Resenha:Manfelos - A distorção da realidade - Rafael de Souza

ISBN:9788564469761
Livro:Manfelos - A distorção da realidade
Autor (a):Rafael de Souza
Editora:Dracaena

Ano:2012
Edição:1
Páginas:336
Avaliação:5



Esta obra visa dar início às aventuras traumáticas de um garoto chamado Fred Gordon, nativo do Canadá. A Saga Septem Signum, do latim “Sete Selos” ou “Sinal dos Sete”, retrata uma incrível jornada contra a vinda do famoso, e agora moderno, apocalipse. O livro se remete ao preâmbulo da caminhada de Fred, junto dos guerreiros Spellver e Sr. Johnson, e das inesquecíveis gêmeas donzelas Blunnie e Judy. A história, na sua fase inicial, tem por objetivo levar o leitor a um mundo mágico, repleto de seres poderosos e até então adormecidos apenas na fantasia de um mero mortal. Aqui entrará em contato com batalhas sangrentas, a ilustre presença de um demônio encolerizado e seu exército altivo e intimidante. A primeira fase de Manfelos também conta, e mostra, a terrível babel em que cada uma das vidas acaba sendo acometida. Os planos mais sombrios ficarão ocultos para outro momento da trama, dando espaço às maiores emoções da série. Esmallerz, o antagonista, recebe a missão de escapar do inferno e chegar ao mundo dos humanos, procurando acabar com qualquer um que interfira em seus planos. No entanto, o revés que dará obstáculos a isso estará confinado no interior de uma sala encantada, possuindo o desfecho da tão corrida busca por respostas. Fred está fadado a explorar seu passado e descobrir como tudo começou, arrumando forças para deter seu pior inimigo. Será alvo do simplório amor adolescente, deixando Blunnie o levar para além do que jamais experimentou. Sofrerá perdas e ganhará experiência para a continuidade assombrosa da saga.


Manfelos é o livro de uma série composta por quatro volumes do autor Rafael de Souza



"Pessoas más nem sempre voltam a ser o que eram e,
provavelmente, querem fazer com  que todas as outras
também sejam assim. Nunca se deixe levar pelo poder,
e sim pelo coração, pela amizade. Saber discernir entre
o que é certo e o que é fácil, muitas vezes, mexe 
terrivelmente com a nossa cabeça."   
(pág.14 - Matheus) 




O livro tem inicio com uma história sendo narrada por Matheus a seu filho Fred, a principio parece mais uma história como qualquer outra, porém logo percebemos que Matheus está perturbado com o que vem por aí e que Fred deverá se preparar para coisas que jamais imaginou! Ele não tem muito tempo e decide, com um longo suspiro que já é hora de contar a Fred o que lhe aguarda!

Ao pegar um livro enorme encapado em plástico vermelho e um pouco gasto pelo tempo, Matheus diz a Fred para jamais ignorar o que ler, pois nada é por acaso e com isso deu inicio a uma história que logo percebemos não seria nada agradável!

Matheus narrou sobre um rei totalitário que acreditava que apenas ele poderia entender o universo. Esse rei dominava com crueldade os habitantes de sua cidade, um lugar onde quem entra, jamais poderá sair. Mandraco (rei) era detentor de um  manuscrito milenar que esconde um segredo importante! 

Matheus sente muito por seu filho de apenas nove anos que será herdeiro de uma misteriosa pedra que irá trazer grandes responsabilidades. Matheus realmente sente muito. Percebemos isso em suas palavras e em seus gestos! E isso nos instiga a querer saber mais! 

Ao completar 18 anos Fred tem lembranças da história contata por seu pai e vive uma vida comum até que vai parar na cidade de Manfelos onde o caos domina o cenário. Ao lado de seu amigo Leonardo, Fred percebe que acabou dentro da história narrada por seu pai e ruma em busca de desvendar os mistérios envolvendo essa cidade!


Com uma narrativa poética, Rafael de Souza conquistou minha total admiração com essa história fantástica e diferente do que tenho lido!
Muita criatividade e sagacidade são encontradas nessa história inicial que Rafael nos conta e tenho que aplaudir o cenário descrito assim como as palavras usadas para descrever o enredo! 

Quem pensa que encontrará um livro bobinho está muito enganado! Manfelos é muito bem escrito, desde sua narrativa até as palavras rebuscadas que são encontradas no decorrer da leitura! O que me fez sentir prazer imenso!

O autor soube dar alma aos personagens nos fazendo realmente sentir através de sua narrativa o que os personagens estão vivendo!

Só tenho a agradecer pela oportunidade de ler Manfelos e espero que a continuação saia logo!  

Adoro Histórias fantásticas para curar minhas ressacas literárias!

Leiam! 




  

3 comentários:

  1. Bom dia Karini, tudo bem?
    Manfelos está na minha listinha de desejados desde o momento em que eu tive a oportunidade de entrevistar o autor. Percebi o quanto o autor era cuidadoso ao descrever esse universo, o que aumentou a minha curiosidade.
    Parabéns pela resenha!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Obrigado, Karini!
    Sinto-me satisfeito de tê-la deixado satisfeita. O volume 2 vem aí trazendo aventuras ainda melhores e viciantes. Repercussões do caos possui um enredo maravilhoso e irá revelar o que realmente foi "A distorção da realidade". Mais uma vez, fico feliz. Adorei, adorei, adorei a resenha. Captou exatamente o espírito do livro.
    Grande abraço!
    Rafael de Souza

    ResponderExcluir
  3. Estou doido para ler esse livro.
    Vou comprar em dezembro.

    ResponderExcluir