Resultado || Resenha Premiada: Caminhos de Sangue

31.7.12


Olá pessoal, como prometido, o resultado da Resenha Premiada: Caminhos de Sangue da autora  Moira Young  em parceria com a Editora Intrínseca. Obrigada a todos que participaram! Há outras promoções rolando no blog, por isso não deixem de conferir quem sabe não serão os próximos sortudos.


Vamos ao resultado:


Parabéns Carolina Durões!!!

Você terá 72 horas para nos encaminhar os seus dados conforme e-mail enviado. Caso não encaminhe neste prazo será feito um novo sorteio. 

Até próxima!!!

Resenha: Desventuras em Série - Livro 2 e 3 - Lemony Snicket

Bom dia amigos, eu estou lendo a coleção Desventuras em Série da Companhia das Letras e como os livros são em tamanho estilo pocket e com poucas páginas, resolvi postar a resenha de dois livros na mesma postagem! Espero que gostem, pois os livros que li até agora são realmente muito bons!


Livro: A sala dos répteis
Série: Desventuras em Série / Livro 2

Autor(a): Lemony Snicket
Editora: Companhia das Letras
Páginas:184
Avaliação: 5

Lemony Snicket é um autor que não pode ser acusado de falta de franqueza. Sabe que nem todo mundo suporta as tristezas que ele conta e por isso - para que depois ninguém reclame - faz questão de avisar: "Se você esperava encontrar uma história tranqüila e alegre, lamento dizer que escolheu o livro errado. A história pode parecer animadora no início, quando os meninos Baudelaire passam o tempo em companhia de alguns répteis interessantes e de um tio alto-astral, mas não se deixem enganar...".
Os Baudelaire têm mesmo uma incrível má sorte, mas pode-se afirmar que a vida deles seria bem mais fácil se não tivessem de enfrentar o tempo todo as armadilhas de seu arquiinimigo: o conde Olaf, um homem revoltante, gosmento e pérfido. Em Mau Começo ele deu uma pequena amostra do que é capaz de fazer para infernizar a vida de Violet, Klaus e Sunny Baudelaire - e aqui as coisas só pioram.

 
A Sala dos Répteis é o segundo livro da série Desventuras em Série de Lemony Snicket.

Os pobres irmãos Baudelaire, após sofrerem nas mãos do horrendo e maléfico conde Olaf e ter que lhe dar com a morte dos pais no primeiro volume da série são enviados pelo Sr. Poe para viverem com outro parente, o professor Montegomery, um homem que conhece muito sobre répteis principalmente cobras!
Os irmãos ficam maravilhados com a casa do professor, pois na mesma encontram-se  répteis diferentes e isso os intriga despertando o lado curioso que todos nós temos.

Dessa vez as coisas parecem melhorar um pouco para os irmãos, pois o tio tem boas intenções e quer cuidar deles de verdade (até que enfim!); porém como não poderia deixar de acontecer, os irmãos enfrentarão Stephano, um assistente que está com más intenções e e ao descobrirem que esse assistente nada mais é do que o maligno conde Olaf que arma o assassinato do professor Montegomery e tenta tomar posse dos irmãos mais uma vez.
Apesar das poucas páginas contidas em cada livro da série, muitas coisas acontecem e nos fazem sofrer junto com os irmãos e torcer por eles, como no livro anterior. Mesmo sabendo que ainda irão penar muito!
Leia e descubra em que aventuras estão envolvidos os irmãos Baudelaire!


Lemony continua com uma narrativa incrível e contagiante. O segundo volume desse livro é a sequência fiel do primeiro volume, é como se eu não tivesse interrompido a leitura e tudo fizesse parte de um mesmo livro. O que impressiona, pois alguns autores ao continuar uma obra, se perdem um pouco com divagações que às vezes não sabemos de onde saíram; mas Lemony não comete esse erro, ele simplesmente escreve muito bem e narra os fatos de forma empolgante, pois nos deixa torcendo pelos irmãos, mesmo sabendo que desde o inicio ele avisou que essa história não terá um final feliz! Impossível não torcer por eles!
Estou encantada com a escrita de Lemony bem como com sua sagacidade!
Indico aos leitores de todas as idades, certamente encontrarão uma obra rica em entretenimento onde o autor escreve de forma clara e sem rodeios. Sei que estou no inicio da série, mas certamente essa série é daquelas que queremos em nossa estante; daquelas séries que temos ciúmes e sequer emprestamos! rs




