Resenha: A desconstrução de Mara Dyer - Michelle Hodkin

Um grupo de amigos... Uma tábua ouija... Um presságio de morte. Mara Dyer não estava interessada em mensagens do além. Mas para não estragar a diversão da melhor amiga justo em seu aniversário ela decide embarcar na brincadeira. Apenas para receber um recado de sangue. Parecia uma simples piada de mau gosto... até que todos os presentes com exceção de Mara morrem no desabamento de um velho sanatório abandonado. O que o grupo estaria fazendo em um prédio condenado? A resposta parece estar perdida na mente pertubada de Mara. Mas depois de sobreviver à traumática experiência é natural que a menina se proteja com uma amnésia seletiva. Afinal, ela perdeu a melhor amiga, o namorado e a irmã do rapaz. Para ajudá-la a superar o trauma a família decide mudar para uma nova cidade, um novo começo. Todos estão empenhados em esquecer. E Mara só quer lembrar. Ainda mais com as alucinações - ou seriam premonições? - Os corpois e o véu entre realidade, pesadelo e sanidade se esgarçando dia a dia. Ela precisa entender o que houve para ter uma chance de impedir a loucura de tomá-la....


Editora: Galera Record
Ano: 2013

Edição: 1
Páginas: 378
Tradutor: Mariana Kohnert
Nota: 


Estava muito curiosa com esse livro e ansiosa para o início da leitura. Tão logo peguei-o em mãos fui logo conferir o que a Galera Record havia trazido de novo.
A desconstrução de Mara Dyer é um livro que posso caracterizar como diferente, pois mesmo havendo o quesito sobrenatural ele conseguiu ser diferente de outras leituras que eu já fiz!
Bora conhecer?


Meu nome não é Mara Dyer, mas meu advogado disse 
que eu precisava escolher alguma coisa.. Sei que ter 
um nome falso é estranho, mas confie  em mim: é a coisa 
mais normal a respeito da minha vida no momento. 
Até mesmo contar tudo isso a você provavelmente 
não é sensato. Mas sem minha enorme boca, ninguém 
saberia que em algum lugar por aí há uma aluna mediana 
com uma trilha de cadáveres nas costas. É importante 
que você saiba, para que não se torne o próximo.



Com esse relato um tanto quanto macabro damos início a leitura. Mara é uma jovem com uma vida comum como a de qualquer adolescente, com uma melhor amiga de infância, um namorado e etc. Porém tudo muda ao acordar no hospital e receber a notícia que foi vítima de um acidente onde sua amiga, namorado e irmã do namorado morreram e ela saiu quase ilesa, enquanto seus amigos não tiveram a mesma sorte. E para piorar ainda mais a situação Mara não se lembra de nada do que aconteceu e ninguém mais além dela pode de fato desvendar o que está por trás do desabamento do sanatório onde visitaram no dia do aniversário de Rachel, a fim de atender ao capricho da amiga, que achou que seria divertido fazer algo diferente e estar em um local sinistro deixando seus nomes no quadro negro da instituição!

Mara não consegue aceitar a morte de sua melhor amiga e mais ainda o fato de não lembrar-se de nada. Está tendo alucinações e sua família cogita interná-la. Na tentativa de que possa se curar, Mara pede a sua família que se mudem, pois não consegue estar nos lugares por onde Rachel esteve com ela e acredita que uma mudança poderá ser a solução para suas alucinações. Ledo engano!
Pois ao mudar de cidade tudo começa a piorar ainda mais. Mara irá para uma escola particular onde as pessoas parecem odiá-la incluindo uma de suas professoras. Só consegue fazer um amigo e está sendo "perseguida" pelo garoto mais desejado da escola. Ela jura odiá-lo, mas na verdade vai se apaixonando por ele pouco a pouco e o mesmo tem a impressão de já tê-la visto antes. Para dar um pouco mais de sombra a história, o pai de Mara, assume um caso de assassinato onde o seu cliente supostamente matou uma adolescente da escola onde estuda.

