Resenha: O Menino da Mala / Nina Borg - Livro 01 - Lene Kaaberbøl, Agnete Friis


“Você adora salvar as pessoas, não é? Bem, aqui está a sua chance.” Mesmo sem entender o que sua amiga Karin quer dizer com isso, Nina atende seu pedido e vai até a estação ferroviária de Copenhague buscar uma mala no guarda-volumes. Dentro, encontra um menino de 3 anos nu e dopado, mas vivo.Chocada, Nina mal tem tempo de pensar no que fazer, pois um brutamontes furioso aparece atrás do garoto. Será que ela está diante de um caso de tráfico de crianças? Sem saber se deve confiar na polícia, ela foge com o menino e vai à procura de Karin, a única que pode esclarecer aquele absurdo.Quando descobre que a amiga foi brutalmente assassinada, Nina se dá conta de que sua vida está ameaçada e que o garoto também precisa ser salvo. Mas, para isso, é necessário descobrir quem ele é, de onde veio e por que está sendo caçado.Neste primeiro livro da série da enfermeira Nina Borg, vendido para 27 países, as autoras Lene Kaaberbøl e Agnete Friis apresentam uma heroína que luta contra seus demônios e busca fazer justiça em meio à crueldade e à indiferença do mundo.


Editora: Arqueiro

Ano: 2013
Edição: 1
Páginas: 256
Nota: 4

A história tem início quando Nina Borg recebe uma ligação de sua amiga pedindo que vá buscar uma mala em um armário da estação ferroviária. O que ela não esperava.. Era encontrar um menino desacordado dentro desta mala e muito menos se envolver em uma rede de intrigas e conspirações inimagináveis!

"A mala não estava trancada a cadeado,
apenas protegida por dois fechos metálicos
e uma correia resistente. Mesmo com as mãos
trêmulas - uma delas dormente por causa do peso
carregado de tão longe -, ela conseguiu abri-la.
O susto foi tão grande que ela caiu para trás..
Dentro da mala havia um menino nu."
Pág. 5

Nina volta à estação, porém encontra um homem enorme fazendo um auê e agredindo o segurança da ferroviária, com isso ela larga tudo.. Marido, trabalho e etc. com medo do que possa acontecer ao menino se o entregá-lo a pessoas erradas. 
Nina vai à busca de sua amiga para entender o que está acontecendo e ao chegar ao local onde sua amiga deveria estar esperando, a encontra morta. Nina não vê outra saída a não ser continuar fugindo.. E buscando uma forma de ajudar o pobre menino que encontrou!

A escrita do livro nos faz sentir curiosidade e seguir adiante no intuito de desvendar com Nina o que há por trás desta inocente mala que transformou sua vida e a fez correr contra o tempo! Temos no decorrer da leitura o ponto de vista de vários personagens o que facilita ainda mais conhecer intimamente cada um deles!

É um tanto quanto assustador imaginar que você pode a qualquer instante, como mãe, acordar sem seu filho que foi arrancado de você e ainda descobrir que estava em coma alcóolico sem mesmo beber uma gota de álcool sequer!
O final da história é previsível, porém nem mesmo assim tornou a história menos interessante!

Para aqueles que assim como eu estão saturados de séries, sagas, trilogias.. Informo que apesar de este ser o primeiro livro de uma série.. O menino da mala termina aqui! O próximo livro irá retratar uma nova aventura.

6 comentários:

  1. Oiiiiiiiiiiii
    Achei super interessante a capa
    e a história parece ser bem legal!

    Bjooooooooooooos

    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi, :)

    Acho que, de primeira não teria sido atraída pela capa ou até mesmo pela sinopse desse livro. Mas, podeis de ler sua resenha, acho que deve ser uma boa história.

    Quer dizer, mesmo que você tenha dito que o final é previsível, acho que o rumo da história não parece ser. Só pela resenha já fiquei curiosa! :D

    E, depois de tantas séries que estou seguindo como você, acho que seria bom um livro com fim mesmo =P

    ~> Beijusss...;*

    ResponderExcluir
  3. Ai eu acho que eu iria chorar (Apesar de você não mencionar choros durante a leitura) o tema me parece muito escuro e triste. Não consigo nem imaginar a situação de encontrar uma criança dentro de uma mala O.O
    Pelo menos o livro é único \o/ Vou ler!

    Beijos,
    Jhey
    www.passaporteliterario.com

    ResponderExcluir
  4. Parece ser muito legal, e até pelo fato de a trama parecer um pouquinho triste, parece ser muito envolvente. A minha dúvida seria se eu conseguiria superar o fato de o segundo ser outra história, eu me prendo demais hehe

    ResponderExcluir
  5. A Karin morreu :o Que pena que o final é previsível, porque realmente odeio mas se não deixa a leitura menos interessante... E a Nina largou tudo, nossa.. fiquei curiosa para saber por que aquela criança estava lá.

    ResponderExcluir
  6. A premissa do livro é interessante, mas eu acho que não conseguiria ler algo assim. Não curto muito esse tipo de história super dramática e que chega a dar aflição enquanto lemos. Prefiro uma coisa mais leve e descontraída.
    Ainda assim, acho que deve ser uma boa leitura pra quem está cansado das publicações "mais do mesmo" e quer dar uma variada ((:

    Beeeijinhos :*
    www.inconstantecontroversia.blogspot.com

    ResponderExcluir