Resenha: "Devoted: Devoção" - Trilogia Elixir - Livro 02 - Hilary Duff


Sinopse - Um amor perdido, mas nunca esquecido… Sage é minha alma gêmea. Nós nos amamos há muitas vidas, mas tudo sempre acaba de maneira trágica… Desta vez, no que depender de mim, será diferente. Ele é imortal, e carrega o Elixir em suas veias. Foi arrancado de mim, mas tenho certeza que ainda está bem… por enquanto. Ben, meu grande amigo, vai me ajudar a encontrá-lo, mas para isso teremos de nos aliar à Vingança Maldita. Será mesmo a coisa certa a fazer? Ou será que estou apenas selando novamente nosso destino trágico? Sou Clea Raymond, e vou lutar pelo meu amor com devoção. 

Edição: 1
Editora: iD
ISBN: 9788516080389
Ano: 2012
Páginas: 317
Tradutor: Otávio Albuquerque
Skoob: Clique aqui
Avaliação: 3/5


Foi explicado no primeiro livro sobre a existência do Elixir da Vida, que tem o poder de fornecer a vida eterna e que em pequenas doses cura qualquer doença. Além disso descobrimos que existem dois grupos que querem o Elixir: "Os Redentores da Vida Eterna" e o "Vingança Maldita". Cada um tem suas próprias ideologias e possuem fortes opiniões sobre como obter o Elixir.
Em "Devoted" a trama tem uma virada inesperada. O foco do leitor fica dividido em duas situações diferentes, que no final se complementam e a narração é feita por dois personagens: Clea e Amélia.
Um núcleo familiar composto por avô, pai, mãe e criança são inseridos na trama. Amélia é a criança de 7 anos, que na verdade não tem 7 anos e Petra é a sua mãe. Desse núcleo são as personagens femininas que ganham destaque, uma pequena batalha entre família. A narração de Amélia é envolvente, ela é carismática e a história de sua família prende a atenção do leitor. Os debates internos, a dor, a coragem da garotinha transbordam das páginas.


"- Você não pode pensar tão pequeno, 
Amélia - disse meu avô - A salvação 
de muitos vale o sacrifício de uma pessoa só"
(p.128)

 
Com a captura de Sage, Clea passa o maior tempo se lamentando e tentando descobrir como reverter a situação e até chegar ao final do livro temos a impressão de que a trama fica cansativa.
O ponto positivo da trama definitivamente foi a inserção desses novos personagens, assim como Nico, um novo funcionário na casa de Clea, que ajuda a mãe de Rayna, a Wanda, com os cavalos. Ele tem 21 anos, é gentil, e faz Rayna suspirar.
Alguns pontos negativos na trama: Ben. Ele que era o personagem mais perfeito no primeiro livro se tornou o maior babaca da história. Ele se tornou grosseiro, falso e arrogante. A nova composição desse personagem ficou um pouco forçada, pois essa mudança não foi gradual, ele simplesmente aparece no livro com essa nova personalidade formada. Uma nova personagem, a Suzanne, que trabalha com a mãe de Clea, ganhou um espaço considerável na trama, mas seu papel não adicionou nada na história. E o que dizer sobre o colar de Clea? Uma peça tão fundamental no primeiro livro e agora foi deixada de lado.
Em relação à revisão, diagramação e layout a editora realizou um ótimo trabalho. Foi encontrado um único erro de digitação na página 138, onde está escrito "filha" e o correto é "fila". A capa é bonita, mas não combina muito com a capa do primeiro livro. 

"Alma gêmea é um termo banalizado, 
mas uma conexão verdadeira entre almas 
é algo muito raro e real. Duas pessoas 
que se encontram e compartilham um laço 
desses não apenas se apaixonam; elas 
transformam uma à outra de uma maneira 
profunda e irreversível. Almas gêmeas de 
verdade sempre superam tempos difíceis, 
pois na verdade não tem opção. Elas estão 
destinadas a passar a eternidade juntas, 
sendo atraídas uma de volta à outra aconteça 
o que acontecer"
(p.157)




7 comentários:

  1. primeiro: ate eu quero esse elixir!! ... mas acho esse assunto tao filme de sessao da tarde infantil :P
    achei interessante colocarem novos personagens na trama e é uma pena o personagem ter ficado chato!! mas nao teve algum motivo?!? pq conheço personagens ficam chatos em algum livro de trilogia pq teve sua memoria alterada..
    enfim.. acho q lerei .. beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jack... o personagem não teve a memória alterada rs, acho que essa situação seria justificável rs.
      Obrigada pelo comentário!
      Bjkas

      Excluir
  2. Realmente a capa não combinada em nada com a capa do primeiro livro, deviam ter tomada mais cuidado quando fizeram a arte.
    Tirando isso, continuo me assombrando da Hilary Duff ser escritora... kkkk Vou tentar me acostumar. ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mary, tudo bem?
      Então, essa capa me deixou maluca rsrs... eu gosto de ter as séries todas bonitinhas hehe.
      Obrigada pelo comentário.
      Bjkas

      Excluir
  3. Ainda não li nenhum livro dessa série, mas tenho lido resenhas favoraveis por isso acho que vou acrescentar na lista de leitura de 2014!!

    Bjsssssssssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marcilene, tudo bem?
      Se você gosta do gênero, irá gostar da série, mas não vá ler com muitas expectativas como eu para não ficar um pouco decepcionada.
      Bjkas

      Excluir