Mara vai tendo diversas alucinações onde nós, leitores, ficamos confusos no que é realidade e no que é fruto de sua imaginação. E no meio dessas alucinações ela começa a lembrar-se do que aconteceu na noite em que seus amigos morreram. É simplesmente sufocante tudo que acontece com Mara e para piorar ela deseja com todas as suas forças que um indivíduo que maltrata uma cachorra morra, e logo em seguida eis que o mesmo aparece morto, conforme ela imaginou.. Isso a deixa transtornada, mas não entra a fundo nisso, pois pode ser que seja mais uma loucura de seu estado traumatizado. Porém quando sua professora também morre exatamente como imagina, ela começa a ficar muito assustada e imaginando que as mortes podem ter sido cometidas por ela! 
No meio dessa confusão toda, Noah, o carinha "tudodebom" da escola está cada vez mais cercando Mara e querendo ter algo com ela. Em uma rixa entre Ana (a menina que tem recalque por ter sido desprezada por Noah) e Mara, Noah a defende e insinua que Mara e ele estão juntos.. E aí realmente eles começam a se ver e se envolver ainda mais. Em dado momento Noah aparece na casa de Mara de madrugada dizendo que seu irmão mais novo foi levado e que ela precisa confiar nele e juntos irem atrás de seu irmãozinho.

A história fica o tempo todo com esse clima de mistério que deixa o leitor ansiando por saber o que é real e o que é loucura da cabeça de Mara. E seguimos em "desespero" até a última página!

A autora conseguiu criar uma história diferente de todas que li anteriormente, que envolve o drama da morte de pessoas queridas, revelações bombásticas e seres sobrenaturais com poder de matar ou curar. Assim como certo "misticismo", que envolve atividades estranhas por parte de personagens que aparecem e desaparecem como se nunca tivessem entrado na história!

Imagina você estar passando por uma situação como a de Mara? É assustador e inimaginável.. E principalmente saber que poderá ser você o culpado pela morte de sua melhor amiga e também de outras pessoas? Assim, pelo simples desejo da mente?
Sinistro!

Eu comecei a história sabendo que teria continuação, mas fiquei muito aborrecida, pela autora ter deixado tantas pontas soltas! Queria ter tido mais algumas respostas. E o que acontece no final do livro me deixou ainda mais confusa e intrigada.. Com mais perguntas do que respostas!

O livro é muito bom! Mas mata esperar pela continuação.. Essa história é uma dessas que te deixa tão louco para saber das coisas que certamente ficarei arrancando os cabelos até que a Galera lance a sequência! Quem é ansioso como eu, aconselho aguardar o próximo volume, para só então ler A desconstrução de Mara Dyer!

6 comentários:

  1. Me deu uma vontade enorme de ler esse livro agora. E olhe que eu não conhecia ele.
    Mistério... AMO
    Beijos, Ariane
    www.diariodostreze.blogspot.com (visita??)

    ResponderExcluir
  2. Oi,

    Meu Deus, preciso desse livro! *---------*

    Tem tudo, tudo o que estou procurando em um livro; mistério, sobrenatural, um toque do 'sinistro', um romance (que não pode faltar)... já prevejo muita loucura pela continuação; não sabia que iria ter uma =O

    Amei esse trechinho... quer dizer, como abandonar um livro que começa assim? *-* rs' Gostei também das alucinações, quero ver quão realisticamente a autor vai lidar com elas *----*

    Suspiros por esse livro, sério :D rs'

    Otima resenha o/

    ~> Beijusss...;*

    ResponderExcluir
  3. Uauuuuuuuuuu arrepiou essa resenha viu?!
    Fiquei curiosíssima pra lê-lo
    Procurando JÁ!

    Bjoooooooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. OOOOOOOH "Necessário, esse livro é necessário"
    Parece bastante diferente, e para ser sincera, incrível! Vou procura-lo.
    Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  5. omgg que livro louco, gostei muito da resenha mas não sei se eu teria coragem para ler, porque eu ia ficar meio sei lá em não saber o que é real e o que é loucura de Mara.. mas amo mistérios e também sou ansiosa igual a você.

    ResponderExcluir
  6. Já tinha visto esse livro em outros blogs, mas nunca tinha parado para ler a resenha. Me surpreendi. Mesmo sendo uma história TOTALMENTE macabra e sinistra, e mesmo eu detestando tudo que é macabro e sinistro, eu devo dizer que fiquei interessada na leitura *----* ashdaushdiuahiudad. Sim, por mais confusão do que esclarecimento que toda a história e inclusive o fim possam causar, a sua resenha conseguiu despertar a minha curiosidade e o meu lado apreciador de leituras confusas u_u asidhiuashduhasid.
    Porém, como você disse, para pessoa ansiosas fica difícil ler um livro com continuação ainda não lançada, ainda mais quando o primeiro volume termina com muitas pontas soltas. Sou uma pessoa extremamente ansiosa, então eu vou esperar pelo lançamento do segundo volume para poder me aventurar em "A Desconstrução de Mara Dyer" ((:

    Beeeeijinhos e um ótimo final de semana! :*
    www.inconstantecontroversia.blogspot.com

    ResponderExcluir