Resenha: "Quando o amor vence o ódio" - Marlene Saes


"Certos de que a vida não termina com a morte do corpo, os principais personagens de Quando o amor vence o ódio convivem com aparições de espíritos sofredores – e obsessores – bem como com anjos guardiões, espíritos familiares que os protegem. Na Rússia czarista, antes da Primeira Guerra Mundial e da revolução que derrubou a nobreza, Mikhail, Igor, Dimitri, Catarina e Anna são camponeses explorados que lutam para sobreviver e provar que o amor sempre vence!"


Edição: 1
Editora: Petit editora 
ISBN: 9788572532303
Ano: 2013
Páginas: 320 
Skoob: Clique aqui 
Avaliação: 3



Minha opinião: Antes de começar a falar sobre o livro em si, é importante ressaltar que trata-se de um livro espírita e essa resenha não tem a intenção de analisar ou avaliar a religião, apenas a trama e os personagens. 
A trama tem como cenário o Império Russo, e vai girar em torno principalmente de quatro personagens: Igor e Catarina, e Dimitri e Anna. 

"Catarina e Igor estavam conscientes de que precisariam lutar muito para se aproximar de Dimitri e Anna, dissipando aquela nuvem de rancor". (p.150)

Igor e Catarina são casados, camponeses, trabalhadores que vivem uma vida muito simples e humilde mas que se amam. Juntos, têm a filha Karina para completar a felicidade do casal.
Anna é irmã de Catarina e secretamente apaixonada por Igor. O leitor acompanha esse sentimento se tornar distorcido.
Dimitri nutre um profundo ódio por Igor e o sentimento é recíproco. As explicações para esse sentimento estão na vida passada dos dois, que tiveram uma convivência turbulenta.
O problema é que esses quatros personagens precisam conviver entre si, mesmo não gostando um do outro (como no caso de Igor e Dimitri) ou por terem uma paixão não correspondida (Anna pelo Igor). Acontece que os quatro já protagonizaram em outra vida situações que os colocaram em um ciclo de tragédias, dores e amarguras e precisam aprender a deixar de lado suas mágoas e ressentimentos de lado para evoluírem. 
É uma história muito bonita, com um ótimo desenvolvimento e lições preciosas.

"Cultivar o ódio, o desejo de vingança, o olho por olho, dente por dente, é estacionar na estrada evolutiva. Cada vez que encontrar desafetos, Deus nos oferece a chance de perdoar, de usufruir da benção do perdão, e nós ignoramos esse presente sagrado". (p. 07)

Em relação à revisão, diagramação e layout a editora realizou um ótimo trabalho. A capa é simples, mas muito bonita.


9 comentários:

  1. A trama parece ser emocionante. Gostei bastante do enredo, embora não aprecie muito o gênero do livro. O que mais me chamou a atenção é que a história se passa em um período histórico, o que muito me agrada. Não gostei muito da capa.

    http://umadosemaisforte.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, :)

    Ei, muitas leituras espíritas ultimamente...
    Pelo titulo, tenho que confessar, que não me faria correr pra saber mais - talvez porque soe clichê O.o'
    E esse não é meu tipo de leitura também =P

    ~> Beijusss...;*

    ResponderExcluir
  3. Ei, Carol. Mais uma vez, ressalto o que disse no outro post: não são leituras que me atraem. Independente da sinopse, por incrível que pareça, nunca encontro algo que me chame a atenção. E, preciso dizer sobre a capa: o design também não me agradou. Beijocas!

    ResponderExcluir
  4. Não costumo ler livros espiritas, mas esse me deixou curiosa! Acho que vou acrescentar a minha lista interminavel de leitura!!

    Bjssssssssssss

    ResponderExcluir
  5. é como já disse, não tenho preferencia por livros espiritas ! Mas eu leria, a capa é linda e eu gostei da historia :)

    Nome: Hosana Santiago
    Seguidor: Hosana Nanah
    nannahguedes@hotmail.com
    @heynaninha

    ResponderExcluir
  6. Com certeza é um tema tocante. Eu não muito com a temática espírita, apesar de que meu marido tem alguns e lê frequentemente. Acho que, independente desse cunho espírita, tem uma bela história e acho que dá pra tirar algumas belas lições daí.

    ResponderExcluir
  7. A trama parece ser emocionante, e isso me deixa bastante curiosa, e sempre leio livros com deste gênero e sempre gostei, e desde que vi ele, já o inclui na minha lista de desejados!!

    ResponderExcluir
  8. Todo livro espírita traz uma gama enorme de emoções. As vidas passadas que eles tanto acreditam explicam e emocionam muita coisa, gostei do enredo deste que você resenhou, esse eu tive vontade de ler, ahhh a Rússia é tudo de bom... até os nomes do pessoal é lindo *-*

    Beijos,
    Jhey
    www.passaporteliterario.com

    ResponderExcluir
  9. Não gosto de livros nessa temática, não me agradam. =D
    Mas para quem curte, fica a dica.

    ResponderExcluir