Resenha Dupla: "Coração Ferido" - Série Beleza Mortal #01 - Chelsea Cain


SinopseO detetive Archie Sheridan passou dez anos perseguindo Gretchen Lowell, uma estonteante serial killer, mas foi ela quem o capturou. Dois anos atrás, Gretchen aprisionou-o e torturou-o por dez dias, mas, em vez de matá-lo, ela surpreendentemente o deixou partir, entregando-se à polícia.
Agora ela está na cadeia pelo resto da vida enquanto Archie se vê em outro tipo de prisão – viciado em analgésicos, incapaz de voltar à sua antiga vida e sem forças para apagar aqueles dez dias horrendos de sua lembrança. Sua mulher, de quem se afastou, diz que o velho Archie não existe mais, e ele concorda. As visitas a Gretchen são semanais, com a justificativa de que só ele pode fazê-la confessar onde estão os corpos das vítimas. Mas Archie sabe qual o real motivo – ele simplesmente não consegue ficar longe dela.
Quando outro criminoso começa a seqüestrar meninas em Portland, Archie tem que se recompor para liderar uma nova força-tarefa que investigará os assassinatos. Uma repórter jovem e determinada, Susan Ward, acompanha o trabalho do grupo, o que desencadeia um jogo mortal entre Archie, Susan, o novo serial killer e até Gretchen. Eles têm um maníaco para capturar, e talvez isso liberte Archie de Gretchen de uma vez por todas.


Edição: 1
Editora: Suma de Letras
ISBN: 9788560280193
Ano: 2007
Páginas: 328
Skoob: Clique aqui
Avaliação Carol: 4
Avaliação Karini:5 S2



Carolina Durães:  Para os fãs de livros policiais, a trilogia "Beleza Mortal" é sem dúvida leitura obrigatória.

Karini Couto: Eu peguei essa dica de leitura no seriado True Blood, não lembro a temporada.. mas foi naquela que tinha aquela coisa da mulher baco ou algo assim.. rs - Fiquei curiosa e corri para adquirir o livro e gente.. que livro! Eu amei demais a escrita da Chelsea Cain que recomendo já faz um tempo para todos que me perguntam qual o melhor livro do gênero, para euzinha, sem dúvidas.. é essa trilogia! Amei, amei e amei!
Com uma escrita onde a personagem principal é tão linda quanto é maléfica e detalhes ricos das torturas que pratica e nenhum arrependimento! A "beleza mortal" em minha humilde opinião desbancou Hannibal nos requintes de crueldade, e não, ela não come carne humana! rs Falo da convicção em acreditar que aquilo que estão praticando não é errado em seu íntimo que eles de alguma forma justificam suas ações explicando que aquilo de fato faz parte de sua natureza! #sinistro 


"Coração Ferido" apresenta ao leitor o relacionamento entre o detetive Archie Sheridan e a serial killer Gretchen, chamada pela imprensa como "Beleza Mortal", após Archie ter sido torturado por Gretchen.

Com uma narrativa intensa e descrições detalhadas, a autora foca a trama em duas situações: as lembranças de Archie do tempo em que foi mantido refém e a investigação atual, onde jovens estão sendo assassinadas.
A relação entre Archie e Gretchen é complexa e de certa forma obsessiva. O modo como os dois interagem nas visitas semanais e respondem um ao outro, deixam o leitor perplexo e em alguns momentos perdido pelo grau de intimidade entre eles!

Gretchen é carismática, sedutora, bonita e mortal. Fica claro desde o início a capacidade dessa personagem em conquistar os homens a sua volta e a maldade que se esconde por trás da fachada bonita e inteligente!

Susan Ward é a jovem jornalista que irá acompanhar o esquadrão do Archie na nova investigação. Jovem, bonita, meio maluquinha e com um passado meio traumático.. É a típica personagem que é tão ferrada emocionalmente e está sempre interessada nos homens errados.


Além desses personagens, a autora ainda nos apresenta o fiel parceiro de Archie, o Henry. Henry é um personagem que vai ganhando espaço conforme a trama se desenrola. Um pouco machista e metido a durão, em momento algum deixa de apoiar Archie, mesmo observando o espiral de destruição em que ele vai se afundando o que é admirável, pois quando dizemos que Archie vai se afundando é no sentido literal da palavra! Ele está de certa forma com algo quebrado e está tão ferrado mentalmente e emocionalmente quanto a Susan!


"Então ele começou a jogar com o vício....
Era um jogo. Todo mundo tinha a sua vez. 
Vicodin para a dor. Xanax para os 
ataques de pânico. Zantac para 
o estômago. Ambien para dormir. 
Todos no porta-remédio". (p.36)



Temos também Debbie, a ex-mulher de Archie. Debbie é claramente apaixonada pelo ex. Eles eram o casal apaixonado desde sempre, até que com o sequestro e tortura de Archie ele se afasta de tudo e de todos, abandonando a mulher e filhos.


