Resenha: Belo desastre - Jamie McGuire




ISBN: 9788576861911
Título: Belo Desastre
Editora: Verus
Autora: Jamie McGuire
Ano: 2012
Páginas: 389
Avaliação 4/5

Sinopse: Abby Abernathy é uma boa garota. Ela não bebe nem fala palavrão, e tem a quantidade apropriada de cardigãs no guarda-roupa. Abby acredita que seu passado sombrio está bem distante, mas, quando se muda para uma nova cidade com America, sua melhor amiga, para cursar a faculdade, seu recomeço é rapidamente ameaçado pelo bad boy da universidade. Travis Maddox, com seu abdômen definido e seus braços tatuados, é exatamente o que Abby precisa – e deseja – evitar. Ele passa as noites ganhando dinheiro em um clube da luta e os dias seduzindo as garotas da faculdade. Intrigado com a resistência de Abby ao seu charme, Travis a atrai com uma aposta. Se ele perder, terá que ficar sem sexo por um mês. Se ela perder, deverá morar no apartamento dele pelo mesmo período. Qualquer que seja o resultado da aposta, Travis nem imagina que finalmente encontrou uma adversária à altura. E é então que eles se envolvem em uma relação intensa e conturbada, que pode acabar levando-os à loucura.




É uma estória clichê formidável e intrigante...

Vou falar logo da capa, depois que eu li o conteúdo, a capa me incomodou, certo, é uma capa linda eu sei, mas passa uma ideia de suspense com um toque de drama e até mesmo uma pitada de policial... Sim, eu consigo "ler" tudo isso na capa, mas a estória não tem quase nada a ver com isso.

Trata-se de um romance, que inicialmente é bem clichê: A mocinha boazinha, no seu primeiro ano de faculdade com um passado a ser esquecido; O bad boy que idolatra sua moto, lutador e cafajeste, mas também é lindo e sarado, isso superficialmente, porque ao conhecê-lo nos deparamos com um cara sensível, romântico, carinhoso e amabilíssimo.

Mas mesmo com as doses clichês exageradas, é impossível largar, primeiro porque eu estou pra conhecer protagonista tão teimosa quanto a Abby, - ô criaturinha cabeça dura! - Depois, claro, tem o Travis, impossível não se apaixonar, mas ele também desenvolve uma dependência por Abby meio psicótica...

Porém, o que mais me surpreendeu foi o momento onde o passado de Abby vem à tona, lá pela página 200, e ela precisa reviver esses monstros... Pôxa, muito bom! Mas achei pouco, passa tipo, puft! E já era, a autora poderia ter explorado melhor esse trecho da estória... Ficaram curiosos? Vou dar uma dica pra vocês: Vegas, Pôquer e Máfia... 

Também não posso passar sem comentar das lutas, isso mesmo, lutas, Travis é lutador, nada menos que Travis "Cachorro Loco" Maddox, palavras como "banho de sangue" e O Círculo" são constantemente mencionadas.

Aaaa, claro, preciso falar também de alguns outros personagens: América, a melhor amiga louca; Shep o namorado da melhor amiga, primo e companheiro de Ap do Travis, Shep é lindo também e tão romântico; E, claro, a família Madox, queria um pouco mais deles na estória...

"...
- Não consigo acertar uma com você. Não consigo acertar uma com você! Você diz que não quer mais nada comigo... Eu estou aqui, triste pra cacete! Tive que quebrar meu celular em um milhão de pedacinhos pra não te ligar a cada minuto de cada maldito dia! Tenho que fingir que está tudo bem na faculdade, pra você ser feliz... E você está brava comigo?! Você partiu a porra do meu coração!"

Enfim galera, é isso, "Belo desastre" pode ser resumido em "Diversão garantida", não tem como não gostar!

Agora minha dica de praxe: LEIAM!

Até.

2 comentários:

  1. Bom dia Nice, tudo bem?
    Eu já comentei isso algumas vezes, mas eu realmente tenho que dizer: o livro é viciante, porém o Travis me assustou e muito... Sinceramente, não é o tipo de cara que me arranca suspiros... Por outro lado, o clã Maddox é mais do que bem-vindo rs!
    Parabéns pela resenha!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. kkkkkkk Tbm me perguntava o motivo dessa capa! Não entendi até agora a escolha.
    Gostei de não gostei desse livro. Gostei do Travis (\o/), das lutas e da família dele, detestei a Abby! Pense numa garota chaaaaaata que me dava vontade de parar de ler de raiva kkkk.
    Por conta dela nem tô com vontade de ler Destroy me. Viu Abby, é tudo culpa sua! =D
    bjs

    ResponderExcluir