Resenha || Amor contra o Tempo - Myra McEntire


Emerson Cole sempre achou que algo estava errado com ela. Quando passou a ver pessoas deslocadas da realidade - que eram, na verdade, projeções do passado - e que, ao tentar tocá-las, elas desapareciam como fumaça, Em teve certeza. E então vieram os remédios, a depressão, o colégio interno. Agora que seu período no internato chegou ao fim e ela está de volta ao lar, Emerson vê sua sensação de paz prestes a desmoronar. Alguns fantasmas não estão mais desaparecendo com um simples toque. E com a chegada de Michael Weaver, o consultor de uma misteriosa organização que promete ajudá-la a se libertar dessa condição, um simples toque poderá condicioná-la a algo ainda mais perigoso: a paixão.
Editora: Galera Record
Ano: 2012
Edição: 1
Páginas: 368
Tradutor: Rodrigo Abreu 
Avaliação: 5/5 ♥


Sensacional! “Amor contra o tempo” é um livro de tirar o fôlego e de lhe deixar de pernas bambas.

O livro traz a historia de Em uma garota de 17 anos que passa a ver “espíritos” - que eram na verdade, projeções do passado. As visões tiveram início alguns meses antes da morte de seus pais. Com o trauma pela morte dos pais vieram a internação, os remédios, a depressão e por fim o colégio interno.  Agora com o fim da bolsa de estudos ela está de volta ao lar. Entretanto Emerson vê sua sensação de paz prestes a desmoronar seus “fantasmas” não estão mais desaparecendo com um simples toque. Mas tudo muda com a chegada de Michael Weaver, o consultor de uma misteriosa organização chamada Hourglass que promete ajudá-la a se libertar dessa condição, porém, Em tem certeza que Michael é só mais um a iludi-la com curas que não existem só que tudo muda quando ele diz que consegue ver as projeções também.

Esse é o romance de estréia de Myra que traz como tema principal: Viagem no tempo.
O assunto é inserido aos poucos, o leitor vai tomando conhecimento dos fatos na mesma proporção que Em tornando fácil a compreensão. O que mais me agradou foi porque tudo aconteceu no momento certo, o romance já imaginado pelo leitor entre Emerson e Michael é apaixonante. Os dois têm personalidades marcantes, Em é o tipo de personagem que lhe deixa com sede de mais, inteligente e sagaz ela é extremamente sarcástica e usa seu humor negro e agressivo como defesa para qualquer coisa que possa lhe causar dor. Já Michael é encantador e misterioso. Um personagem com toque de realidade, ele comete erros e toma decisões equivocadas na simples tentativa de acertar.

O livro é empolgante, o leitor fica vidrado, a cada desenrolar dos fatos algo novo vai sendo descoberto vai se criando uma atmosfera de suspense e mistério. Myra proporcionou uma leitura eletrizante com um enredo construído com tamanha riqueza que se torna impossível não desejar por mais. “Amor contra o tempo” é um livro recomendadíssimo. MUST READ!!! Extraordinário!!!

Ah antes que eu esqueça: LEIAM ESSE LIVRO!!!

Resenha:Eu sei o que você está pensando - John Verdon



 Sinopse

Uma carta perturbadora chega via correio com uma simples declaração ao final: "Veja como conheço seus segredos - apenas pense em um número." Errará quem pensar que uma carta dessas chega a seu destino final apenas por obra do acaso. Para o detetive aposentado da polícia de homicídios da cidade de Nova York, Dave Gurney, que está formando uma nova vida ao lado de sua esposa Madeleine, as cartas começam a deixar de ser estranhas para se tornarem um complicado quebra-cabeça que levará a uma enorme investigação sobre assassinatos em série. Trazido para o caso como consultor, Gurney em pouco tempo percebe pistas que a polícia local deixou passar. Ainda assim, diante de um oponente que parece ter o dom da clarividência, Gurney vê seus esforços irem em vão, seu casamento rumando a um precipício e, finalmente, um medo incontrolável de que seu adversário não pode ser parado.


Este é o primeiro livro da Série Dave Gurney de John Verdon. Um livro extremamente inteligente capaz de deixar o leitor preso a suas páginas do início ao fim. E para os amantes de um bom policial, esse é daqueles livros que te marca, que te faz pensar nele mesmo depois de ter terminado a leitura.