A escrita da autora é viciante. A alternância de capítulos, as descrições minuciosas, o modo como cada personagem é de alguma forma emocionalmente destruído são elementos que tornam os leitores incapazes de largar o livro até o final.
O fator mais marcante no livro sem dúvida é a relação doentia entre Archie e Gretchen, a necessidade dele de estar sempre em contato com a sua torturadora e o modo como eles interagem. A autora conseguiu impactar o leitor.
Um dos pontos menos favoráveis no livro foi a Susan. Mesmo entendendo o seu passado problemático, fica a impressão de que em alguns momentos esse personagem se torna um clichê, graças ao seu comportamento.

O livro não é para qualquer leitor, pois descreve detalhadamente cenas violentas e tem um grande impacto no lado emocional. É uma obra muito bem escrita, forte, concisa e com uma trama bem delineada. A autora realmente se preocupou em não deixar "pontas soltas" na trama.
Em relação à revisão, diagramação e layout a editora realizou um ótimo trabalho. A capa é simples e não chama muito a atenção à primeira vista.


"Passara dez anos trabalhando na Força-Tarefa 
Beleza Mortal, rastreando a mais prolífica 
serial killer do Noroeste. Um quarto 
de sua vida debruçado sobre cadáveres 
em cenas de crimes, folheando relatórios 
de autópsias, examinando pistas: 
tanto trabalho e Gretchen o fizera andar 
direitinho até uma armadilha. Agora Gretchen 
estava na cadeia. E Archie estava livre. 
Curioso. Às vezes parecia que era o contrário".
 (p. 16)

Karini: In love pela trilogia! S2 Será que isso faz de mim uma sociopata? kkkkkkkk (brincadeirinha)

10 comentários:

  1. Ual gostei muito da resenha, ela me deu muita vontade de ler esse livro. Esse parece o tipo de leitura que vc pega e não quer largar ate terminar.

    Bjus
    http://infinitoparticulardoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia essa série, mas confesso que fiquei meio apreensiva com essa coisa de ser muito violento, ou melhor, das cenas violentas serem descritas com detalhes. Gosto de policiais, mas daqueles mais investigativos, abro mão dos detalhes ... mas para quem gosta sem dúvida é uma excelente opção.

    ResponderExcluir
  3. Adoro livros do gênero, inclusive ainda não li os do Hannibal, mas sou apaixonada pelos filmes. São extremamente instigantes, tenho certeza de que os livros são melhores. Eu adorei essa história, por mais que contenha cenas violentas, parece ser um livro muito bom, isto é, pra quem gosta do gênero, como eu. Coloquei na minha lista de "Vou ler" no skoob.

    ResponderExcluir
  4. Livros policiais não faz muito meu estilo de leitura, mas esse me deixou curiosa!
    Otima resenha!!!

    Bjsssssssssssssss

    ResponderExcluir
  5. Caramba, eu sou fã de policial, mas pelo visto vou ter que me preparar para ler este livro. Posso imaginar como foi ler e não conseguir largar, é um vício.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia este livro,mas fiquei super animada com esta resenha, pois amoo gênero e procuro sempre variar os autores e não li nenhum dos do autor e isso me deixa ainda mais curiosa para ler!!

    ResponderExcluir
  7. Oi, :)

    Achei as duas ultimas capas mais bonitas =P rs'

    Enfim... não sei o que pensar. Mas essa resenha realmente me deixou interessada. Nunca ouvi falar do autor por isso não sei bem o que achar, mas talvez ele me surpreenda ;)

    ~> Beijusss...;*

    ResponderExcluir
  8. Meninas! Amei o novo layout :)
    Eu já conhecia a trilogia, mas devido as descrições detalhadas e envolver tortura eu ando protelando a leitura dele :P No fundo sou uma medrosa, mas meu medo não tira minha curiosidade de ler. Fico me roendo para comprar a trilogia, mas não sei se dou conta de continuar lendo. Neurótica eu? Imagina hahaha gostei da resenha.

    Beijos,
    Jhey
    www.passaporteliterario.com

    ResponderExcluir
  9. Essa série parece ser mesmo legal e que vale a pena conferir.
    Só não sei quando vou conseguir lê-la =/

    ResponderExcluir
  10. Eu sou simplesmente apaixonada por essa trilogia. Acabei recentemente Coração Maligno e estou perplexa. Meio decepcionada com o final, mas mesmo assim foi uma história muito bem escrita.

    www.cantaremverso.com

    ResponderExcluir