 Vamos a resenha do terceiro volume da série!
Livro:O Lago dos Sanguessugas
Série: Desventuras em Série / Livro 3

Autor(a): Lemony Snicket
Editora: Companhia das Letras
Páginas:184
Avaliação: 5

O misterioso autor das Desventuras em Série não só alcançou a lista de best-sellers infanto-juvenis do New York Times, como conseguiu entrar em todas as outras principais referências de vendagem americanas. Com sua estranha franqueza, na contracapa deste livro ele manda um recado a seus possíveis leitores:
"Caro leitor,
Se você ainda não leu nada sobre os órfãos Baudelaire, é preciso que antes mesmo de começar a primeira frase deste livro fique sabendo o seguinte: Violet, Klaus e Sunny são legais e superinteligentes, mas a vida deles, lamento dizer, está repleta de má sorte e infelicidade. Todas as histórias sobre essas três crianças são uma tristeza e uma verdadeira desgraça, e a que você tem nas mãos talvez seja a pior de todas. Se você não tem estômago para engolir uma história que inclui um furacão, uma invenção para sinalizar pedidos de socorro, sanguessugas famintas, caldo frio de pepinos, um horrendo vilão e uma boneca chamada Perfeita Fortuna, é provável que se desespere ao ler este livro. Continuarei a registrar essas histórias trágicas, pois é o que sei fazer. Cabe a você, no entanto, decidir se verdadeiramente será capaz de suportar esta história de horrores.

O Lago das Sanguessugas é o terceiro livro da tão aclamada série de Lemony Snicket; "Desventuras em Série". Essa série conquistou o meu coração e do meu filho de dez anos!



Irmãos Baudelaire / Imagem do filme



Mais uma vez os irmãos Baudelaire conseguem se livrar das arapucas do detestável conde Olaf, que os persegue onde quer que eles vão! (socorro!)
Os irmãos estão sendo encaminhados para a casa de uma tia chamada Josephine, uma mulher retraída, fanática por gramática e que possui medo de tudo. Ela mora em uma casa à beira de um penhasco, nos arredores do Lago Lacrimoso.



 Conde Olaf (Jim Carrey)


Tia Josephine não é má, porém é uma pessoa egocêntrica. Tem medo de telefone, do Lago Lacrimoso (devido seu esposo ter falecido nesse lago comido pelas sanguessugas), tem medo de maçaneta e como se já não bastassem os medos estranhos vindo de tia Josephine.. ela tem medo do fogão. Então os irmãos sofrem com isso devido a não terem nenhuma comida quente, só "gororoba" (comida fria, ruim!) Ela fica com esses medos estranhos após a morte de seu esposo. É uma espécie de trauma, como se visse um lado ruim em tudo que está ao redor de si!

Como não poderia faltar, conde Olaf irá atrás dos pequenos órfãos, apresentando-se como capitão Sham caindo nas graças da tia Josephine e afastando a possibilidade de ela acreditar nos irmãos Baudelaire. "Cuidado Josephine ele não é quem você pensa" - isso é o que fiquei repetindo ao ler esse livro! Mas claro! Josephine cai como patinho, acreditando na falsa bondade que ele demonstra!

A partir desse ponto muitas coisas acontecem, e não vou entrar no assunto para não acabar contando muito e estragando a surpresa de vocês mas confesso que dá vontade! rs


Desventuras em série é encantador com suas peculiaridades e triste com todo o sofrimento dos irmãos Baudelaire; mesmo com os avisos do autor de que nessa série não encontraremos finais felizes, não tem como não torcer por eles e sentir raiva quando as coisas dão erradas e as pessoas não acreditam neles! #coitados

Sr. Poe chega a ser irritante, sempre levando eles de uma casa a outra e não tomando qualquer atitude que possa de fato ajudá-los a ter uma vida boa depois de tanto sofrimento!
As vezes fico até achando ele omisso propositalmente, pois não é possível alguém ser tão banana! Sei lá!
O bonito nesse livro é o amor entre irmãos e a cumplicidade e carinho que uns tem para com os outros mesmo no meio de tantas adversidades!

Eu continuo encantada pela escrita de Lemony que não perde o ritmo mesmo em seu terceiro volume e me deixou mais uma vez com vontade de continuar a série!

