Resenha: O antes e o depois - Jennifer Castle



Qualquer pessoa que tenha sofrido algo terrível na vida lhe dirá: tudo se resume a um Antes e um Depois. Estou falando de um tipo de coisa terrível que mexe com o que temos de mais íntimo, nos arrasa completamente sem deixar intocado nenhum fio de cabelo sequer. O mundo de Laurel, uma garota de dezesseis anos, muda instantaneamente quando seus pais e seu irmão morrem em um acidente de carro. Atrás do volante estava o pai de seu vizinho bad boy, David Kaufman, cuja mãe também morre no acidente. Depois da tragédia, Laurel passa a viver uma nova realidade na qual se afasta da melhor amiga, os garotos podem ou não se aproximar dela por pena, fortes lembranças brotam o tempo todo e o Sr. Kaufman está em coma, mas ainda absolutamente vivo. No meio disso tudo está David, que entra e sai da vida de Laurel e por quem ela sente uma atração irracional. Ela estará ligada a ele para sempre por suas perdas mútuas – uma ligação que mudará a ambos de maneira inesperada. Uma leitura agradável e comovente, prendendo o leitor fazendo com que anseie por mais, criando um forte laço entre protagonista e leitor. O Romance de estreia de Jennifer Castle é um testemunho comovente e surpreendentemente inteligente de como a vida pode mudar na simples passagem de um momento para o outro.
Editora: Pandorga
Ano: 2013
Edição: 1
Páginas: 344
Avaliação: 3

O antes e o depois é uma história sensível que fala sobre sentimentos ligados à morte e todo tipo de reações que se possa ter a partir daí bem como a forma que cada um escolhe seguir em frente.

A história tem início com Laurel e sua família em uma confraternização na casa de seus vizinhos, às famílias decidem sair para uma sorveteria, enquanto Laurel e David decidem não ir.
Tudo muda na vida desses jovens quando recebem a notícia de que suas famílias sofreram um acidente fatal.
Laurel perdeu seu irmão e pais e David (seu vizinho) perdeu a mãe e seu pai ficou em coma. Ambos lidam com a dor de forma diferente.
Laurel conta com Nana, sua avó, que ao receber a notícia de falecimento de seu filho, neto e nora, sabe que lhe resta cuidar de Laurel e ela abraça isso de maneira sublime, transformando-se em alguém que estará lá pro que der e vier!

Laurel se isola e deixa sua vida e melhor amiga de lado, buscando em outros meios uma forma de sobreviver! Porém mesmo assim, sua amiga está sempre ali para ela. Laurel  quer alguém para culpar e aproveita a desconfiança de que o acidente foi causado por imprudência do pai de David para culpá-lo! Mas mesmo assim não consegue deixar de se culpar também por não estar junto de sua família, por não ter tomado a decisão de ir com eles na sorveteria!

Por conta de tudo isso David e Laurel vão se aproximando e sabem que suas vidas estão ligadas a partir daquele acidente para sempre!
Eles são bastante diferentes, mas mesmo assim conseguem encontrar um no outro o apoio pelo qual precisam e vão se envolvendo, não da maneira romântica melosa, mas de uma forma mais devagar!

Gostei muito do livro achei que a maneira como a autora conduziu os personagens me pareceu bem real, já que não teve aquelas reviravoltas absurdas e sim personagens mais reais, com defeitos e que tentam mesmo que de maneira diferente da que muitos poderiam desejar.. Seguir em frente!

13 comentários:

  1. Dá a impressão de ser uma história muito delicada e sensível e acho que só poderia ser assim, já que trata de um tema igualmente delicado: a morte e a forma de encarar esse fato inevitável. Acho que pode servir de ajuda e apoio, já que como você bem comentou, os personagens parecem pessoas "de verdade".

    ResponderExcluir
  2. Cada um encara a perda de um jeito, e pelo que notei, isto é muito bem passado no livro.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  3. Acho interessante enredos que contam histórias de personagens mais humanizados, faz com que o leitor se identifique com aquilo que lê, o que torna a leitura mais instigante. Não gostei muito do enredo, mas pode ser que lendo o livro minha concepção sobre a história mude.

    http://umadosemaisforte.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Gostei. Ele realmente parece ser daqueles livros que prendem o leitor e como a sinopse não diz muita coisa, fiquei curiosa em saber como vai ser o romance da Laurel com o David :)

    ResponderExcluir
  5. Oi, :)

    Realmente gosto de temáticas assim, sobre lidar com dores, sobre seguir em frente. Acho que quando se le um livro assim não tem como evitar levar um pouco desse aprendizado pra vida.
    O fato de você ter dito que eles não transformaram a historia em algo impossivel e sim aproximaram da realidade do leitor é um motivo a mais pra ler ^^

    ~> Beijusss...;*

    ResponderExcluir
  6. Parece ser um daqueles livros que a gente chora do começo ao fim!!(Sou Chorona)kkkkk Não sei se estou num momento bom para este tipo de leitura, faz pouco tempo que perdi minha avó, mas ele ja esta na minha lista, quem sabe daqui algum tempo eu me empolgue em ler!!!

    Bjssssssssssss

    ResponderExcluir
  7. É um dos que já estão na minha lista. Gosto demais desse jogo de sentimentos que a autora faz, o fato dela culpar ele e esse ressentimento e culpa que os envolve também me fazem querer adiantar a leitura.
    Em breve espero ler.

    Beijos,
    Jhey
    www.passaporteliterario.com

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia e não curti essa capa =/
    Mas enfim.... parece ser um livro bem emotivo mesmo, acho que eu o leria.

    ResponderExcluir
  9. Pela resenha o livro parece ser muito bom, fiquei bastante interessada em ler!

    ResponderExcluir
  10. Muito interessante saber que os personagens são palpáveis e quase reais, que possuem sentimentos que muitas vezes não mudam do nada.. que sofrem e lidam de maneiras diversas com suas perdas, me incomoda um pouco também, saber que muitas vezes o personagem sofre o pão que o diabo amaçou e do nada, dá a volta por cima e vive feliz para sempre!
    Fiquei curioso para ler esse livro!

    ResponderExcluir
  11. Sua resenha ficou encantadora. Nos faz querer ler o livro e sentir as emoções dos personagens.
    Cada pessoa encara a perda de uma forma e ter alguém do lado que a entenda faz a dor ser suportável.

    Um leve bater de asas para todos!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  12. Achei que foi uma das história que mais gostei de conhecer. E sua resenha cooperou pra isso. fiquei emocionada, triste e encantada com os personagens. Com certeza vou querer ler este romance. Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Nossa que resenha linda!! fiquei muito curiosa mesmo. Este livro tem uma carga emocional forte.Fico me imaginando no lugar dela. Adoro livros com personagens reais.
    Beijos

    ResponderExcluir