Resenha: "Cidade das Estrelas" - Stravaganza - Livro 02 - Mary Hoffman

Sinopse - "Neste, que é segundo volume da série Stravaganza, acompanhamos a história de Geórgia, uma garota tímida do século XXI e apaixonada por cavalos que, com a ajuda de uma estatueta de cavalo alado, é transportada para outro plano, em Rêmora, no século XVI. Lá ela rencontrará Lucien, a quem já conhecia de Londres e por quem tinha uma "queda", e se verá em um impasse para salvar um di Chimici, membro da família mais poderosa e temida de Tália. Além disso, Geórgia chega em meio aos preparativos para a corrida de cavalos mais tradicional daquele país, a Stellata, na qual ela nem imagina, mas terá um papel fundamental..."


Edição: 1
Editora: iD
ISBN: 9788516072926
Ano: 2012
Páginas: 456
Skoob: Clique aqui
Avaliação: 4

Minha opinião -  "Cidade das Estrelas" é o segundo livro da série Stravaganza e acreditem ou não, superou as minhas expectativas tornando-se melhor ainda do que o primeiro livro. Geórgia é uma jovem que não tem muitos amigos, que sofre constantemente com os abusos verbais do meio-irmão (desculpem-me pelo meu francês, mas que personagem @#%¨*) e que é apaixonada por cavalos. Coincidência ou não, Geórgia compra uma estatueta de um cavalo alado e essa estatueta é o seu passaporte para Rêmora, um local tão mágico quanto Bellezza, ou até mesmo um pouquinho mais, já que existe uma criatura extraordinária que poderá mudar o destino dos habitantes de Rêmora!
O que eu gostei tanto nesse segundo livro foram os personagens. Sim, os personagens do primeiro livro reaparecem e tem papéis de destaque, mas nós temos também novos personagens que demonstram que talvez, apenas talvez, a futura geração dos di Chimici não seja tão malvada quanto a anterior. Estou falando de dois irmãos muito carismáticos: Gaetano e Falco, que irão desempenhar um papel fundamental no livro. Além disso, vamos saber o que está acontecendo com os pais de Lucien e como eles estão lidando com a situação atual.
É claro que a corrida ganha um grande destaque também e vai proporcionar aos leitores uma espiadinha em novos costumes de Rêmora. 
O segundo livro da série Stravaganza é mais emocionante do que o primeiro. Emocionante em termos das vulnerabilidades dos personagens. O leitor cria um laço emocional com eles bem maior do que com os personagens do primeiro livro. Falando nos personagens do primeiro livro, eu fui a única que tive a impressão de que a Arianna ficou um pouquinho irritante?
Em relação a revisão, diagramação e layout, a editora realizou um ótimo trabalho. Encontrei alguns errinhos de grafia e digitação, mas nada que interferisse na leitura. Alguns detalhes, como a imagem do cavalo alado repetem-se constantemente no livro, dando um toque especial ao livro. A capa é belíssima, segue o estilo da capa do primeiro livro e tem tudo a ver com a trama.
Um livro que fala de amor, laços familiares, e superação.


4 comentários:

  1. Não consigo ver cavalos alados sem me lembrar da She-ra! kkkkkk
    Momento nostalgia da infância total. XD

    ResponderExcluir
  2. Acho que só li uns 2 livros com cavalo alado, aliás linda a imagem da capa.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  3. Cavalos alados me lembram do Pegasus da mitologia grega!! Amo essas coisas!!! Já esta na minha lista de leitura, agora acho que vou antecipar um pouco a leitura dessa série!!!

    Bjssssssssssss

    ResponderExcluir
  4. eu nunca tinha escutado falar dessa serie mais ela me interessou muito... adoro livros de fantasia e tbm adoro livros q tem continuaçoes ( principalmente se ja tiverem sido lançadas kkkk e eu n tiver q esperar ) adorei mesmo a historia e vou ler!! mas vai pra lista, que esta gigante!
    beijos

    ResponderExcluir