Super recomendo essa série para leitores de todas as idades!




Acompanhe as resenhas anteriores:

Selinho #1: Seu blog é divo

30.7.12


Olá Mixmaníacos de plantão! Tudo bem com vocês? 

Hoje vim aqui para contar que recebemos um Selinho Vitor Castrillo do blog Viajante das Letras.
Ficamos felizes com a indicação para o Selo e agradecemos de coração ao Vitor. 





Regras:
■ Responder as perguntas
■ Escolher 10 blogs e passar o link de tais blogs.

Perguntas:

1. Seu Nome/Apelido:
Mix: Glaucia


2. Sua Idade:
Mix: 32 anos

3. Se você fosse uma personagem de livro, quem você gostaria de ser?
Mix:Hermione do Harry Potter.

4. Qual a melhor parte de se ter um blog?
Mix: Compartilhar os pensamentos e saber opiniões de leitores.


5. Coisas que você não suporta:
 Mix:Arrogância

6. Coisas que você ama:
Mix: Sinceridade

7. Você acha que seu blog é divo?
Mix:Sim!! Nós da equipe do Mix nos dedicamos e procuramos pluraridade para os nossos leitores. Por esse motivo, para nós da equipe do Mix,  sim o blog é Divo.

E ai leitores queridos, vocês acham o Mix literário Divo?

8. Deixe uma mensagem para seus leitores: 
Mix: Agradecemos de coração aos nossos leitores por nos acompanharem, comentarem e compartilharem conosco suas experiência. Acho que essa troca é válida e é por vocês que nos dedicamos sempre. Sem vocês nada seria possível. Obrigada de coração.

Blogs:
Agradeço ao Vitor pela indicação, mais uma vez.

bjs no core
Glau


Autor Parceiro: Alane S. A. Brito - O Trio

Olá pessoas do meu coração que nos acompanham e nos alegram com suas visitas!
Venho hoje apresentar-lhes mais um autor parceiro a Alane S. A. Brito autora do livro O Trio publicado pela Editora Novo Século através do S
elo Novos Talentos.

Confiram abaixo:



“Davi ainda precisou de uns instantes para organizar mentalmente o enredo da história... De fato, para ele mesmo, seria muito bom expor suas lembranças e assim, após tantos anos, alguém mais saberia quão especial ele considerava ter sido a sua infância..."
Davi achava que seus piores problemas seriam dividir o forte sentimento que ele e seus dois amigos, Nelson
e Jordan, nutriam pela mesma menina e tentar tornar a conturbada vida de um deles menos sofrida. Até que ao completarem dezoito anos a pequena vila no meio do nada onde moravam é invadida por homens violentos.
É quando começa o maior desafio de suas vidas...
Davi e Nelson conseguem fugir com mais alguns e, após se deparar com o sofrimento do amigo, Davi sente-se obrigado a retornar ao palco do grande massacre para resgatar Jordan. Para levarem ajuda aos outros sobreviventes que estão aprisionados, os três terão que juntar forças com seus desafetos, a fazer difíceis escolhas, e acabam descobrindo que, no fundo de suas almas, guardam uma grande garra e coragem jamais experimentados por nenhum deles...
Existem erros tão graves que jamais possam ser perdoados?
Abriria mão de um verdadeiro amor por causa de uma grande amizade?
Descubra nessa história que é uma grande lição de amor, amizade e perdão...



Natural de Ibotirama, Bahia. Atualmente vive em Feira de Santana, aos 31 anos é casada há oito e tem uma filha de quatro. Tímida, muito crítica, perfeccionista, chocólatra, ama histórias e, principalmente, ama cria-las. Tem fixação por personagens. Não se acha perfeita e até já recebeu apelido de "Da Lua", por viver em seu próprio mundo paralelo. Deus é o seu guia, e espera nEle conseguir mostrar ao mundo, se possível, as suaas criações e deseja que elas ajudem a fazer as pessoas relaxarem, tomar bons conselhos e ler mensagens otimistas.


Redes Sociais:


Onde Comprar:




Leia o primeiro Cápitulo






Em breve resenha para você com minhas impressões!