"Você acredita em destino? Eu acredito, porque achei
que nunca iria vê-lo de novo, até que um dia...
ali estava você. Tudo voltou: o modo como você fala
como se mexe - e, acima de tudo, como pensa.
Se alguém lhe dissesse para pensar em um número,
sei que número você pensaria. Não acredita? Vou provar.
Pense em qualquer número de um a mil - no primeiro
número que lhe vier a mente. Visualize-o. Agora veja
como conheço seus segredos.
Abra o envelope pequeno."
(pág.22)

  


Dave Gurney é um policial aposentado que desvendou grandes casos envolvendo as mentes mais afiadas do crime. Com isso ele tornou-se lendário.
Em sua aposentadoria, tenta levar uma vida calma e fazer algumas das vontades de sua esposa. Em um casamento que já não é lá essas coisas, ele vai levando seus dias.. Envolveu-se com  um novo trabalho, o de capturar através de fotografias a alma dos criminosos, com isso tem suas imagens expostas em uma galeria; ele passa horas exercitando esse trabalho mesmo à contra gosto de sua esposa, que imaginou que a aposentadoria o libertaria totalmente do meio dos assassinos serial.

Até que recebe um e-mail curioso de um antigo "colega" de faculdade, Mark Mellery, alguém que o colocou em alta estima, mas que Dave não se lembra como sendo dessa forma.
Logo seu visitante chega e traz a Dave um grande mistério, alguém o está perseguindo, alguém o conhece alguém extremamente sagaz e perturbador que consegue prender a total atenção de Dave. 
Esse "lunático" é muito inteligente e faz vitimas de forma a desafiar a polícia a pegá-lo mesmo tendo a certeza de que isso não será possível e cada vez mais Dave Gurney se vê envolvido e muito curioso para desvendar quem é a mente sagaz por detrás de crimes aparentemente desconexos, mas que se ligam através da assinatura deixada pelo assassino.

Eu simplesmente amei o livro e já estou lendo o segundo da série.
Recomendo para os amantes do gênero. 

ISBN:9788580410143
Livro:Eu sei o que você está pensando
Série:Dave Gurney - Livro 01
Autor (a):John Verdon
Editora:Arqueiro
Ano:2011
Edição:1
Páginas:340
Avaliação: 5 S2
 

Resenha:A garota do outro lado da rua - Lycia Barros


Sinopse:

Enzo é um menino intelectual e aplicado nos estudos que não se importa em ser ridicularizado pela maioria dos colegas de turma. Ao lado de seu amigo Leandro, entra e sai do colégio com uma vida monótona e sem grandes emoções. Entretanto, há alguém que sempre balança a serenidade de Enzo: Rafaela, sua vizinha de frente, por quem Enzo é apaixonado desde a infância e é sua colega de turma. Porém, linda e popular entre os estudantes, Rafaela não se dá conta da sua existência até que um dia, em uma excursão do colégio, ambos se perdem juntos na mata. Rafaela e Enzo começarão a se conhecer melhor e perceberão o quanto estavam enganados a respeito um do outro. Mas será que esse conhecimento resultará em uma grande amizade? Será que o amor de Enzo sobreviverá além das aparências? Afinal, quem é verdadeiramente a garota do outro lado da rua?


