Resenha: Marcas indeléveis - Ahtange Ferreira


ISBN: 9788565588195
Título: Marcas Indeléveis
Autor: Ahtange Ferreira
Editora: Modo Editora
Revisor:Verônica Sobreira
Diagramador:Josi Raquel Echeverria
Capista:Adriana Brasil
Ano: 2012
Páginas: 277
Avaliação: 5




Sinopse: "Ame e o amor lhe levará por caminhos, veredas, canções e emoções errantes, inimagináveis, incompreensíveis aos olhos dos loucos que não conhecem a lucidez da loucura de amar...” Marcas Indeléveis é uma história baseada em fatos reais - amor, ódio, sexo, traição, violência doméstica, culpa e redenção. Esther vive uma trajetória de perdas e frustrações e parece não aprender com os próprios erros... Após várias tentativas frustradas ela desiste do amor até encontrá-lo de maneira inesperada e nunca antes sentida.



Existem feridas que deixam marcas profundas. Marcas que carregamos uma vida inteira e que às vezes nunca cicatrizam. Outras demoram algum tempo para cicatrizarem,  em um processo de recuperação muito penoso e sofrido. Quem nunca viveu uma situação difícil e teve vontade de morrer? Às  vezes passamos por coisas tão difíceis em nossas vidas, que pedimos a Deus para nos levar e acabar com todo sofrimento.

Em momentos desesperadores de nossas vidas, temos vontade de morrer ou sumir. Não vemos saída para os nossos problemas e tudo parece impossível. É exatamente disso que se trata esse livro. Ele fala com profundidade sobre as marcas deixadas pelo sofrimento ao longo de uma vida. A história é tão sofrida e palpável, que deixa o leitor sentindo uma angústia sufocante no peito.

Quando soube que se tratava de uma história baseada em fatos reais, o meu sofrimento, acompanhando a protagonista, só aumentou e me fez mergulhar com profundidade na trama.  A autora narra sua história sofrida de sua vida de forma tocante, deixando o leitor com o coração dilacerado com tanto sofrimento.

Esther é uma mulher que foi marcada pelas adversidades. Desde muito jovem, vivendo na pobreza, soube o que era ser humilhada e comer o pão que o diabo amassou. Ela foi viver na cidade grande com uma senhora, aparentemente caridosa. Lá, no entanto, é feita de empregada, desrespeitada, humilhada e perseguida pela filha da patroa. Seu único consolo é o amigo Evilásio, que com o tempo passar a ocupar um lugar em seu coração. Os dois começam a viver uma história de amor bonita e cheia de promessas quando esse é assassinado. Os seus sonhos são destruídos e sem alternativa, Esther volta para a casa da mãe.

O tempo passa e a jovem se transforma em uma linda mulher, chamando a atenção dos homens. Mas seu coração ainda encontra-se magoado e sofrido pela perda. Porém as coisas mudam ao conhecer em um professor, um homem mais velho, uma paixão ardente e irresistível. Os dois começam um relacionamento conturbado e Esther passa por muitas coisas desagradáveis, até que grávida descobre que Marcos é casado e possui filhos.

Abandonada por Marcos, humilhada pela família e tratada com discriminação por engravidar de um home casado, vai viver com uma amiga no período da gravidez. Mas se vê obrigada a retornar a casa da mãe e sofrer com mais humilhações e reprimendas. Seu parto não é nada fácil e os acontecimentos que seguem deixam Esther destruída. Porém o destino faz com que os seus caminhos se cruzem novamente com os de Marcos, que monta uma casa para ela viver com seu filho.

A vida de Esther não é perfeita, por viver como amante de um homem casado. Contudo ela se sente feliz por ter sua própria casa, apesar de não ter o conforto do homem que ama. A esposa de Marcos descobre o relacionamento e eles se separam. Mais uma vez ela volta para a casa da mãe, abandonada, com filho e sem perspectivas de vida.

A sua vida começa a mudar quando consegue um estágio em uma empresa. Lá conhece Fernando, um conquistador mulherengo e casado, por quem se sente atraída. Esther reluta muito, mas depois de Fernando se separar legalmente e fazer de tudo para conquistá-la, acaba caindo em seus braços e se casam.

