Resenha: Invisível ao toque - Nat Bespaloff


Atormentada pelas lembranças de uma relação amorosa que acabou mal, Svek, uma jovem de 20 anos e apaixonada por esportes radicais, foge de relacionamentos sérios e abomina tudo o que diz respeito a sentimentos. Enquanto isso, tem sonhos recorrentes e bastante vívidos com uma garota chamada Victória, em cuja pele se vê transportada a cenários de séculos passados, em situações de extremo perigo. Nesse momento de confusão, Svek conhece o enigmático Zac, que consegue despertar nela pensamentos até então inexistentes. Ela acaba descobrindo o amor na figura de uma pessoa estranhamente familiar. Um sentimento transformado em uma maldição que resistiu aos séculos, em que a despedida e a renúncia representam o maior gesto de compaixão e coragem. Invisível ao Toque é uma história intensa, romântica, emocionante e, ao mesmo tempo, divertida, graças à habilidade com que a autora consegue imprimir o seu estilo bem-humorado em diálogos e pensamentos.
Publicação independente
Ano: 2013
Edição: 1
Páginas: 248
Avaliação: 3

Esta linda obra é a estréia literária (e independente) da corajosíssima Nat Bespaloff que mora aqui no Brasil, em São Paulo, saiba mais sobre a autora e o livro no site: http://www.natbespaloff.com.br

Impossível não deliciar-me com a leitura super fluente que foi "Invisível ao toque", com uma escrita simples e direta e uma diagramação bem caprichada, a leitura levou-me a uma viagem agradável e romântica.

Svek a protagonista da estória e principal narradora, é engraçada, talentosa e muito teimosa. Zac é inteligente, lindo, apaixonante e apaixonado. Mas a personagem que mais me encantou foi a mãe de Svek, nossa, ela parece muito com a minha, rsrs.

Como vocês viram aí em cima, Svek é a principal narradora da estória, mas, em alguns momentos, o ponto de vista de Zac também é mostrado, e lá pro finalzinho temos uma narradora surpreendente (olha o suspense), me confundiu mas ADOREI!

Svek é atormentada por sonhos muito vívidos de uma das suas vidas passadas onde um romance proibido e catastrófico marcou sua alma, esse é o grande gancho da estória, por que ela tem esses sonhos? Só lendo pra descobrir, mas vou lhe instigar um pouco mais... Cenários repletos de detalhes são construídos, independente da época que está sendo narrada. Diálogos engraçadíssimos são mostrados, amizades verdadeiras também têm seu momento e o amor... aaaa o amor - tudo que eu escrevi continha spoiler, então apaguei, me desculpem, mas vou simplificar com: - vale a pena!

Agora uma pergunta minha: CARA NAT BESPALOFF, POR QUE colocaste o nome da protagonista de Svektlana? O.o

Acabo por aqui destacando novamente que adorei a diagramação do livro e os modelos fotográficos escolhidos para representarem os protagonistas. 

Agora um agradecimento especial a autora pelo capricho do autógrafo com uma linda caricatura. <3

9 comentários:

  1. Eu preciso desse livro *-------*

    Vi umas frases dele por ai que só aumentaram minha ansiedade pra ler, acho que vai ser uma leitura incrível, ainda mais com esse bom humor que eu não sabia que tinha... preciso muito ler :)

    Ótima resenha, só me deixou mais curiosa - o que foi um pouco cruel O.o' rs'

    ~> Beijusss...;*

    ResponderExcluir
  2. A capa é linda demais!!!
    Eu não consegui pronunciar o nome da protagonista "Svektlana" haha! Que bom que tem suspense, tou com muita vontade de ler <3
    Adorei a resenha :)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Esse nome é horrivel mesmo ''Svektlana'' kkkkkkkkk até mesmo para gravar um nome desse é complicado rs
    Adorei a resenha, vc me fez ficar super mega e hiper curiosa que maaaaldade :P Adoro livros com um pouco de suspense.

    ResponderExcluir
  4. Gostei da temática e essa capa é muito linda!
    Svektlana é um nome estranho mesmo, nesse momento estou tentando as várias pronuncias dele rsrs
    Fiquei curiosa com a caricatura, posta uma foto!

    ResponderExcluir
  5. Nossa fiquei muito curiosa para lê-lo, já me chamou a atenção pelo o título e pela capa maravilhosa que ele tem. Svektlana é nome? hahaha... a que ponto chegamos!

    Beijos,
    http://rosa-amarelo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá! Não conhecia o livro e fiquei curiosa com a história! A capa é lindíssima, e que nome é esse gente? como se fala isso? haha...

    Beijos,
    lovesbooksandcupcakes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oii, fiquei super curiosa com o livro, a sua resenha foi o máximo!
    Beijos, beijos

    ResponderExcluir
  8. O sobrenome da autora também é complicadinho, kkkkkk.

    ResponderExcluir
  9. Bem complicado esse nome rsrsrs a capa é lindíssima e gostei bastante dá resenha!!!.sucesso a autora!!

    ResponderExcluir