Resenha | Áurica - Gina Rosati


Anna Rogan é uma garota aparentemente normal, mas esconde um grande segredo: ela consegue sair do corpo e fazer viagens astrais. Quando ocorre um acidente fatal, Taylor, uma colega de escola, toma posse do corpo de Anna e passa a viver como se fosse ela, ameaçando transformar o incrível passatempo num verdadeiro pesadelo. Diante da perspectiva de ficar presa no vácuo e nunca mais ser vista, ouvida ou tocada, Anna resolve pedir ajuda a seu melhor amigo, Rei. Agora os dois têm não só que recuperar o corpo de Anna como também impedir Taylor de acusar um amigo em comum de ser responsável pela sua morte. Juntos, Rei e Anna arquitetam um plano para salvar o amigo, mas são surpreendidos pela paixão que começa a brotar entre eles.

Editora: Jangada
Ano: 2013
Páginas: 304
Tradutor: Denise de C. Rocha Delela
Avaliação: 3

Esperava bem mais... Esse foi meu primeiro pensamento quando virei a última página desse romance paranormal.

Anna tem problemas de família, pai alcoólatra e mãe ausente, seu porto seguro é Rei, seu amigo de infância, cara lindo, educado, inteligente, tem uma vida financeira estável, mesmo ainda morando com os pais, é forte, alto, cuida da irmã caçula com total adoração, ou seja, o Rei é perfeito.

O lance é que Anna consegue fazer viagens astrais, projeção astral, como eu pude entender, ela simplesmente deixa o corpo e viaja para todos os lugares (faz pesquisas na internet do que está acontecendo, qual o fenômeno climático, astral, animal ou terrestre que está preste a acontecer, e simplesmente parte pra lá pra presenciar de "alma e energia"), e é assim que ela "perde" seu corpo, enquanto ele não estava ocupado, uma recém morta se apossa do corpo desabitado e vivo de Anna e começa a viver sua vida, e essa "recém morta" é, nada menos que Taylor, a patricinha, mais fútil e diabólica da escola.

Agora o objetivo de Anna é recuperar a própria vida antes que Taylor, em seu corpo, acabe com tudo.

E é isso, a estória não tem muito mais, eu senti uma imensa falta de "pesquisa" por falta da autora, fico triste quando essas pessoas tem um gênero tão bacana, um dom de escrever de maneira fluente para o leitor e simplesmente joga sua estória de qualquer jeito... Fico realmente frustrada. A temática tinha tudo pra ser um bom referencial de projeção astral, mas simplesmente falta mais sobre projeção astral, porque eu tenho certeza, não é só conseguir sair e voltar do corpo em espírito.

Então vocês me perguntam se eu não gostei, gostei sim, mas pra mim, foi mais um, ou menos um, ou seja, não marcou nem me fez perder tempo... Foi uma leitura de entretenimento agradável, mas somente isso...

Eu espero que vocês LEIAM e tenham mais sorte. ;)

5 comentários:

  1. Eu estou tentando baixar as expectativas, mas está difícil... Sou apaixonada por essa capa!!!
    Eu quero muito ler!!!!

    ResponderExcluir
  2. Eu li a sinopse e já pensei "preciso ler esse livro" , que pena que você não gostou muito porque o livro tinha tudo pra ser perfeito.
    Mesmo assim espero ler em breve *-*

    ResponderExcluir
  3. Caramba, é difícil acreditar que um livro com uma capa linda e uma premissa tão boa possa ser mais ou menos. É isso que uma boa capa faz com a gente...

    ResponderExcluir
  4. Ruim não é? Quando terminamos uma leitura e tanto fez como tanto faz rsrs nem ótima e nem péssima (Morna rsrs)
    Eu coloquei ele na lista pois fiquei curiosa quanto a ela sair do corpo (mas pelo visto me desapontarei) já que a autora não explica muito :P vou ler e vê o que acho ^^

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Que capa mais linda! Pena que, pelo que você disse a história decepciona, né? =/

    Também odeio ver esse tipo de desperdício, ainda mais quando é assim; a autora tem uma ótima história na mão e, ou escreveu sem se aprofundar no assunto, ou se perdeu durante a escrita. Dá até uma tristeza isso... desperdício é a palavra que me vem a mente.

    Capas lindas me enganando de primeira, mais uma vez o/ kkk'

    ~> Beijusss...;*

    ResponderExcluir