Resenha: " Seis Coisas Impossíveis" - Um choque de realidade de cada vez, por favor! - Fiona Wood




Dan Cereill levou um encontrão da vida: seu pai faliu, assumiu que é gay e separou-se de sua mãe, tudo de uma vez só. Enquanto isso, sua mãe recebeu de herança uma casa tombada pelo patrimônio histórico que cheira a xixi de cachorro, mas que não pode ser reformada... E, agora, Dan está vivendo em uma casa-relíquia que parece um chiqueiro, com uma mãe supertriste e sem conseguir falar com o pai — que ele ama muito. Suas únicas distrações são sua vizinha perfeita, Estelle, e uma lista de coisas impossíveis de fazer, como: 1. Beijar a garota. 2. Arrumar um emprego. 3. Dar uma animada na mãe. 4. Tentar não ser um nerd completo. 5. Falar com o pai quando ele liga. 6. Descobrir como ser bom e não sair abandonando os outros por aí... Mas impossível mesmo será: 1. Não torcer para que Dan supere seus problemas. 2. Não rir muito com os devaneios dele. 3. Não querer ter um cachorrinho como Howard. 4. Não desejar que a mãe de Dan encontre a felicidade. 5. Parar de ler este livro. 6. Não querer abraçar o livro depois de tê-lo terminado...

Editora: Novo Conceito
Ano: 2013
Edição: 1
Páginas: 272
Skoob: Clique aqui
Avaliação: 4/5

"Seis coisas impossíveis" é um livro narrado por Dan, um adolescente de 14 anos, que sofreu diversas mudanças em sua vida. Seu pai saiu do armário, abandonando um casamento que o garoto acreditava que era sólido. Além de sair de casa, informou a Dan e a sua mãe que estavam falidos. 

Sua mãe recebe uma casa velha como herança de uma tia e é para lá que os dois se mudam. Casa nova, vida nova deveriam ser inspiradores mas a realidade nem chega perto. A casa está caindo aos pedaços, a mãe precisa arranjar um modo de sustentá-los e como todo adolescente, ele está apaixonado... e Estelle, sua vizinha e alvo dessa paixão, nem sabe que ele existe.

A narrativa do livro é envolvente, engraçada e surpreendente. Por se tratar do ponto de vista de um garoto de 14 anos, espera-se que falte maturidade na narração, mas isso não aconteceu. Dan é divertido, tem o hábito de escrever listas e amigos mais divertidos ainda.
Seu melhor amigo Fred é sempre sincero ao extremo e um personagem secundário cativante, que junto com Lou, uma garota também hilária, formam uma boa base para a trama.
Estelle é a vizinha que poderia ser considerada perfeita: é popular, inteligente, engraçada e não é esnobe. Uau.. uma personagem completa.

Existem ainda outros personagens que complementam a história de modo encantador, dando um pouco mais de leveza à trama enquanto Dan enfrenta os problemas da sua vida familiar.
Uma leitura leve, rápida e divertida, recomendada para os fãs do gênero.
A capa é bem diferente, e chama a tenção pelos inúmeros detalhes relacionados a história.


"- Bom, acho que a gente pode ver o copo meio cheio, não é?

 - Isso só funciona quando há alguma coisa dentro do copo - retrucou. - Infelizmente, nosso copo está vazio." (p. 16)

6 comentários:

  1. Gostei muito da sua narrativa. Seu jeito de falar dos personagens dá a impressão de os conhecer intimamente. Isso é muito bom, pois nos desperta a curiosidade e a vontade de também querer conhecer Dan e seus amigos. Fora a menina por quem está apaixonado. Amei e vou tentar ler. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Beth, tudo bem com você?
      Fico muito feliz em saber que gostou da resenha!
      Venha nos contar o que achou do livro quando realizar a leitura ok?
      Bjkas

      Excluir
  2. Não me interessei por este livro, e mesmo hoje já tendo lido algumas positivas, o interesse continua o mesmo.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rose, tudo bem?Existem livros que não importa o quanto são elogiados eu também não tenho interesse em ler rs.
      Bjkas

      Excluir
  3. Não conhecia esse livro, mas adorei a resenha!! Gosto de livros narrados por garotos, eles parecem ser mais descontraidos ao encarar as coisas da vida!!! Nós mulheres somos mais dramaticas!!!kkkkkkk
    Vou por na minha lista com certeza!!

    Bjssssssssssss

    ResponderExcluir
  4. Olá Carol, tudo bem??
    Seis coisas parece ser um livro gostoso de ler, do tipo que nos faz rir no final de tudo. Gosto livros assim. Curti a resenha e ele ja esta na minha lista de livros desejados =)
    Beijos ♥

    ResponderExcluir