Resenha: Licor de Dente-de-Leão - Ray Bradbury


Para a maioria das pessoas pode ser óbvio, mas será que elas já se perguntaram se estão realmente vivas? Essa questão é o ponto de partida do memorável romance de Ray Bradbury e o momento que marcou o início do verão de 1928 na vida do protagonista Douglas Spaulding, de doze anos. Na cidadezinha de Green Town, no interior dos Estados Unidos, alguns personagens extraordinários se unem nesse verão tão especial na vida de Douglas: o inventor que redescobriu os prazeres da vida ao construir a Máquina da Felicidade; o jovem repórter que se apaixonou por uma idosa de 95 anos; o contador de histórias que conseguiu falar com o passado telefonando para um lugar distante.

Este é um livro poético que retrata a história de Douglas, um menino de 12 anos no verão de 1928. Em uma cidade chamada Green Town, a história narrada por Ray Bradbury vai ganhando forma mostrando personagens nada comuns e um clima nostalgico talentosamente delineados!

As descobertas de Douglas, a personalidade dos personagens, bem como o tema escolhido, me encantaram e me transportaram para o mundo retratado por Ray Bradbury, pois não foram somente relatos de descobertas e vivência, o autor introduziu toda uma poesia e fantasia que me encantaram! Pude sentir cada descoberta junto com o personagem e me emocionar verdadeiramente!

Douglas passa por várias fases, momentos esses que cada um de nós vivenciou conforme vamos crescendo e amadurecendo; e o autor Ray Bradbury tem um toque especial ao retratar essas mudanças e descobertas na vida de Douglas. O toque do autor cria toda uma atmosfera fantástica, mesmo em se tratando de um tema até então que deveria ser comum e batido. A escrita do autor encanta e me fez refletir sobre muitos momentos que eu mesma vivi ao longo dos meus vinte e oito anos.

Este é um livro para ser degustado calmamente em um dia de chuva que acaba nos remetendo a momentos nostálgicos e viajar pelas lembranças passadas!

Recomendo a leitura para leitores sensíveis e que se permitem envolver por uma história que mistura realidade e fantasia e uma delicadeza sem igual!


Edição: 1
Editora: Bertrand Brasil
ISBN: 9788528615494
Ano: 2013
Páginas: 266
Tradutor: Ryta Vinagre

4 comentários:

  1. O Ray Bradbury é meu autor favorito de todos os tempos!!!! Adorei ler a resenha, ainda não li O licor de Dente de Leão, mas só por dele já imagino que seja maravilhoso.
    Beijos :)

    ResponderExcluir
  2. Oi, :)

    Não tinha ouvido falar do livro, mas a sensibilidade que parece rondar a história, já me atraiu *---*

    Achei a sinopse interessante e modo coo falou da história me deixou curiosa também.

    ~> Beijusss...;*

    ResponderExcluir
  3. Eu não dava nada pela capa do livro... Mas amei a resenha!!!
    Fiquei bem curiosa com a história, parece mesmo ser bem tocante e sensível...

    ResponderExcluir
  4. A capa é divina e eu sou dfinitivamente uma leitora sensível. ENtão acho que é uma combinação bem fácil de dar certo, não digo que coloquei em minha lista de desejados, mas estou cogitando.

    ResponderExcluir