Antes de começar a falar o que eu achei do livro, é importante ressaltar que o público alvo da autora é um público mais jovem (por isso tem o “teen”) na capa. Eu digo isso porque ao ler “A garota do outro lado da rua” eu tive que lembrar como eram os meus sentimentos na época da adolescência, como eu me sentia ao ver aquele garoto que eu achava bonito.  Foi com esses sentimentos em meu coração que eu dei início a leitura.  Como explica a sinopse, Enzo é apaixonado por Rafaela desde a sua infância, mas ela não tem ideia da existência do garoto. Enzo é um garoto introspectivo, muito inteligente, que entende de biologia. É aquele garoto que todos se referem como “nerd”. O interessante em Enzo é que ele é simplesmente um ser humano maravilhoso, com um grande coração, e uma maturidade um pouco além do normal para um garoto de 16 anos. Rafaela é uma das garotas populares da escola, que desde a oitava série saí com Mateus, um garoto que segundo Enzo, é um dos mais esnobes da escola. É claro que Enzo poderia estar sendo imparcial, pois nutre um amor platônico por Rafaela há tanto tempo, e nunca se interessou por mais nenhuma garota. Na verdade, nunca parou para observar quem estava ao seu redor. Rafaela, por sua vez, aprendeu desde cedo a usar a sua beleza para conseguir o que quer, e nunca pensa nas consequências que as suas “brincadeiras” podem trazer as vidas alheias. Pois bem, em uma excursão da escola, alguns bandidos resolvem abordar os jovens no meio da mata e acaba se tornando uma confusão só. No meio desse caos, Enzo segura a mão de Rafaela e começa a correr sem direção certa, o que no final das contas, faz com que os dois fiquem perdidos no meio do nada. Apesar de não ter se perdido de propósito, Enzo aproveita a situação para conhecer mais Rafaela e mostrar a ela suas habilidades de sobrevivência. E é nesse instante que Enzo percebe que existe uma grande diferença entre a garota idealizada pela qual ele é apaixonado e a verdadeira Rafaela. Rafaela também começa a avaliar suas escolhas, desde amizades e relacionamentos fúteis ao seu comportamento. É interessante observar a influência que um personagem realiza no outro, mesmo inconscientemente. O que eu achei da história? Primeiramente, a Lycia como sempre escreve de modo espetacular, com uma lição importante no final da história e sempre bem desenvolvida. Apesar do livro ser bem curtinho, eu simplesmente não consegui largar até terminar a história, pois queria saber o que iria acontecer com os dois, se eles teriam ou não um final feliz ou se Enzo finalmente iria abrir os olhos. A trama é simples, porém bem elaborada e com referências atuais. O livro é super cut cut, daqueles que você termina a leitura e faz: ahh.... Achei a capa bonitinha, mas não tão marcante quanto dos livros anteriores da autora. Quanto à diagramação, achei ótima. A editora e a toda equipe estão de parabéns. A escolha da fonte foi ótima, principalmente no meu caso que leio muito à noite. Para os leitores que estão sentindo saudades da adolescência, ou estão a procura de um livro leve, “A garota do outro lado da rua” definitivamente é uma ótima pedida!

Carolina Durães


ISBN: 9788576796459
Livro:A garota do outro lado da rua
Autor (a):Lycia BArros
Editora:Novo Século
Ano:2012
Edição:1
Páginas:115
Avaliação: 4

Resenha: Amor Inteiro – Maribell Azevedo


Sinopse:
Quando a mente se encontra na escuridão, deixe o coração ser seu guia. O amor de Marina e Daniel foi eclipsado por um trágico acidente. Ela recebeu uma nova oportunidade do destino, porém não se recorda do grande amor de sua vida. Ele está firme no propósito de reconquistá-la. O jovem apaixonado enfrentará todos os desafios que lhe forem impostos, provando através de sua perseverança e dedicação, o sentimento puro e intenso que sente por sua bailarina de longos cabelos cacheados, olhos cor de mel e pele com perfume de baunilha. Marina e Daniel um novo começo, uma nova história.

Amores, antes de tudo, tenho que dizer que esse foi o livro mais esperado de 2012. Quando terminei de ler Amor no Ninho, estava completamente ensandecida e quase surtei, precisando de uma continuação e mandei mensagem para a editora, para saber informações. Quando tive a confirmação do lançamento, fiquei três semanas sem ler, para deixar a mente descansada para esse livro. O que posso dizer ao final? Não me arrependi! O livro é SIMPLESMENTE PERFEITO!


Para quem não leu Amor no Ninho, haverá Spolier. OK? Não tenho como falar de Amor inteiro sem mencionar alguns fatos.


No final do livro anterior, Marina sofre um acidente de carro e fica entre a vida e a morte. Dan fica arrasado, desesperado e tenta a todo custo encontrar forças para superar aquele acontecimento. Quando ela acorda de um coma, está com amnésia parcial e não se lembra dele como irmão ou marido. Esse fato o deixa ainda mais arrasado com a situação. Eu terminei a primeira leitura chorando, e quase surtando, pois necessitava saber qual seria o destino desse casal.


Pois bem, no início de Amor inteiro a família decide que é melhor não contar a Marina sobre o casamento. Ela já está perdida demais e seria um choque revelar que se casou com seu irmão, de criação, assim Dan é apresentado apenas como irmão.


Durante o período que passa hospitalizada, Dan fica o tempo inteiro ao lado dela, velando, conversando e, de certa forma, tentando encontrar uma maneira de se aproximar. Marina recebe alta e vai para casa, mas continua sem se lembrar dos acontecimentos que antecederam o acidente. Dan sofre muito, pois é insuportável estar ao lado do seu amor e não poder demonstrar tudo o que sente, na medida certa. Mesmo assim ele se contém até e espera o momento propício.


A revelação ocorre durante a festa de boas-vindas e Marina fica completamente apavorada com a situação, fugindo para se trancar. Esse foi um dos momentos mais tenso e emocionante do livro. Imagina você do nada descobrir que na verdade seu irmão é seu marido? Foi algo chocante que a deixou completamente em paranoia. Nesse momento ela teve a ajuda de sua amiga Shanti e resolveu dar a oportunidade de Dan de explicar tudo. O embate foi tenso e ao mesmo tempo APAIXONANTE! Olha leitora louca perdendo o foco, mais uma vez! Mas a verdade é que AMUU o lado passional de Dan. Como queria uma declaração como essa.


“Meu nome é Daniel Charles Harrison. Sou seu irmão, amigo, primeiro e único namorado, marido e amante. Sou aquele que esperou nove anos para conhecer o gosto da sua boca e as curvas do seu corpo. Sou aquele que diante de ti em um altar jurou amar, cuidar de você, ser fiel para sempre.”  

COMO NÃO SUSPIRAR COM ISSO? GRITA VAI! PODE GRITAR QUE A MARIBELL DEIXA!  rsrsrs


A partir desse momento Dan resolve conquistar Marina, mesmo ela se mostrando um pouco arredia. Agora em um começar de novo, ele mostrar a ela, no cotidiano, porque se apaixonou tão intensamente por ele, com gestos, ações e palavras apaixonantes. O amor que estava ali, bem guardadinho, vai reacendendo, pouco a pouco, e sem perceber Marina descobre que sempre o amou. AI GENTE! MOMENTO PARA GRITAR NOVAMENTE! E PULAR! GRITA! GRITA! Gente foi muito lindo e fofo! Mari sabe como encantar como ninguém. Eu tive ódio de mim por ter que dormir, comer, ir ao banheiro e ir trabalhar. Tive muita raiva de ter que trabalhar, juro. Até o motorista de ônibus entrou na minha lista nesse dia, pois achei que dirigiu muito rápido e não me deixou terminar mais um capítulo. rsrs. Sabe quando você não consegue parar de ler e leva a vontade até a exaustão do corpo? Eu li esse livro em dois dias! Sim! Oh, desespero. Não dormir para conseguir ler tudo bem rápido. Estava ávida pela leitura.


Ai você me pergunta: Mas tudo são flores? OH, não! Nem tudo são flores, tá! Quando você achar que nada pode atrapalhar o momento lindo do casal, vem uma reviravolta daquelas de fazer o leitor surtar novamente. Mas até em conto de fadas sempre tem uma bruxa má, para atrapalhar a felicidade do casal. Só que aquele que torce pelo casal, acaba defendendo com unhas e dentes. E grita, xinga, chora e defende. NÃO! Por favor! NÃO! ISSO NÃO PODE ESTAR ACONTECENDO! EU NÃO ACEITO! EU NÃO QUERO! NÃO PODE! PQT! BRUXA SAFADA EU TE ODEIO DEMAIS! Pois é... Pois é... Pois é... Eu fiquei assim, toda nervosinha.


Não posso contar mais. Nem que você me ameace de morte, porque seria muito spoiler para um livro só, tá? Mas digo que esse é o tipo de livro de fazer o leitor dar cambalhotas, com tantas reviravoltas. Eu chorei. Quase afoguei a menina dos meus olhos, porém sou brasileira e sempre acredito nos finais felizes.


