Resenha: A Improvável Jornada de Harold Fry - Rachel Joyce


Vencedor do britânico National Book Award na categoria de melhor livro de estreia e finalista do prestigiado Man Booker Prize, A improvável jornada de Harold Fry, de Rachel Joyce, tem como temas centrais os sentimentos de amor, amizade e arrependimento. A autora conta a história do aposentado Harold Fry que numa manhã de sol sai de casa para colocar uma carta no correio, sem imaginar que estava começando uma jornada não planejada até o outro lado da Inglaterra. Ao receber uma carta de Queenie Hennessy, uma velha conhecida com quem não tem contato há décadas, ele descobre que ela está em uma casa de saúde, sucumbindo ao câncer. Então, Harold Fry escreve uma resposta rápida e, deixando sua mulher com seus afazeres, vai até a caixa postal mais próxima. Ali, tem um encontro casual que o convence de que ele deve entregar sua mensagem para Queenie pessoalmente. E assim começa a peregrinação improvável de Harold Fry. Determinado a andar 600 milhas de Kingsbridge à Berwick-upon-Tweed, porque, acredita, enquanto caminhar, Queenie Hennessy estará viva, ao longo do caminho, ele encontra personagens fascinantes, que o trazem de volta memórias adormecidas: sua primeira dança com Maureen, o dia do seu casamento, a alegria da paternidade. Todos os resquícios do passado vêm correndo de volta para ele, permitindo-lhe conciliar as perdas e os arrependimentos.



Editora: Suma de Letras
Ano: 2013
Edição: 1
Páginas: 248
Avaliação:4


Nesta história iremos conhecer a história de Harold, um aposentado que após receber uma carta de Queenie, uma velha conhecida que não vê a mais de vinte anos.. Ele resolve responder a tal carta, porém ao invés de postar a mesma, ele se vê rumando ao encontro de Queenie, que se encontra em estágio terminal, pois foi acometida pelo câncer.

Essa jornada irá despertar velhas lembranças e o fará refletir sobre coisas antes esquecidas ou enterradas. Como a viagem não foi planejada, Harold não leva nada consigo e sequer avisa a sua esposa que está partindo.. Ele simplesmente sai impulsionado pela ocasião e parte em uma jornada inesperada e que irá mudar sua vida!

Vindo de uma infância difícil e um casamento que já não funciona como deveria, pois sequer há interação entre Harold e sua esposa Mawreen devido a circunstâncias que aconteceram ao longo dos anos. De início Mawreen não liga para o desaparecimento de Harold e sente que foi um presente, porém como é de se esperar pouco a pouco ela também irá repensar atitudes, gestos e etc.

Uma história emocionante que mexe com os leitores sensíveis e nos apresenta as diversas formas de sentimentos como em um leque, todos abertos e crus para quem quiser explorar, porém tudo descrito de forma complexa e um tanto quanto palpável! E é realmente possível se ver refletindo sobre a própria vida e as escolhas que fazemos para ela, o que deixamos de fazer, seja por medo ou por simples e puro "prazer" em permanecer na rotina.

Vivemos de forma que muitos momentos que deveríamos viver intensamente desperdiçamos com coisas banais.. E com isso vamos perdendo oportunidades, anos e principalmente a felicidade!

As pessoas que cruzam o caminho de Harold durante sua jornada sempre possuem algo para doar, um pedaço de si, um ensinamento, compartilham coisas que realmente são proveitosas, e me fazem pensar em quantas vezes vivemos tão apressados que não percebemos o que está a nossa volta!

Eu gostei bastante da capa e diagramação do livro e a revisão está excelente!
Para aqueles que estão buscando uma história reflexiva .. Este livro poderá lhe agradar!

 

9 comentários:

  1. Parece bom Karini, gosto muito dessas narrativas diferentes onde várias histórias se cruzam como em um roa movie. Já está na lista de desejados.

    ResponderExcluir
  2. Olá Karini!!
    Já havia visto este livro, mas é a primeira resenha que leio sobre a historia e fiquei bastante curiosa e intrigada por ela.E sempre bom ler algo que nos faz e refletir, com certeza já esta na minha lista de desejados!
    Beijocas♥

    ResponderExcluir
  3. Oi, :)

    Fiquei em dúvida sobre esse =*

    Talvez eu não esteja no meu melhor momento para histórias reflexivas, acho que não conseguiria prender minha atenção, mesmo que o livro pareça bom. Estou muito ligada a romances sobrenaturais agora então... =P

    ~> Beijusss...;*

    ResponderExcluir
  4. A capa é bem simples,minimalista, mas achei muito bonita. Parece ser um livro bom, apesar de não ser o meu gênero favorito. No entanto, gosto de histórias reflexivas.

    http://umadosemaisforte.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Não tenho lido muitos dramas ultimamente, mas esse livro parece realmente bom. É uma jornada que traz muitas lições mas acredito que a gente deva estar no clima para ler porque por não ter muita ação, às vezes a leitura pode não fluir bem.

    ResponderExcluir
  6. Não me empolguei em ler, quem sabe mais para frente.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  7. Gente, a pessoa achar um "presente" o marido sumir o.O O casamento deve ter deixado de funcionar mesmo, uma pena. Na época do lançamento dele eu li frases lindas dele, eram belos quotes. Leria só para me inspirar e rever as palavras *-*

    Beijos,
    Jhey
    www.passaporteliterario.com

    ResponderExcluir
  8. Não me interessou, mas quem sabe em outro momento!!!

    Bjsssssssssssss

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir