Resenha: "Bruxos e Bruxas" - Série Witch & Wizard - Livro 01 - James Patterson




No meio da noite, os irmãos Allgood, Whit e Wisty, foram arrancados de sua casa, acusados de bruxaria e jogados em uma prisão. Milhares de outros jovens como eles também foram sequestrados, acusados e presos. Outros tantos estão desaparecidos. O destino destes jovens é desconhecido, mas assim é o mundo sob o regime da Nova Ordem, um governo opressor que acredita que todos os menores de dezoito anos são naturalmente suspeitos de conspiração. E o pior ainda está por vir, porque O Único Que É O Único não poupará esforços para acabar com a vida e a liberdade, com os livros e a música, com a arte e a magia, nem para extirpar tudo que tenha a ver com a vida de um adolescente normal. Caberá aos irmãos, Whit e Wisty, lutar contra esta terrível realidade que não está nada longe de nós. 


Editora: Novo Conceito
Ano: 2013
Edição: 1
Páginas: 288
Skoob: Clique aqui
Avaliação: 3/5

A Série  Witch & Wizard é uma série voltada para o público juvenil que tem como protagonistas os irmãos Wisteria Allgood (Wisty) e  Whitford Allgood (Whit). Os irmãos são dois jovens que são arrancados no meio da noite de sua residência sem muita explicação. A acusação? Bruxaria. Os dois ficam extremamente confusos, pois não entendem a acusação, já que não são bruxos.
Conforme avançamos na leitura, observamos que o mundo é governado pela Nova Ordem e o seu líder irá fazer de tudo para permanecer no poder o máximo de tempo possível.

"A Nova Ordem é um partido político que vem ganhando todas as eleições. Agora estão no poder. Em alguns meses, eles acabaram com o governo antigo e instituíram o Conselho do Únicos. Já ouviram falar dele? O Único no Comando, O Único que Julga, O Único Que Prende, O Único que Atribui Números, O Único Que é o Único, blá-blá-blá". (p.38)

Ao serem presos, os dois irão perceber a profundidade dos atos que o governo está comandando. Diversos de jovens, crianças e adolescentes estão sendo mantidos prisioneiros pelas mesmas acusações ou acusações semelhantes e a população não está fazendo nada para evitar essa situação.



"Sem dúvida, há milhões de outros olhos assistindo a tudo isso além dos que consigo enxergar. Mas são esses, que estão aqui no estádio, que partem meu coração. Ser confrontada por dezenas, talvez até centenas de milhares de rostos curiosos, maldosos ou pelo menos indiferentes.... Isso sim dá medo". (p.11)


Os irmãos são sarcásticos e apesar de se encontrarem em situações difíceis não se deixam abater diante do perigo. É o tipo de livro que sem dúvida o público jovem adora. Protagonistas jovens e fortes, um grupo de jovens prontos para enfrentar os perigos e adultos malucos com convicções absurdas. Como se não bastasse isso, os autores ainda envolveram magia e muitos elementos que deverão ser melhor explorados nos próximos livros.

Os capítulos alternam a narrativa entre os dois irmãos, mostrando os acontecimentos a partir do ponto de vista deles, além dos sentimentos de ambos. O primeiro livro é uma introdução a esse novo mundo, então existem muitos termos e definições que tornam a leitura um pouco lenta em alguns trechos, mas o fato dos capítulos serem alternados e curtos (uma característica comum com os outros livros do James Patterson) possibilita que em termos gerais o livro seja bem dinâmico.


"Bruxos e Bruxas" não é um livro extraordinário mas traz um enredo intrigante e personagens cativantes. A leitura flui muito bem, a linguagem é de fácil entendimento e as explicações não tornam o texto chato. 

O único ponto negativo a mencionar é que tudo acontece muito rapidamente nesse primeiro livro, quase como se fosse uma corrida e alguns pontos acabam não sendo bem explorados;
Em relação a revisão, diagramação e layout a editora realizou um excelente trabalho. A capa é simples mas ao mesmo tempo impactante. 


"Eles têm medo de mudança, e nós precisamos mudar.
Eles têm medo dos jovens, e nós somos jovens.
Eles têm medo de música, e música é a nossa vida.
Eles têm medo de livros, e do conhecimento, e de ideias.
Acima de tudo, eles têm medo da nossa magia". (p.244)

5 comentários:

  1. A história é muito boa, tem tudo que mais gosto: aventura, bruxos e muita luta contra o mal. Vou ficar na torcida pelos bruxos na derrota contra o Único. Adorando conhecer a história. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Eu adoro esta capa, que inclusive você resumir bem. O enredo é bem corrido mesmo, mas como eles estão fugindo, acho que combinou.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  3. Olá !! Tenho este livro livro em casa e comprei devido esta historia de bruxos que sempre me deixou mega curiosa! Mas confesso que li várias resenhas do livro e a maioria deles relata esta correria em relação aos acontecimentos do livro. Estou esperando poder comprar a continuação do livro para começar a ler, mas confesso que não estou tão animada a leitura, mas irei ler em breve!!
    Bjus♥

    ResponderExcluir
  4. Eu ainda não tenho o livro, mas como coloquei em um comentário anterior, vi uma palestra sobre essa série e fiquei muito curioso. Quero ter a oportunidade de ler!

    ResponderExcluir
  5. Acabei de receber o meu livro e estou ansiosa para começar a ler!!! Adoro historias de fantasia ou distopia!!!! O Sobrenatural me fascina!!!kkkkkk
    Gostei da resenha. Parabens!!!

    Bjsssssssssssss

    ResponderExcluir