AI! Já ia me esquecendo! Nossa! Eu preciso falar de Lance e de Shanti. O que foi isso? OMG! Gente, o pegador, super, mas super, PEGADOR, acabou se tornando em um homem maravilhoso. O casal é perfeito, engraçado e cheio de jogo se cintura. Amo como Shanti sabe lidar com tudo. Ela, linda e descolada, conseguiu fisgar o maior galinha e o deixou aos seus pés. O meu super poderoso estava tão... tão... PODEROSO, nesse livro, gente. Acho que até merece um livro só para eles. Eu morri de rir com os dois. E, para variar, temos um antagonista safadinho, o irmão do Lance, que tentou estragar o lance deles. Só que Shanti é sempre a MELHOR e não deu mole para ele. Vocês vão se divertir demais com esse casal lindo. Sem falar que ela, mais uma vez, foi amigona e ajudou muito Marina.


Não posso contar mais, então se quer realmente saber sobre Amor inteiro, compre os dois livros e se APAIXONE por eles. Maribell simplesmente arrasou. Uma escrita perfeita e primorosa, além de envolver o leitor a cada capítulo e fazê-lo rir, pular, gritar, chorar, roer as unhas, enquanto torce pelo casal. Esse é o tipo de livro que mostra que o verdadeiro amor é capaz de superar todos os obstáculos e que as barreiras não são capazes de destruí-lo. Fica a dica!!! Leia Amor no ninho e Amor inteiro, deixando a ignorância, intolerância e preconceito de lado. Não há coisa melhor do que encontrar sua alma gêmea e amá-la todos os dias. E não a coisa pior do que ser afastado de quem se ama, por causa do preconceito. Dan e Mari são provas de que mesmo entre irmãos adotivos pode nascer esse lindo amor.  Para o livro eu dou cinco estrelas, mas se pudesse daria mil, e mais dois corações, já que são dois casais tão apaixonantes.


Bjs no core


ISBN: 9788589526326
Livro: Amor Inteiro
Subtítulo: Amor no Ninho - Livro 02 
Autor (a): Maribell Azevedo
Editora: Kalango
Ano: 2012
Edição: 1
Páginas: 395
Revisão: Fabiola Kalil e Joseane Luz
Leia resenha de Amor no Ninho
Avaliação: 5/5 <3

Resenha:Quem poderia ser a uma hora dessas? - Lemony Snicket


Sinopse:

Em uma cidade decadente, onde se criam polvos para a produção de tinta, onde há uma floresta de algas marinhas e onde um dia funcionou uma redação de jornal em um farol, um jovem Lemony Snicket começa o seu aprendizado em uma organização misteriosa. Ele vai atender seu primeiro cliente e tentar solucionar o seu primeiro crime, aos comandos de uma tutora que chama carro de “esportivo” e assina bilhetes secretos. Lá, ele vai cair na árvore errada, vai entrar no portão errado, destruir a biblioteca errada, e encontrar as respostas erradas para as perguntas erradas - que nunca deveriam ter passado pela cabeça dele. Ele escreveu um relato sobre tudo o que se passou, que não deveria ser publicado, em quatro volumes que não deveriam ser lidos. Este é o primeiro deles.


Eu virei fã desse autor depois de ler Desventuras em Série, ele é o cara! rs

Em Quem poderia ser a uma hora dessas?, Lemony nos transmite um pouco sobre si mesmo já que ele é o protagonista dessa história. Porém para os que não sabem, Lemony é pseudônimo para Daniel Handler, que recentemente publicou o livro "Por isso a gente acabou"!

O livro é narrado em primeira pessoa, o que adoro, pois me deixa entrar no personagem e perceber seus sentimentos com mais clareza.

Nessa história, Lemony nos conta sua primeira missão ao investigar um roubo que ocorreu em uma cidade cheia de mistérios.
Nessa história iremos reviver alguns personagens que permearam Desventuras em Série, bem como outros completamente estranhos.   

Mais uma vez Lemony escreve um ensaio para os próximos livros que irão nos apresentar sua história e o que aconteceu consigo durante sua jornada. Claro que em se tratando do pseudônimo, e não do Daniel Handler.. rs

Pude sentir que teremos muitas "desventuras", como em Desventuras em Série e isso já me deixou absolutamente empolgada!

Lemony tem um jeito especial de escrever, ele nos cativa e nos prende, nos deixando curiosos por mais! É assim que me sinto ao ler as histórias de sua autoria.

Somos presenteados mais uma vez com seu humor peculiar e suas tiradas sarcásticas, quando ele nos confidencia coisas que não deveríamos saber. rs

Todos os personagens possuem personalidades marcantes e são muito bem construídos. 

As ilustrações ficaram fantásticas e nos dá uma prévia do que esperar!
O livro é muito divertido com seu "Q" de mistério e suas tiradas pra lá de engraçadas e sarcásticas.
Eu recomendo! 
  



ISBN:9788565765046
Livro:Quem poderia ser a uma hora dessas?
Série:Só perguntas erradas - Livro 01
Autor (a): Lemony Snicket
Editora:Seguinte
Ano:2012
Edição:1
Páginas:240
Avaliação: 5 S2



Novidade || Intrínseca lança Extraordinário

Olá pessoal! A editora Intrínseca revelou a capa nacional e o book trailer do livro “ Extraordinário” do autor R. J. Palacio. Narrado da perspectiva de August e também de seus familiares e amigos, com momentos comoventes e outros descontraídos, Extraordinário consegue captar o impacto que um menino pode causar na vida e no comportamento de todos, família, amigos e comunidade – um impacto forte, comovente e, sem dúvida nenhuma, extraordinariamente positivo. O lançamento está previsto para fevereiro.


Primeiro lugar da lista de best-sellers do The New York Times, eleito um dos melhores títulos YA de 2012 nos Estados Unidos, o premiado livro de estreia da americana R. J. Palacio traz à tona a luta contra o preconceito ao contar a história de um menino de 10 anos que nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial. Narrado da perspectiva de August e também de seus familiares e amigos, com momentos comoventes e outros descontraídos, Extraordinário consegue captar o impacto que um menino pode causar na vida e no comportamento de todos, família, amigos e comunidade – um impacto forte, comovente e, sem dúvida nenhuma, extraordinariamente positivo. Skoob


=> Book trailer de Extraordinário



Resenha: Cinquenta tons de liberdade - E. L. James






Sinopse:
Quando a ingênua Anastasia Steele conheceu o jovem empresário Christian Grey, teve início um sensual caso de amor que mudou a vida dos dois irrevogavelmente. Chocada, intrigada e, por fim, repelida pelas estranhas exigências sexuais de Christian, Ana exige um comprometimento mais profundo. Determinado a não perdê-la, ele concorda. Agora, Ana e Christian têm tudo: amor, paixão, intimidade, riqueza e um mundo de possibilidades a sua frente. Mas Ana sabe que o relacionamento não será fácil, e a vida a dois reserva desafios que nenhum deles seria capaz de imaginar. Ana precisa se ajustar ao mundo de opulência de Grey sem sacrificar sua identidade. E ele precisa aprender a dominar seu impulso controlador e se livrar do que o atormentava no passado. Quando parece que a força dessa união vai vencer qualquer obstáculo, a malícia, o infortúnio e o destino conspiram para transformar os piores medos de Ana em realidade.


ATENÇÃO SPOILER!

ACABOU! Até que enfim ou que pena? Eu ainda estou dividida... Amo ou odeio???

Essa trilogia me causou uma ressaca literária do cassete! Fiquei quase insuportável relendo os livros incansavelmente. O que eu via de tão bom? Como eu falei nas resenhas anteriores (Cinquenta tons de cinza e Cinquenta tons mais escuros) a trilogia é tão simples que pode ser comparado a um Chick Lit em termos de leitura fácil, que não exige do leitor guardar grandes detalhes para mistérios. Mas também é apaixonante. As reviravoltas do relacionamento, a teimosia de ambos os personagens, as cenas de sexo...

Cenas de sexo que são "maneiradas" neste 3º e último volume, entendi que ela "cortou", por que já fora minuciosamente descrito nos volumes anteriores.

Bom, ele inicia desnecessariamente romântico,  ARGH! Sério quase larguei ou pulei as páginas por causa do excesso de açúcar, uma amiga me estimulava dizendo: "Dá um desconto, é lua de mel, continua que melhora já já..." E não é que ela estava certa! A ação inicia, é curta mas dá pra sentir um gostinho pelas perseguições e um ar policial intrincado a trama. A mostra, de um pouco mais, de personalidade da heroína da estória.

A teimosia dos personagens deverá ser dita, porque pôxa chega a ser maçante! Tantas discussões para darem em nada! Brigas de motivos banais. Muitas vezes me chateei com a autora pela falta de profundidade da trama...

Tá não vou mais reclamar disso, prometo.

Voltando para o livro, esse volume vale a pena ser conferido, sim, além de tudo é um bom entretenimento, um "chick HOT lit", fácil, fácil de se envolver.

Então leiam, se descabelem, amem o Sr. Grey, sintam raiva da chatíssima e hilária "deusa interior", DIVIRTAM-SE! E vivam felizes para sempre...


Aaaaa, agora uma salva de palmas para a sra. E.L.James que está feliz e satisfeita com a montanha de dinheiro que está recebendo.


ISBN: 9788580572162
Livro: Cinquenta tons de liberdade
Trilogia Cinquenta tons de cinza
Livro: 3
Autor (a): E. L. James
Editora: Intrínseca
Ano: 2012
Edição: 1
Páginas: 544
Avaliação: 3

Resenha: Cinquenta tons mais escuros - E. L. James





Sinopse:
Assustada com os segredos obscuros do belo e atormentado Christian Grey, Ana Steele põe um ponto final em seu relacionamento com o jovem empresário e concentra-se em sua nova carreira, numa editora de livros. Mas o desejo por Grey domina cada pensamento de Ana e, quando ele propõe um novo acordo, ela não consegue resistir. Em pouco tempo, Ana descobre mais sobre o angustiante passado de seu amargurado e dominador parceiro do que jamais imaginou ser possível. Enquanto Christian tenta se livrar de seus demônios interiores, Ana se vê diante da decisão mais importante da sua vida. 


Aaaaa a tão esperada continuação de "Cinquenta tons de cinza" (veja a resenha) esperada e surpreendente diga-se de passagem, sim, porque nessa estória conhecemos um "novo Grey", isso mesmo (suspiro), um novo e melhorado Grey, um apaixonado Grey, um sexy Grey, eu poderia citar cinquenta sinônimos para o Sr. Grey...

Mas vamos falar da estória, um segundo volume bem diferente do primeiro, especialmente pelo nosso herói, como já citei acima. Eu finalmente descobri o real motivo de tanto alvoroço acerca dessa trilogia, e a resposta é simples: GREY, isso mesmo, o nosso mocinho e seus "cinquenta tons". Esse livro trata principalmente da mudança de rumo do romance entre Ana e Christian, previsível, sim, mas ainda assim convincente. 

Outro ponto alto é a ação integrada a estória, ela sai um pouco do romance e  seus altos e baixos e vai para um suspense meio policial. A iniciativa é boa e diverte. 

Mesmo com as repetições, porque existem muitas, tipo: "Eu o amo", "Sou sua", etc.

Então, vou entregar logo o segredo dessa bomba de sucesso, no meu ponto de vista, claro: 

Primeiro: O livro é fácil, uma leitura bem "mamão com açúcar";
Segundo: O nosso herói é bem versátil, é sim, cinquenta em um, "obrigatoriamente" a mulherada têm que se identificar com um deles;
Terceiro: É muito divertido, quase um chick lit.

Agora as partes chatas: Nesse volume existem ações e personalidades muito parecidas com os personagens de Crepúsculo, quase falas e situações tiradas de lá, isso às vezes é irritante! Outra: Não dá pra não rir com a "deusa interior" ela é inconveniente sim, mas também é hilária. Adorei ela de gladiadora!
As cenas de sexo continuam palpáveis, então se você é puritano não diga que eu não avisei. 

ISBN: 9788580572100
Livro: Cinquenta tons mais escuros
Trilogia Cinquenta tons de cinza
Livro: 2
Autor (a): E. L. James
Editora: Intrínseca
Ano: 2012
Edição: 1
Páginas: 485
Avaliação: 4