Resenha "Sombra" Livro 2 - Elena P. Melodia



No segundo capítulo da trilogia da escritora italiana Elena P. Melodia, que terá seu desfecho com o livro Luz, a trama segue, envolta por mistérios, a todo vapor. Logo nas primeiras páginas, Alma recobra a consciência no piso de madeira de uma papelaria. Incrédula, com a cabeça doendo, a protagonista depara-se, a seu lado, com o corpo morto do velho dono da loja. Não há dúvidas: trata-se da nona vítima dos Master, criaturas saídas de um mundo maléfico que lançam sua sombra sobre a cidade. A jovem não tem outra saída a não ser fugir. Morgan, o enigmático rapaz de olhos cor de violeta, o único que parecia compreendê-la, não está ao seu lado e seu paradeiro é desconhecido. Sem ele, a protagonista sente-se perdida. E questiona-se sobre quando foi a última vez que se sentiu feliz e como é possível que, aos 17 anos, nunca tenha se sentido atraída por alguém antes de Morgan. As respostas estão relacionadas à sua própria identidade e natureza. Alma não decifra a fotografia de uma menina absolutamente idêntica a ela e se pergunta: seria apenas uma sósia ou algo mais sinistro? Os mistérios não se encerram por aí. Morgan, seu confidente desaparecido, ressurge. Ele marca um encontro com a amiga num esconderijo subterrâneo debaixo de um velho aqueduto. Teria algo a ver com os assassinatos que ocorrem na cidade? Ou com as vozes na cabeça de Alma? O que a jovem não espera é que todos os mistérios ao redor, que a intrigam e amedrontam, são indícios de algo ainda mais surpreendente e que apontam para a própria origem de Alma e de seu amigo. 

Começo comentando sobre a capa. Apesar da capa de “Sombra” ser muito mais bonita do que a do livro “Escuridão” (a segunda edição), ainda não me convenceu.  Se no primeiro livro eu reclamei que não tínhamos muita informação sobre a trama principal, em “Sombra” a autora conta tudo e mais um pouco. Conforme descrito na sinopse, logo no início Alma encontra-se em uma situação séria, e sua única saída é fugir. Infelizmente, ela não pode contar com a única pessoa em quem confia: o Morgan, pois ele se torna ausente por um bom tempo na trama.

As amigas de Alma ainda lutam contra os seus demônios pessoais, cada uma delas sofrendo a sua maneira. Mas um novo mistério aparece no caminho de Alma: em uma excursão escolar, Alma vê um retrato de uma pessoa idêntica a ela e começa a investigar quem poderia ser. Será que Alma tem uma irmã gêmea? Será que é adotada? Foram separadas ao nascer? Esse é um dos mistérios que Alma irá responder em “Sombra”.

“A jovem filha de Markos, Larissa, tinha acabado de completar 17 anos na noite em que resolveu dar cabo da própria vida, junto com três amigas. Era dia 18 de setembro, e, quando o fotógrafo voltou da inauguração de uma exposição de suas fotos, encontrou os corpos das quatro meninas mortas, deitadas no chão de seu quarto”. 
(p. 32)

Quando Morgan reaparece, ele vai levar Alma ao esconderijo subterrâneo e lá ele irá explicar para ela detalhadamente a sua origem. E finalmente, eu descobri porque a trilogia se chama My Land! A explicação é ótima, coerente e me fez entender algumas ações dos personagens no primeiro livro, inclusive deu uma explicação lógica para os pesadelos e o caderno da Alma. Amei.

O único detalhe que deixou a desejar em minha opinião é o relacionamento do Morgan com a Alma, que me decepcionou nesse livro. 
Encontrei alguns erros de digitação, mas nada que atrapalhasse a leitura.
E claro, a Lina mais uma vez surpreende no livro.  Estou ansiosa para saber o que vai acontecer com ela em “Luz”.
Espero que tenham gostado da resenha.



ISBN: 9788581050003
Livro – Sombra
Autor (a) – Elena P. Melodia
Editora: Suma de Letras
Edição: 1
Ano: 2011

Páginas: 340
Avaliação: 3

7 comentários:

  1. Carol ;)

    Tenho sérios problemas com as capas dessa trilogia! Gostei bastante dos pontos levantados na resenha! Acho que não leria. haha

    Abraços,
    Igor Gouveia
    www.diariodebordodeumleitor.com
    (Espero seu comentário lá)

    ResponderExcluir
  2. Eu não tenho nenhum vontade de ler essa trilogia, então não sei muito o que falar :( Não chama minha atenção mesmo!

    ResponderExcluir
  3. Meu interesse pela série diminuiu um pouco, quem sabe mais para frente...
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  4. Eu li o primeiro livro, mas não é uma história q eu pretendo continuar lendo, pode ser q seja bem melhor nos próximos e tal, mas eu realmente não sei. O fato é q odeio essas capas *-----*

    ResponderExcluir
  5. Nunca tinha visto nada sobre a trilogia e quando fui pesquisar esses livros me surpreendi. Que capas mais feias.
    A história não parece de todo mal, mas não me chamou a atenção. Talvez eu leia mais pra frente...

    ResponderExcluir
  6. Oi,

    Eu já vi resenhas sobre a série... mas tenho algo muito sério contra essas capas ¬¬' rsrs'

    Eu não sei muito o que pensar da história, já ouvi comentários na mesma intensidade os positivos e negativos... me dividiram O.o' rsrs'

    Mas,quem sabe confira ;)

    ResponderExcluir
  7. A sinopse até q me atrai, mas o resto da história não convence.... Não sei se leria essa trilogia...

    ResponderExcluir