muito bem construído e os personagens tem personalidade, força, garra.. apesar de ser uma época em que teoricamente as coisas eram mais formais, mais calmas.. havia muita promiscuidade, traições, rivalidades, luxúria.. Eu amei!


5 comentários:

  1. Já tinha interesse pelo livro antes mesmo de ler qualquer resenha sobre ele, agora então já desejo ler mais que tudo.
    Gosto bastante desse gênero de romance histórico, fora que a história em si me chamou muita atenção.
    Espero pode ler ele em breve.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Amo romances históricos. São lindos e muito românticos. Este tem tudo pra ser apaixonante e envolvente. Espero conseguir ler e assim poder conhecer mais a personagem Cora. Vou ficar na torcida pelo casal. Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Na minha adolescência esse tipo de romance eram os meus prediletos!! Eu tinha centenas desses livros que vendem em bancas de jornal, até que minha mãe ameaçou por fogo em tudo (não tinha mais onde guardar tantos livros) e tive que vender meus preciosos romances!!! (Tragico eu sei)
    Então creio que vou adorar ler este livro!!! Gostei muito da resenha, ficou otima!!!

    Bjsssssssssssss

    ResponderExcluir
  4. Karini...Que livro é esse?? E sua resenha não deixou "escapar" nada...Confesso que nunca li nenhum livro do gênero, mas esta historia me deixou intrigada para saber o por que o Duque não a aceita...E parece que isto é um segredo e fiquei super animada pela leitura =)

    ResponderExcluir
  5. Acabou de bater uma saudade de romances históricos, faz tempo que não leio nenhum do gênero. Fiquei com pena da Cora e curiosa para saber como tudo vai desenrolar.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir