Resenha: Casamento por aparências – Dill Ferreira



ISBN: 978-85-7869-357-2
Título: Casamento por aparências
Autor: Dill Ferreira
Editora: LP-Books
Editor Responsável: João Antônio Carvalho
Produção editorial: Livro Pronto/Studio e Gráfica
Capa: Livro Pronto/Studio e Gráfica
Revisão: Luciana Rugoni
Páginas: 168
Ano: 2012
Onde comprar:
Avaliação: 3


Sinopse: Para afastar o ex-marido e não perder a guarda do filho, Amanda tinha apenas uma opção, casar-se com seu melhor amigo. Antônio era companheiro, atencioso e sempre esteve ao seu lado ajudando-a. Ela não conseguia imaginar-se casada com ele, não queria por em risco uma amizade como a que tinham, mas o que fazer? Ele a propõe um Casamento por Aparências. Sem nenhum tipo de contato íntimo. Um acordo para proteger Amanda e seu filho. Sem alternativas ela aceita um casamento sem amor. Porém quando menos esperava, Amanda começa a vê-lo não apenas como amigo, mas também como homem. Agora quem irá protegê-la daquele novo sentimento. Como afastar-se daqueles braços que tanto desejava. Ela conseguiria manter-se imune aquele deus que a testava constantemente com sua virilidade? 



Casamento por aparências narra o drama vivido pela jovem Amanda, que após flagrar a traição do marido, resolve se separar e começar uma nova vida com seu filho Lucas. Amanda tenta um novo recomeço e depois passar por muita dificuldade financeira, e um sofrimento emocional que a deixou completamente devastada, finalmente consegue dar a volta por cima.

Algum tempo depois, no entanto, seu ex-marido Breno, que nunca a valorizou como mulher e esposa, tão pouco foi um pai presente e amado para o filho; resolve simplesmente que quer reatar o casamento, sem levar em consideração o sofrimento e os sentimentos de Amanda. Breno se torna insuportável em sua pressão para conseguir o que deseja, sendo na maioria das vezes inconveniente e arrogante, e quando percebe que Amanda não cederá a sua investida, resolve jogar sujo e ameaça tirar a guarda do filho Lucas.

Desesperada e amedrontada, Amanda se abre com o seu melhor amigo Antônio, que sempre a amparou e aconselhou desde que se conheceram. Ele, em um gesto que ela considerou como altruísta, pede-a em casamento para ajudá-la a resolver a situação. Porém Amanda fica bastante relutante com a proposta, pois sabe que se casar com seu amigo pode levar os dois ao sofrimento e estragar a amizade.

Antônio é um empresário maduro, determinado e de muito bom coração. O que Amanda não imagina é que ele a ama secretamente e sempre escondeu os seus sentimentos por receio de afastá-la. Mas ao receber a oportunidade de ter a mulher que ama, ele faz de tudo para mostrar que o casamento é a melhor saída para os seus problemas e que nunca tiraria nenhuma vantagem da situação dos dois. Ela poderia pedir a separação no momento que desejasse e os dois seguiriam como amigos.

Como Breno continua insistindo, de forma desagradável, e entra com pedido de guarda do filho, Amanda aceita a proposta de Antônio e os dois passam a sair juntos, para que as pessoas não desconfiem de que se trata de um acordo. A partir desse momento, Antônio tenta de forma muito sutil conquistá-la, mas não faz nenhum avanço abusivo. Mesmo com esse fato, Breno continua tentando reconquistá-la e provocando o rival de forma aberta.

Amanda e Antônio se casam rapidamente e a convivência começa a ficar estranha a partir da noite de núpcias. Antônio faz o possível para respeitas os limites dela e se afastar, na medida do possível, e Amanda se sente desconfortável com a situação. Já Breno, de forma muito abusada, continua provocando o casal e investindo em Amanda, o que deixa Antônio louco de ciúmes.

Antônio ou Tony, como gosta de ser chamado, passa a conquistar o coração da esposa aos poucos, fazendo-a perceber os seus sentimentos e tudo o que ele fez por ela e pelo filho, e tudo o que ainda está disposto a fazer por ela pela família que assumiu. Montar uma linda casa, oferecer um casamento estável e tratar o seu filho como se fosse seu,  está longe de ser um gesto puramente altruísta, mas sim de um homem que ama verdadeiramente uma mulher e quer sua felicidade acima de tudo. Ela começa a perceber isso e fica balançada com seus próprios sentimentos.

O livro apresenta dramas familiares e situações cotidianas comuns, além de um amor desmedido e sincero, capaz de atos de generosidade e carinho em benefício da pessoa amada. Tony é paciente e abre mão da sua liberdade para ajudar e amparar a mulher que ama. Ele a conquista aos poucos, com gestos, palavras, ações, amor e principalmente muito respeito, sem invadir o espaço dela ou forçar uma situação que só os levariam ao sofrimento. No livro podemos ver que um grande amor pode ser construído no cotidiano do casal, pois nem sempre as pessoas se casam por amor, mas por obrigação ou necessidade; e a convivência pode tornar a relação prazerosa e fazer nascer um sentimento muito forte e duradouro.

Eu gostei o livro, apesar da história ser bem curta e de achar que a autora poderia ter explorado mais a fase do casamento. Ele terminou com um gosto de quero mais e sinceramente gostaria de ver um pouco mais da recente relação entre Amanda e Tony. A capa do livro ficou perfeita em relação à trama, mas tenho que dizer que o trabalho da editora Lp-Books deixou muito a desejar. A diagramação do livro não ficou muito legal e a revisão ficou muito ruim. É uma pena, porque o investimento do autor é alto para lançar um livro e a editora não faz jus ao investimento, publicando-o com tantas falhas.

Eu recomendo o livro e acho que cada um tem que ler para tirar as próprias conclusões.

Bjs no core



2 comentários:

  1. Glaucia!
    Obrigada pela divulgação. Por ter adquirido o livro e feito sua resenha, muito grata.
    Seu entendimento do livro também me agradou muito assim como os comentários que vem como forma de aprendizado para mim. Talvés em um futuro próximo pode vir a continuação da história, então poderá ver um pouco mais sobre os personagens ok!
    Abraços sinceros. Adorei a apresentação.
    Dill

    ResponderExcluir
  2. Oi, Glaucia.

    Eu tive a oportunidade de ler este livro e, assim como você, apreciei muito a história, que é bem relaxante e prazerosa de ler.

    Mas, concordo plenamente, que infelizmente a revisão e diagramação deixaram a desejar, o que é uma pena!

    Torço muito para que tenha uma continuação.

    Beijos.

    ResponderExcluir