Resenha: O Prisioneiro do Céu - Carlos Ruiz Zafón

29.7.12

ISBN: 9788581050737
Livro: O Prisioneiro do Céu
Série:O Cemitério dos livros esquecidos / livro 03
Autor(a):Carlos Ruiz Zafón
Editora: Suma de Letras
Edição: 1
Ano:2012
Páginas:248
Avaliação: 5

 Barcelona, 1957. Daniel Sempere e seu amigo Fermín, os heróis de A sombra do vento, estão de volta à aventura para enfrentar o maior desafio de suas vidas. Já se passa um ano do casamento de Daniel e Bea. Eles agora têm um filho, Julián, e vivem com o pai de Daniel em um apartamento em cima da livraria Sempere e Filhos. Fermín ainda trabalha com eles e está ocupado com os preparativos para seu casamento com Bernarda no ano-novo. No entanto, algo parece incomodá-lo profundamente. Quando tudo começava a dar certo para eles, um personagem inquietante visita a livraria de Sempere em uma manhã em que Daniel está sozinho na loja. O homem misterioso entra e mostra interesse por um dos itens mais valiosos dos Sempere, uma edição ilustrada de O conde de Montecristo que é mantida trancada sob uma cúpula de vidro. O livro é caríssimo, e o homem parece não ter grande interesse por literatura; mesmo assim, demonstra querer comprá-lo a qualquer custo. O mistério se torna ainda maior depois que o homem sai da loja, deixando no livro a seguinte dedicatória: "Para Fermín Romero de Torres, que retornou de entre os mortos e tem a chave do futuro". Esta visita é apenas o ponto de partida de uma história de aprisionamento, traição e do retorno de um adversário mortal. Daniel e Fermín terão que compreender o que ocorre diante da ameaça da revelação de um terrível segredo que permanecia enterrado há duas décadas no fundo da memória da cidade. Ao descobrir a verdade, Daniel compreenderá que o destino o arrasta na direção de um confronto inevitável com a maior das sombras: aquela que cresce dentro dele. Transbordando de intriga e emoção, O prisioneiro do céu é um romance em que as narrativas de A sombra do vento e O jogo do anjo convergem e levam o leitor à resolução do enigma que se esconde no coração do Cemitério dos Livros Esquecidos.


 
O Prisioneiro do Céu é o primeiro livro que leio de Carlos Ruiz Zafón e sabe quando você fica se perguntando: "Por que demorei tanto tempo para ler algo desse autor?", pois é! Assim que me senti ao terminar essa leitura!

Certamente já estou interessada em outros títulos do autor, pois esse já entrou para minha listinha de favoritos por conta de sua escrita e desenvoltura com o enredo!

Zafón é poético! Com uma escrita encantadora; pude ter boas horas de leitura e reflexão!
O Zafón é extremamente inteligente e sua narrativa é daquelas que te prende, com um enredo bem construído. Pude sentir a tensão criada pelo autor e também sentir o humor das palavras escritas por ele! O autor é genial!

Um livro que me fez relaxar!

A capa do livro é linda!

Um pouco sobre o enredo:

O livro se passa quase todo no passado onde o personagem Fermín é preso em um presidio assustador localizado em um castelo sombrio, onde as condições dos presos são precárias e o pensamento que temos é que os prisioneiros só se verão livres daquelas condições se morrerem!
Este lugar é absolutamente taciturno!
Fermín é muito sagaz e com um humor peculiar, pois mesmo em meio à desgraça ele sabe dar umas tiradas a fim de manter o clima ameno e até divertido!
Na verdade essa parte da prisão acontece no passado e são memórias de Fermín contadas a Daniel a fim de explicar o que ele está passando e os motivos!
O livro possui uma narrativa em primeira e terceira pessoa.
Uma história emocionante e surpreendente!

Acredito que o livro terá continuação, pois ficaram alguns pontos soltos!
E preciso realmente ler os livros anteriores para me ambientar melhor, porém sem dúvidas o livro é muito bom e merece ser degustado pelos amantes de boa literatura!

Acrescentando algumas coisas após a leitura da resenha no blog da Simone (Quem lê faz seu filme):

Realmente não concordo que o livro pode ser lido separadamente como dito pelo autor e pela Editora, eu meio que fiquei sem "sentir" a essência de personagens, pois suas histórias foram contadas nos outros livros que pelo que li no blog da Simone fazem uma conexão que infelizmente não percebi (por não ter lido os livros anteriores)! E não pude fazer a associação que a Simone fez com as obras anteriores!


