Resenha: "Tina Fey - A Poderosa Chefona" - Tina Fey


Antes de Liz Lemon, antes do 'Weekend Update', antes de Sarah Palin, Tina Fey era só uma jovem com um sonho - um pesadelo recorrente em que ela era perseguida em um aeroporto por seu antigo professor de educação física. Ela também tinha o sonho de, um dia, ser comediante na TV. Ela viu esses dois sonhos se tornarem realidade. Finalmente, a história de Tina Fey pode ser contada. De seus dias de adolescente nerd depravada até se tornar chefe do Saturday Night Live; de sua busca pouco entusiasmada pela beleza física até sua vida como mãe que come coisas do chão; de seu romance unilateral no colégio até sua lua de mel quase mortal - do início deste parágrafo até a última linha. Tina Fey revela tudo e prova algo que sempre suspeitamos; você não é ninguém na vida até alguém chamá-lo de 'chefe'.



Edição: 1
Editora: Best Seller
ISBN: 9788576845898
Ano: 2013
Páginas: 272
Tradutor: Mariana Lopes
Avaliação: 4
Skoob: Clique aqui

O livro "Tina Fey - A poderosa chefona" é uma biografia repleta de bom humor. Tina Fey mostra para os leitores sua jornada desde jovem, as dificuldades e os momentos engraçados (que na maioria das vezes é engraçado após um bom tempo do acontecimento). Para os leitores fãs da atriz, é um livro indicado, pois mostra o lado pessoal e os contratempos na vida de Tina Fey. 
Desde o início do livro somos transportados a inusitadas situações que sempre terminam com direito a risadas, como o medo de aviões do seu marido, que resultou em uma lua de mel em um navio (e no fim o avião teria sido bem mais seguro!)

"É assustador quando um grupo de pessoas sabe instintivamente que não se pode ficar de palhaçada. Outra voz surge no alto-falante, repetindo: "Por favor, fiquem calmos. Por favor, sigam para a estação de contagem." Meu lado alemão está pensando: "Empurre os velhos. Empurre os velhos e os doentes! Se eles forem fortes o suficiente para não cair, eles merecem viver". Meu lado grego quer gritar com o capitão grego". (p.97)

Outros detalhes interessantes do livro é o modo como ela conta como foi entrar no ramo e os problemas que teve que enfrentar no exclusivo "clube dos homens" que é o meio em que trabalha.
Mas não são apenas sobre assuntos sérios que o livro aborda. Encontramos reflexões sobre como manter-se saudável, bonita e em forma, divagações sobre o ponto de vista feminino nos tópicos, além de algumas listinhas pessoais muito engraçadas.
É uma leitura leve, divertida e interessante. Vale a pena conferir para conhecer um pouco mais sobre a atriz.
Em relação à revisão, diagramação e layout foi realizado um ótimo trabalho. A capa chama a atenção e tem tudo a ver com o conteúdo do livro.




7 comentários:

  1. Olá, Carol! Bem, eu não leria esse livro. Não gosto muito de biografias, e ainda mais se tratando de alguém que eu nem "admiro". Pros fãs da atriz, é uma ótima pedida... afinal de contas, é uma forma excelente de tomar conhecimento de informações pessoais, e tudo o mais. Beijocas.

    ResponderExcluir
  2. Oi, :)

    Bom... eu não gosto de biografias. Sério, nenhum pouco. Não consigo passar de algumas páginas... mas, essa, sinceramente me fez ficar curiosa. Não conheço o trabalho dela, mas só pelo quote já vi que me faria rir =P

    "Empurre os velhos. Empurre os velhos e os doentes! Se eles forem fortes o suficiente para não cair, eles merecem viver" - ok, é maldoso, mas ri muito aqui O.o' kkkk'

    ~> Beijusss...;*

    ResponderExcluir
  3. Não sou fã nem nada da Tina Fey, mas devo reconhecer que ela faz um ótimo trabalho. Ela tem uma forma cômica de se expressar, algo que aprecio muito. Parece ser uma leitura que flui rápido devido ao toque de humor.

    http://umadosemaisforte.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Não gosto muito de biografias, por isso não é um livro que eu leria, mas a resenha esta otima!!!

    Bjsssssssssss

    ResponderExcluir
  5. Biografias não são meu estilo preferido e devo confessar que leio poucas. Também não conheço o trabalho da Tina Fey e apesar de parecer ter um relato divertido, acho que não leria por enquanto.

    ResponderExcluir
  6. Apesar de não curtir biografias esta eu leria, admiro muito o trabalho da atriz, acho ela muito engraçado e autêntica. Justamente por ela entrar nesse "clube exclusivo para homens kkkkkk" e mostrar que pode ser mais engraçada e tão boa quanto eles. Vou colocar na minha lista.

    Beijos,
    Jhey
    www.passaporteliterario.com

    ResponderExcluir
  7. Tina é uma comédia, apesar de não curtir muito biografia, por ser dela, até fiquei empolgada para ler KKKKKKKKKKKKK Leria sim =)

    ResponderExcluir