Resenha: "Uma herança de amor" / Livro 01 Quando o fim pode ser o começo - Lycia Barros


Novo Século, 2013, Ed. 4ª
Skoob: Clique aqui

"Amanda é uma jovem de 23 anos que foi criada pela avó materna, vivendo no Rio de janeiro, e que passou a vida com uma grande lacuna em relação à lembrança dos pais. Devido a esse hiato de memória, ela atravessou um período de revolta na adolescência, onde trouxe grandes aborrecimentos a sua tutora, que infelizmente acabara de falecer, devido a um súbito câncer. Em seu testamento, a avó pede que Amanda encontre-se com a mãe e permaneça ao lado dela durante trinta dias antes que tome posse de sua herança. E, em homenagem a figura materna que a mesma representou, muito a contra gosto, a neta a obedece. Porém, a única coisa que Amanda sabe sobre a mãe, é que ela era uma alcoólatra e que por isso passou muito tempo vivendo em uma clínica de recuperação. Sobre o pai, Amanda só sabe que o mesmo está morto.  Nesse reencontro turbulento, muitas coisas irão acontecer. Em choque, Amanda reencontrará sua mãe recuperada, morando no pequeno município de São Lourenço e vivendo com sua nova família. Profundamente magoada, Amanda desejará descobrir por que nunca foi procurada por ela.E, para piorar, se apaixonará por um homem que poderá mudar todos os planos que ela havia traçado.  Será que Amanda conseguirá conhecer o poder libertador do perdão? Uma herança de amor é um romance divertido e emocionante que trata de vários dramas humanos e que, principalmente, nos faz refletir grandemente sobre todas as formas de amor, sem as quais, para nós, definitivamente não vale a pena existir". 

Conforme explica a sinopse, Amanda perde sua avó, que a criou, e como último desejo, pede que a neta passe 30 dias com a mãe, uma pessoa que a Amanda não tem contato há muito, muito tempo e suas lembranças não são as melhores. Amanda aceita realizar a vontade da avó, e sua vida nunca mais será a mesma. No caminho para a casa de sua mãe Janine, Amanda tem um problema com o carro, e entra em uma oficina e encontra o lindíssimo porém grosseiro carinha, o Adam (essa é a primeira impressão de Amanda). Adam por sua vez, acha Amanda uma dessas garotas bonitas que consegue o que quer quando quer, então não fica exatamente empolgado também. Após esse primeiro contato, Amanda vai passar por poucas e boas, principalmente ao descobrir que Janine está casada com Paulo e que juntos tem uma filha Ivy. Além disso, Paulo tem do primeiro casamento dois filhos: Rafael e Adam (sim, o grosseiro mecânico da cidade!!!) e adivinhem só: se para Amanda é difícil ignorar o belo físico dele, imagine agora que ela pode saborear essa visão em dobro, já que Rafael e Adam são gêmeos!! 

Apesar de gêmeos, suas personalidades não poderiam ser mais diferentes: Rafael é aventureiro, adora arriscar-se sem pensar nas consequências e não quer nada sério com nenhuma garota. Já Adam é uma alma torturada, que se culpa por algo terrível que aconteceu no passado e fechou o seu coração depois disso. O interessante sobre ele é que, conforme avançamos na leitura vemos outras facetas e talentos que até então desconhecíamos. Se formos analisar a história no geral, todos os personagens estão ou estiveram em algum momento da vida com seus corações partidos, procurando perdão e amor. Paulo, o marido de Janine, foi abandonado pela esposa e teve que criar os dois filhos. Vivendo em um momento sombrio desde esse acontecimento, sua vida se ilumina ao encontrar Janine. É um homem íntegro, honesto; devoto a sua família. Janine, o que eu posso falar dela? É uma linda mulher, muito amorosa com os filhos (aqui incluo o Rafael e o Adam), mas que nem sempre foi assim, devido o seu problema com bebidas. Apesar de querer se reconciliar com a filha, é possível entender que para a Amanda não deve ser fácil, pois em sua concepção, ela foi abandonada quando criança e agora ao reencontrar a mãe, se depara com uma cena de família perfeita. 

É importante ressaltar esse fato porque no início Amanda tem algumas atitudes imaturas, mas que de certo modo são compreensíveis, visto que são muitas informações para ela assimilar. Além disso, Amanda quer entender como o pai dela morreu, pois apesar de ter presenciado o evento, não consegue se lembrar (tem apenas alguns flashbacks) e a sua mãe é a única pessoa capaz de desvendar esse mistério. E o que eu posso falar da sua meia-irmã Ivy? Ela é uma garota fofa, precoce, que sonha em ter uma irmã e quer muito que seus pais sejam felizes. Ah, e ela também banca o cupido em algumas ocasiões, quando percebe que Amanda e Adam estão perdidamente apaixonados um pelo outro. 
A avó de Amanda realmente é uma pessoa sábia, que tinha um plano certeiro traçado, pois conhece muito bem a teimosia da neta e a culpa da filha. Uma pena que foi necessário a morte dela para colocar mãe e filha debaixo do mesmo teto. O livro realmente é uma lição de amor e perdão, mas também possui momentos de humor misturados com momentos de tristeza, pois não é fácil abrir seu coração uma vez que você já foi machucado. 
A Lycia Barros consegue emocionar o leitor com uma linda história, fazendo-o refletir sobre as pessoas importantes da vida. A capa é linda, a diagramação e a escolha da fonte estão perfeitos . 
O livro é simplesmente incrível. 

4 comentários:

  1. Gostei muito da história e dos personagens. Realmente não deve ser nada agradável você ver sua mãe, que até então não tinha conhecimento, ter uma família perfeita; sendo ela abandonada pela mesma. Amei e vou tentar ler. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente ainda não conheço o trabalho da autora, mas sempre leio maravilhas dos livros dela. Não gostei muito da capa, achei que ficou um efeito quebrado, mas o enredo que mais importa me pareceu ótimo.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  3. Uma pena que não foi colocado quem resenhou...Mas de qualquer forma eu amei demais esta historia, não conhecia o livro, mas já me encantei por ser uma historia repleta de amor, perdas, mágoas e espero que superação. Fiquei super curiosa para saber se mãe e filha conseguirão se entender e descobrir os mistérios desta historia, e claro saber se Adam e Amanda ficarão juntos!
    Adorei demais conhecer este livro, e ele já esta na minha lista de desejados!!
    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  4. Deve ser horrivel viver sem um dos pais, ainda mais se for por abandono. Mesmo que não tenha culpa acho que a criança de alguma forma se pergunta "o que foi que fiz de errado", os traumas são fortes em casos assim.
    Gostei muito da resenha e ao ler a sinopse me interessei pela série e vou colocar na minha lista de leitura!!

    Bjssssssssssss

    ResponderExcluir