Sim eu adorei o livro! Mas preciso ler os anteriores para realmente entender determinadas coisas e ter as sacadas que a Simone teve!


E já havia percebido isso, porém a certeza veio após a leitura da resenha da colega blogueira (Simone) > Vamos dar crédito a quem merece! Resenha aqui!
A resenha ficou muito boa!

Pequeno trecho que me fez reafirmar o que eu já havia percebido:



"Logo após, a junção das obras anteriores se faz como em um quebra cabeças e é possível perceber como Zafón brinca com a conclusão dos fatos com a inegável maestria de quem é apaixonado por livros e escreve para os igualmente apaixonados."
Simone - Quem lê faz seu filme!


Simone, obrigada por comentar a minha resenha e por compartilhar comigo sua resenha. Eu de fato já tinha colocado que precisava ler os livros anteriores e você só me fez ter essa certeza! O livro é muito bom! E merece e precisa ser degustado com calma e EM ORDEM!

Aceitei resenhar esse livro porque acreditei que daria para ler fora da ordem, assim como a Editora afirma! 
Sim. Dá para ler fora da ordem, mas o leitor perde a essência dos personagens, da história e da genialidade do autor! 



Assistam o Booktrailer:

Resenha: A Mão Esquerda de Deus - Paul Hoffman

28.7.12

Sinopse:


O cenário da trama é desolador. Habitado por meninos que foram levados para lá muito novos e geralmente contra a sua vontade, o Santuário dos Redentores é uma mistura de prisão, monastério e campo de treinamento militar. Lá, esses milhares de garotos são submetidos a uma sádica preparação para lutar contra hereges que vivem nas redondezas. A intenção dos Lordes Opressores, os monges que protegem o lugar, é fortalecer os internos tanto física quanto emocionalmente, preparando-os para uma monstruosa guerra entre o bem e o mal.
Entre os jovens está Thomas Cale. Não se sabe ao certo se ele tem 14 ou 15 anos ou como foi parar ali. O que se sabe é que Thomas tem uma capacidade incomum de matar pessoas e organizar estratégias de combate. Essas poderosas habilidades serão colocadas à prova quando ele e dois amigos testemunham um brutal assassinato entre os corredores labirínticos da prisão. A visão do crime dá início a uma perseguição desesperadora e, finalmente fora dos muros do monastério, Cale irá compreender a extensão da crueldade dos lordes e a verdadeira origem de seu poder.


A Mão esquerda de Deus de Paul Hoffman é o primeiro livro de uma trilogia e nos leva em uma viagem aterrorizante e violenta, através de um jovem que tem entre 14 ou 15 anos, nem mesmo ele tem certeza;  seu nome também é desconhecido; possui apenas o nome que lhe foi dado naquele lugar, Thomas Cale!

Cale segue em busca de liberdade e busca sobreviver em meio ao caos em que vive!
Ele foi treinado para lutar e possui uma sagacidade enorme para traçar métodos eficazes de combate.
Para aqueles que são chamados de Lordes, Thomas seria uma arma na luta contra a heresia!

Você precisa ser forte para conseguir sobreviver, do contrário seus dias estarão marcados! É quase impossível fugir do Santuário dos Redentores que de Santuário não tem nada! Nesse lugar macabro, só o que se encontra é fome e ali você vive constantemente aterrorizado e jamais há piedade ou bondade!

Cale presencia um crime que o choca tamanha sua brutalidade e injustiça, isso o revolta de tal forma, que mesmo pelos motivos certos acaba se envolvendo em outro crime. Dessa forma ele se vê com apenas uma única opção.. fugir do Santuário o mais rápido possível!

Cale conta com a ajuda de seus amigos Henri e Kleist e o trio foge em disparada sendo perseguidos incansavelmente! Os Redentores o perseguirão, onde quer que ele vá!

Esse livro é fantástico. Daqueles que te prende do inicio ao fim e que te deixam em desespero e gritando: "sai daí!" "Não Faça isso!".
O autor nos mostra detalhes descritivos das batalhas ocorridas durante a história e garanto.. são de arrepiar!
O livro é perturbador de uma forma deliciosa. Perturbador por se tratar de crianças sofrendo de forma tão violenta e chocante que nos faz sentir pânico! E deliciosa porque acredito que essa era a intenção do autor, nos fazer viver aquela história de forma a pensar que as palavras saltam as páginas!

O destino de Cale está traçado, ele apesar de sua pouca idade já é um assassino cruel!
Será que você tem coragem de adentrar o mundo de Cale?
Eu tive! E não me arrependi!
Preciso de mais!

É difícil falar desse livro sem soltar spoiler, são tantos acontecimentos interessantes e que fazem dessa trama algo como disse acima: "Pertubador e delicioso"

ISBN: 9788560280537
Livro: A Mão Esquerda de Deus
Autor(a): Paul Hoffman
Editora: Suma de Letras
Edição: 1
Ano:2010
Páginas:341
Avaliação:5 S2
 

Resultado do sorteio Não deixe o sol brilhar em mim

27.7.12

Boa noite amigos!
O sorteio do livro Não deixe o sol brilhar em mim do autor Evandro Raiz foi um sucesso e agradeço a vocês por isso!
Quem não ganhou continue participando dos sorteios, quem sabe no próximo não poderá ser você o sortudo (a) da vez!






Resultado:




Parabéns Bere Carvalho.
Você tem até dia 30 as 23:00h para fazer contato no e-mail karinicouto@yahoo.com.br colocando no assunto: Ganhador do livro Não deixe o sol brilhar em mim.

Caso não envie seus dados no prazo um novo sorteio será realizado!
O exemplar será enviado elo Mix em um prazo de até 30 dias a contar do recebimento dos dados de postagem!


Quem ainda não leu a resenha, confira aqui:


Divulgação: Antes de Você Chegar e Beijos & Batom


Trago para vocês dois lançamentos da Editora Modo que tem investido 100% nos nacionais!


 

Primeiro vou apresentar o livro Antes de Você Chegar da autora Renata Muller:






A vida tornou Ana Maria uma menina má. Ela trabalha em um emprego sem futuro e mora com o padrasto que odeia. Quando conhece Bruno, sua vida vira de pernas para o ar. É então que ela percebe que nada é tão ruim que não possa piorar. Acompanhe Ana Maria em sua jornada através do passado e sua busca para construir um futuro.









Viram como a capa está linda? Estou apaixonada! 
Conheçam abaixo a autora:



Renata Müller é bacharel em Psicologia pela Universidade Regional de Blumenau. Paranaense, atualmente reside com seu marido em Florianópolis, Santa Catarina, onde é servidora pública.




Outro lançamento da Editora Modo é o Beijos & Batons da autora Mariana Mello Sgambato, venham comigo:


Um pacto quebrado entre amigos e muita confusão, abrange o cenário apresentado. Gustavo e Daniel, amigos desde o ensino fundamental, prometem um ao outro que jamais se relacionariam com as irmãs, primas, namorada e afins um do outro, evitando que nada atinja a amizade entre eles. O que poderá acontecer quando o cupido resolver flechar sem olhar a direção? E mais… Até que ponto esta amizade poderia resistir, se… De repente… Ambos acabassem se interessando, sem saber um do outro, pela mesma garota? Beijos e Batom promete prender a atenção do princípio ao fim.



Redes Sociais:



 
Mariana Mello Sgambato faz de sua imaginação o seu passatempo e escreve quase tudo o que imagina. Ganhou concursos literários nos anos de 1994-95-96, teve um roteiro de rádio premiado e produziu o curta-metragem “Fabi & Ana” de forma independente com colegas da faculdade. Formada em Comunicação Social – Produção Editorial, com diploma em Criação de Roteiro para Produções, é fundadora, editora e autora do Site Novelasteen. Seu livro “Beijos & Batom” tem lançamento previsto para agosto de 2012, durante a Bienal de SP.




“Beijos & Batom”, romance de estreia de Mariana Mello Sgambato

O que é mais importante: amizade ou amor? E quando não sabemos ao certo qual lado e qual está errado? Situações assim já são ruins normalmente, mas, quando envolvem adolescentes com hormônios à flor da pele, isso pode assumir ares catastróficos!
Gustavo e Daniel são amigos de longa data e fizeram a promessa de nunca se evolverem com as garotas um do outro: irmãs, primas, namoradas... Tudo isso para poder preservar a sua grande amizade. Mas não escolhemos por quem nos apaixonar e, obviamente, a promessa é quebrada. Isso é apenas o início de uma confusão que vai envolver a irmã-gêmea de Gustavo, Bia, as ex-namoradas dos dois, futuras pretendentes e até mesmo garotos rivais. Discussões, beijos roubados, brigas, transas escondidas, intriga e lágrimas são somente algumas das consequências da quebra desta promessa.
Marcando a estreia de Maria Mello Sgambato e publicado em uma parceria Editora MODO e o Clube de Novos Autores , “Beijos & Batom”, aborda as várias facetas do conturbado universo adolescente com muita habilidade e bom humor. A autora consegue manter o  leitor preso até o fim da trama, mas sem parecer pedante ou superficial. Os conflitos trazidos pela aparentemente simples quebra de uma promessa criam um furacão na vida de todos os envolvidos, mudando suas vidas e das pessoas ao seu redor para sempre.


Ambos os livros serão lançados durante a Bienal de São Paulo, quem puder dá uma passadinha no Stand da Editora Modo e pretigie nossos autores adquirindo seus livros! 

Resenha: O Atlas Esmeralda - John Stephens

26.7.12


ISBN: 9788581050133
Livro: O Atlas Esmeralda
Autor(a):
Editora: Suma de Letras
Edição: 1
Ano:2011
Páginas:296
Avaliação:4

 Há dez anos, numa noite de inverno, os irmãos Kate, Michael e Emma foram tirados de suas camas às pressas, perseguidos por criaturas estranhas e levados para longe de seus pais, os quais nunca mais viram. Desde então, os três passaram todo esse tempo vivendo em vários orfanatos sem saber o que de fato aconteceu naquela noite. Kate, a mais velha, é a única que tem lembranças dos pais, a quem jurou proteger seus irmãos a todo custo até que a família estivesse reunida novamente; Michael, o do meio, adora o mundo dos livros e histórias de magia e é sempre alvo de implicância dos garotos mais velhos; e Emma, a mais nova, é uma verdadeira encrenqueira, mas de grande coração. Quando chegam a uma mansão abandonada, os irmãos encontram um atlas encantado que os faz viajar no tempo e os leva para uma terra habitada por gigantes, anões, lobos famintos, crianças prisioneiras e uma condessa que é a fonte de todo o Mal. Assim, as crianças que apenas buscavam o paradeiro de seus pais acabam tendo que salvar o mundo.


Bom dia queridos leitores, como vocês estão?
Hoje trago para vocês ma resenha que já era para ter ido ao ar faz tempo, porém o livro chegou com um atraso de quase três meses e como todos já sabem blogueiro recebe inúmeros livros para avaliação e esse foi ficando para depois, apesar de ter sido lido no mês seguinte a ter chegado! Enfim.. vamos a resenha:

Este é um livro voltado para o público infanto-juvenil, mas que pode vir agradar aos jovens e adultos também, pois nele encontra-se um misto de fantasia, drama, aventuras e muita ação. Apesar de o tema já ser batido o autor consegue produzir suas particularidades e prender o leitor; que certamente se verá em busca de mais!

Em O Atlas Esmeralda conheceremos três irmãos: Kate, Michael e Emma que são abandonados por seus pais justo no dia de Natal; esse abandono se deu por força maior.. o de salvar a vida deles!
Kate a mais velha dos três irmãos, fica responsável em manter seus irmãos unidos e a salvos de qualquer perigo; ela cumpre seu papel muito bem, até que após dez anos, eles são encaminhados para um lugar diferente onde a magia está presente e é aí que tudo começa e o leitor se sente envolvido!


Um misto de fantasia, mistério e aventuras que prende o leitor e nos faz ter ótimas horas de leitura!
O livro tem seus vilões assustadores e pude comparar de leve a história com Harry Potter; mas bem de leve mesmo! A Condessa, a pior espécie de vilão nessa história é realmente assustadora e de botar medo até mesmo em adultos! rs
Os irmãos são perseguidos e mesmo assim não esmorecem, não desanimam e seguem em frente!

O autor John Stephens consegue nos prender em sua história e sentir junto de seus personagens! Gosto muito de livros assim e sou meio que suspeita para avaliar!rs
O Atlas Esmeralda mesmo não sendo um livro com tema novo ou tiradas diferentes foi muito bem construído e nos garante diversão!

Recomendo o livro para amantes de uma boa aventura!

© MIX LITERÁRIO- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por