Resenha: "Uma Questão de Confiança" - Louise Millar



Em um subúrbio tranquilo de Londres, algumas mães se ajudam através de amizade, favores e fofocas. No entanto, algumas delas não parecem confiáveis e outras têm segredos obscuros. Quando Callie se mudou para seu novo bairro, pensou que seria fácil adaptar-se. Contudo, os outros pais e mães têm sido estranhamente hostis com ela e com sua filha, Rae, que também descobriu como é difícil fazer novas amizades. Suzy, seu marido rico e seus três filhos parecem ser a única família disposta a fazer amigos, mas, recentemente, a amizade com Suzy anda tensa. Ainda mais com a atmosfera pesada que pairou sobre o bairro após a chegada da polícia e o relato de um possível suspeito morando no bairro. O que Callie e sua pequena Rae podem esperar? Em quem confiar? E, sobretudo, como imaginar que certas atitudes rotineiras podem colocar em risco a vida de sua pequena filha? Verdades e mentiras parecem se esconder nestas pequenas casas.

 
Editora: Novo Conceito
Ano: 2013
Edição: 1
Páginas: 384
Skoob: clique aqui
Avaliação: 3

A sinopse não fez jus ao livro, que surpreende o leitor de uma forma positiva: a trama se mostrou bem mais complexa.
O livro é dividido em capítulos curtos, narrados por três personagens femininas alternadamente: Callie, Suzy e Debs. Ambientado em um subúrbio londrino, vamos presenciar através dessas mulheres tão diferentes os maiores temores que elas escondem. Esse é um livro onde todos possuem um segredo, e que as aparências enganam completamente. 

Uma mãe solteira, desempregada, com uma criança pequena, tentando voltar a ter uma normalidade em sua vida. Uma mãe de três garotos que deseja profundamente ter uma filha e um marido presente. Uma mulher de 48 anos que não sabe se está ou não enlouquecendo. Segredos que causam um efeito dominó devastador.
"Uma questão de confiança" é o tipo de livro que mexe com o psicológico do leitor. A autora criou personagens que conseguem se camuflar no tranquilo bairro londrino, mas que conforme os conhecemos ou nos apaixonamos por eles ou odiamos. 
Infelizmente, faltou "algo" no livro que não permitiu que todo o potencial fosse explorado. O final é um pouco decepcionante e depois de entender a trama como um todo, o leitor questiona algumas atitudes de Callie. 

A capa não chama a atenção e nem é realmente atraente. Em relação a diagramação, layout e revisão, a editora fez um ótimo trabalho, sendo que foi encontrado poucos erros de digitação. 

10 comentários:

  1. Não gosto desse tipo de livro, muito família, confesso. Acho um tanto quanto monótono. Por incrível que pareça, eu gostei do título e da capa. O enredo que não me agradou, mas acredito que seja uma boa história pra quem gosta do gênero.

    ResponderExcluir
  2. Oi, :)

    Nunca tinha parado pra ler a sinopse desse livro e embora pareça interessante não é um livro que eu leria agora =P
    Mesmo com isso de você ter dito que é uma leitura que mexe com o psicológico do leitor - o que sempre me deixa curiosa - não senti vontade de procurar imediatamente. Não sei bem porque O.o' rs'

    Mas, gostei da resenha ;)

    ~> Beijusss...;*

    ResponderExcluir
  3. Oi, Carol! Realmente, essa capa não chama em nada a atenção; o que é uma pena, pois uma boa edição às vezes atrai um certo público. A sinopse não me agradou, e eu realmente não senti vontade alguma de conhecer essa história... Leituras muito "familiares" nunca são as que mais me agradam, como comentou a Ingrid. Pros amantes desse gênero, acho que pode ser uma boa pedida. Beijocas.

    ResponderExcluir
  4. Esse livro não me despertou interesse, desde capa até a sinopse, mas como dizem nunca escolha um livro pela capa, então pode ser que eu esteja errada!

    Bjsssssssss

    ResponderExcluir
  5. O livro não me despertou curiosidade, a unica coisa que gostei foi que acontece em Londres...mas a historia em si não encheu meus olhos.
    Gostei da resenha :)
    Nome: Hosana Santiago
    Seguidor: Hosana Nanah
    nannahguedes@hotmail.com
    @heynaninha

    bjus

    ResponderExcluir
  6. Realmente, se fosse só pela capa, eu nem daria atenção ao livro, mas parece que tem uma bela história. Pena que não houve um aprofundamento ou talvez um outro enfoque que pudesse torná-lo melhor e não deixar essa sensação de que faltou algo.

    ResponderExcluir
  7. Desde que vi que esse livro fiquei super curiosa para ler, a sinopse deixa um mistério no ar. Agora que li sua resenha minha curiosidade diminuiu um pouco,mas ele ainda está na minha lista de desejados.Espero poder conferir mais adiante!!
    Beijocas!!

    ResponderExcluir
  8. Ganhei ele em uma promoção por aí :) Sempre soube que ele era um suspense/drama mais leve. Uma pena o fim ser meio ruinzinho (Todos comentam sobre o final e eu fico tentada a abrir as últimas páginas e ler haha) bom, eu irei ler (Afinal está na estante mesmo haha) depois volto aqui com minha opinião.

    Beijos,
    Jhey
    www.passaporteliterario.com

    ResponderExcluir
  9. Eu achei a Calie uma grande traíra. É engraçado como a vida das pessoas escondem grandes segredos.
    Bjs,Rose.

    ResponderExcluir
  10. Tenho o livro mas ainda não o li.
    Estou esperando acho que pelo momento certo, pois acho que é uma leitura mais intensa e cansativa as vezes, até.

    ResponderExcluir