Resenha: "Aura Negra" - Série Academia de Vampiros #2 - Richelle Mead

A Escola São Vladimir está em alerta após um ataque dos sanguinários Strigoi. Os Guardiões admirados por suas habilidades e seus grandes feitos, se preparam para entrar em ação. A escola envia seus alunos para um hotel de luxo e bem protegido, porém um imprevisto obriga Rose a deixar a segurança de seu lar e impedir que o pior aconteça. Apenas quando a vida de seus amigos está por um fio é que a heroína descobrirá força dentro de si. 

Editora: Nova Fronteira
Ano: 2010
Edição: 1 
Páginas: 304 
Avaliação: 4


Essa resenha contêm spoilers do livro 01

Como explicado no primeiro livro, Lissa e Rose descobrem que a habilidade de Lissa é voltada ao espírito e que Rose ao ser salva por Lissa no acidente foi Beijada pelas sombras.
Em "Aura Negra" Lissa está controlando suas habilidades através de medicação, o que por um lado é bom, pois suprime as suas crises, mas por outro a deixa triste, porque também não permite que ela use sua magia. Através de Lissa, o leitor irá conhecer um pouco mais sobre o aspecto social da realeza Moroi e observar as futilidades que os acompanham.
Lissa e Christian nesse livro encontram-se bem mais íntimos e em alguns momentos da leitura, a relação deles é bem melosa.

"Christian a estava beijando, e caramba, que beijo. Ele não estava de brincadeira. Era um beijo daqueles que deviam ser proibidos para menores. Caramba, era um beijo daqueles que qualquer um devia ser proibido de ver - e ainda mais vivenciá-lo através de um laço psíquico". (p.92)

Por outro lado, Rose está tentando se empenhar mais no treinamento e ao mesmo tempo manter uma distância de Dimitri, principalmente por saber que ambos serão responsáveis pela segurança de Lissa.
Dimitri continua sexy e guerreiro, mas em alguns momentos sua atitude com Rose é frustrante. Em outros momentos, ele age de modo malicioso arrancando suspiros das fãs.

"Nós vamos retomar o treinamento, não vamos? Quero dizer, você ainda tem coisas para me ensinar.
De pé no espaldar da porta, ele olhou pra mim e sorriu.
- Tenho, sim. Muitas coisas". (p.297)

Na trama principal, veremos que os Strigoi estão se organizando e coordenando ataques brutais. E é graças a essa situação que aparece no livro a mãe de Rose: Janine Hathaway.
Janine é uma personagem capaz de causar sentimentos conflituosos ao leitor, pois é uma ótima guardiã, mas um pouco arrogante e não tem uma boa relação com Rose, a nossa heroína.  São os conflitos de personalidades entre as duas que traz um pouco mais de dinamismo no segundo livro da série, assim como a possibilidade de descobrirmos mais detalhes da origem da protagonista.

"Minha mãe era a voz da razão ali, sempre lembrando-os de que eles tinham que manter o foco e avaliar toda a situação. Sua atitude acalmava a todos; a força que ela demonstrava os inspirava. Era assim, me dei conta, que um líder devia agir". (p.144)

Outro personagem que chega de repente e ganha destaque é Adrian, ele é um personagem engraçado e sarcástico e ainda irá trazer muitas dores de cabeça à Dampira.

"As conversas giravam, quase todas, em torno de assuntos bastante leves: moda, a vida amorosa dos membros da realeza e coisas do gênero. Ninguém parecia querer estragar o ambiente agradável da festa falando sobre um assunto tão sombrio quanto os ataques dos Strigoi". (p. 201)

Em relação à revisão, diagramação e layout a editora realizou um bom trabalho. Existem alguns erros de digitação e grafia, mas nada que interferisse na leitura. A capa segue o layout da capa do primeiro livro.


4 comentários:

  1. Oi Carol, já cheguei a separar esta série em e-book mas mesmo assim ainda não tive tempo de ler.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  2. Eu ja li muitas resenhas sobre esse livro.. e tenho varias amigas q me recomendam ele!! quero muito le-lo mas tem taaantos na lista na frente dele kkkkkk q acho q ainda vai demorar!!
    beijos!!

    ResponderExcluir
  3. Esse aqui não faz a minha cabeça, como não fui muito com a cara do primeiro acho muito improvável q va conferir o segundo. Vou passar.

    ResponderExcluir
  4. Amo essa série e espero ansiosa pelo filme!! Sou apaixonada pelo Dimitri e pelo Adrian, pois cada um tem um charme diferente. Dimitri é mais sério mais centrado, mas tem tambem seu lado descontraido, já o Adrian é inconsequente e leva tudo na brincadeira, mas quando precisam dele é leal e solidario!! Amo esses dois e se pudesse gostaria que a Rose ficasse com os dois!!! Eu gostaria de ter os dois pra mim!!! kkkkkk
    Adorei a resenha, parabens!!!

    Bjsssssssssss

    ResponderExcluir