Resenha: O Motivo - Mundo em Caos - Livro 01 - Patrick Ness

1.10.13


Todd Hewitt é um garoto de doze anos, o último menino de Prentisstown, uma cidade de homens. Ele vive em um mundo cheio de "ruído" em que os pensamentos privados de todo homem e animal são audíveis. Em um mês ele estará com treze anos e será um homem. Mas a cidade está mantendo segredos para ele, segredos que vão forçá-lo a fugir do prefeito e dos homens de Prentisstown junto com seu cachorro e a primeira garota que ele já conheceu. A cada página, o leitor ficará cada vez mais ligado a Todd e Viola, com sua história de amizade, e sentirá afeição genuína por Manchee, cão e ajudante de Todd, cujo comportamento é hilário e comovente. Na sua essência, é uma história sobre um garoto forçado a crescer rapidamente em um mundo de ruínas em loucura e armado apenas com sua convicção de fazer a coisa certa para ajudá-lo a sobreviver. Todd vive em um mundo onde um germe matou todas as mulheres, um germe que deixou os homens loucos, o germe que significou o fim dos spackles quando a loucura dos homens colocou as mãos numa arma.


Editora: Pandorga
Ano: 2011
Edição: 1
Tradutor: Marcelle Barros Soares
Nota: 4



O Motivo é o primeiro livro da série Mundo em Caos. O livro é uma distopia um pouco diferente já que nela o autor não só abrange as características despóticas, como também cria um novo mundo, com seres peculiares.

Neste volume conheceremos Todd e seu cachorro Mache (que é um cão falante), achei isso meio bizarro, sinceramente, mas não me fez apreciar menos a leitura.. Pois a meu ver foi à forma como o autor deu vida aos pensamentos desconexos do cão.. Que óbvio, não é como um ser humano! (ainda bem!!!). No ambiente onde Todd vive, não existem mulheres. Tão jovem Todd tem como companhia principalmente Mache. Sua vida é comum se não levar em conta o "ruído". Para que possam entender um pouco do que se trata o "ruído", é como se fosse uma doença onde uns escutam os pensamentos dos outros, acreditando-se assim que jamais alguém possa esconder segredos um do outro! Isso é muito intenso e até assustador, pois a meu ver a única coisa que temos que nos pertence tão somente, são nossos pensamentos! Porém, mesmo com o "ruído" Todd acredita que as pessoas escondem segredos e que apenas ele não sabe do que se trata. Todd tem apenas 12 anos e em breve, aos 13 será considerado homem. Pois onde vive a partir dos 13 anos todos se tornam homens.

Muitas coisas irão acontecendo e em dado momento Todd se vê motivado a fugir e nessa fuga encontra Viola, a primeira garota que conhece em toda a sua vida e por incrível que possa parecer para ele.. Viola não tem a "doença" e não consegue ouvir os pensamentos alheios. Viola e Todd se unem nessa busca desenfreada por algo que nem mesmo eles entendem bem e vão unindo forças para enfrentar todas as adversidades que surgem!
Viola é como mais um mistério para Todd e isso o atrai. Os laços entre ambos passa de apenas necessidade para uma amizade tão cativante que mexe com o leitor. E esse laço que existe parece algo intangível, porém que sempre existiu, mesmo antes de ambos se conhecerem.. Como se fosse o destino!

A história é recheada de aventuras e reviravoltas, sempre há algo a ser desvendado e delineado! E o autor consegue de forma bastante criativa e fácil nos conduzir até o final de O Motivo com extremo prazer pela leitura que se encontra a sua frente!

E mesmo que eu tenha achado bizarra essa coisa do cachorro, acho que isso deu um toque muito especial a história e não consigo imaginar Manche de outra maneira senão a que o autor criou!

10 comentários

  1. Oi, :)


    Nossa que distopia mais diferente =*


    Não só por, como você falou, por criar de fato um novo mundo, mas pelo rumo das coisas mesmo. Um mundo sem mulheres, essa doença, todos serem capazes de lerem os pensamentos uns dos outros... é parece mesmo assustador O.o' rs'
    Mas, ainda assim, quero conferir ;)


    ~> Beijusss...;*

    ResponderExcluir
  2. Hey!
    Bom.. Eu ainda não conhecia esse livro, mas como a apaixonada por distopias que eu sou, com certeza o procurarei. Sua resenha me fez sentir como se tivesse lido o livro kkkkk Amei. Sobre a conexao deles, me lembrou um pouco o Thomas e a Teresa, de Maze Runner. Embora sejam ideias quase que totalmente opostas kkkk Enfim, com certeza esse mundo meio estranho do livro vai me conquistar quando eu ler! Bjos.

    ResponderExcluir
  3. Eu amo distopias Mandaah.. Acho que se curte tanto quanto eu vai amar esse livro!

    ResponderExcluir
  4. É bem diferente das outras distopias que eu li Dayane.
    Vale a pena conferir!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Obrigada! Tenho certeza que sim! Vou tentar compra-lo na Bienal, essa semana. Bjos.

    ResponderExcluir
  6. Acho q vou rir bastante com esse cachorro falante!!!
    Gostei bastante da resenha, mas não gostei dessa capa.... Mas ainda assim leria...

    ResponderExcluir
  7. Ei, Ka! Tenho visto algumas críticas a respeito desse livro, e fiquei bem curiosa em relação a história. Mas, espera aí: um cachorro falante? Hahahaha. Como assim, gente? Meio bizarro, mesmo. Acho que eu vou estranhar esse fato, também. Fora isso, a sinopse é instigante, e nos faz querer mergulhar nesse ambiente distópico. A capa não é das mais atraentes, mas é só falar em distopias, que eu até fecho os olhos e esqueço desse quesito! Hahaha. Gostei muito da resenha, parabéns. Beijocas.

    ResponderExcluir
  8. Já tinha ouvido bons comentários a respeito dessa distopia, mas nunca tinha procurado mais a respeito dela. Achei interessante essa atmosfera peculiar que o autor deu ao livro, parece meio tosco, mas original. Eu achei bizarra não só o cachorro, como tudo no livro. Parece ser meio sem próprosito deifnido, mas talvez lendo ele revele ser algo totalmente diferente. Assim veremos, se tiver oportunidade pretendo ler sim!

    ResponderExcluir
  9. Oi Karini, tudo bom? (((:
    eu sempre tenho o mal hábito de julgar um livro pela capa, e vou te dizer, se tivesse feito isso com "O Motivo" com certeza me arrependeria.
    Não conhecia o livro e essa foi a primeira vez que li algo sobre. Adooorei a sua resenha! Isso do cachorro falar é algo meio estranho mesmo, mas me lembrou "Up! Altas Aventuras" sabe? o filme da disney? ashduahsdiuhasiudhuasdhiuasd
    Um mundo só de homens? fico pensando se isso é bom... mas deveria ser uma bagunça também né? Além de ser um mundo distópico, ainda não tem nem a ajuda feminina pra dar um ar decente pra esse mundo u_u ashduahsiduhadhiusd. Ok, acho que to muito engraçadinha, mas enfim... Achei a história muito interessante, e mesmo parecendo um pouco maluca eu fiquei com vontade de ler *u*
    Muuuuitíssimo obrigada por me apresentar esse livro, que já foi para a minha lista de desejados do skoob ^-^


    Beijinhos! :*
    www.inconstantecontroversia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Parece bem interessante mesmo esse livro!!! Adoro distopias e essa ainda tem coisas paranormais ao que me parece então deve ser muito instigante de ler!!!

    Bjsssssssss

    ResponderExcluir

© MIX LITERÁRIO- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por