O período do casamento é cheio de tribulações, humilhações e sofrimentos. Esther passa por tantas coisas doloridas, desagradáveis e agora tem filhos para cuidar. O sofrimento da personagem é algo que machuca o leitor em cada parte da leitura. Algo que vemos todos os dias com amigos, vizinhos e parentes, mas que preferimos não tomar partido. Somos espectadores das desgraças alheias.

Tanto sofrimento deixa marcas profundas na personagem. Mas com muita fé, força, obstinação essa mulher guerreira consegue passar por tudo e vencer na vida, apesar das intempéries que insistem em se colocar em seu caminho.

Esse é um livro profundo, que aborda temas da vida real, bem construído, palpável e faz o leitor refletir sobre o amor, família e caridade. Não adianta nada você se dizer uma pessoa bondosa, porque as qualidades das pessoas são demonstradas através das suas atitudes. Às vezes não encontramos apoio e consolo em nosso próprio lar. Nossa família torna-se um inimigo e o apoio vem de onde menos esperamos.  Passamos por tantas tribulações, que nos vemos fracos diante dos acontecimentos. É difícil encontrar força interior para sobreviver. E mesmo quando tudo passa, as marcas permanecem em nosso coração. São permanentes e não há o que possa apagá-las. Mas aprender a viver com essas marcas se faz necessário, ainda mais quando se tem outras pessoas que dependem de nós.

Marcas indeléveis não é um romance de mulherzinha, um conto de fada bonitinho e cheio de romance. Se você espera isso, nem adianta ler esse livro. Ele é um livro profundo, que faz o leitor refletir sobre a vida. Um livro maduro, bem construído e tocante. É uma leitura que certamente recomendo para leitores de qualquer faixa etária. Se está disposto a ler o livro, tenha em mente que a vida não é fácil. Não vivemos em um conto de fadas, onde tudo é perfeito. A vida real às vezes é cruel com as pessoas e saber viver cada momento depende muito da força interior que cada um carrega consigo.

Gostaria de parabenizar a Editora Modo, que fez um trabalho belíssimo de gráfica, diagramação e revisão. O livro é perfeito em todos os sentidos. Também gostaria de agradecer Ahtange por compartilhar conosco experiências tão marcantes. Esse livro me tocou de muitas formas, que fica difícil explicar a grandiosidade dos meus sentimentos após a leitura.


Beijos no core
Glau

13 comentários:

  1. Gostei do enredo e parece ser um livro tocante!
    Não conhecia o livro.

    ResponderExcluir
  2. É bem possível se identificar com esse romance.
    Ótima dica!

    ResponderExcluir
  3. Esse livro é muito intenso. É o tipo de história que você vê no dia a dia a logo se identifica. Em alguns momentos fiquei com um nó na garganta. A autora conseguiu realmente me emocionar.


    bjs no core

    ResponderExcluir
  4. Eu não conhecia o livro e achei que fosse mais um romance meloso. Ele me surpreendeu completamente.A história é palpável e o leitor se identifica com o drama vivido pela personagem. Ele me tocou profundamente

    ResponderExcluir
  5. Eu li Marcas Indeléveis e concordo, um livro forte, real e muito emocionante! Parabéns pela bela resenha!

    ResponderExcluir
  6. Nossa!!! Caramba Gláucia hoje é meu niver e tô chorando (....)
    Essa estória é a de muitas mulheres com as quais convivi, entrevistei, pesquisei, algumas moram dentro de mim e muitas estão por esse mundo de Deus, algumas neste exato momento estão sentindo as mesmas dores de Esther. Hoje uma mãe que eu queria conhecer desde o início do ano apareceu na escola, e esta me tocou fundo, contou-me tantas dificuldades e disse - Não sei lê nem escrever por isso não sei e não posso ajudar meu filho, não tenho marido cuido sozinha de 03 filhos e sofro muito. Nisto lágrimas escorriam-lhe pela face, eu a abracei e a chamei para minha casa e vou ensiná-la a ler e escrever. A Esther é um pouco dessa mulher e de outras tantas... Você fez um ótimo trabalho e fico muito feliz por saber que o objetivo fora alcançado, tocar o coração dos leitores. Estou assim emocionada e infelizmente as lágrimas me impedem de continuar(.....)
    Obrigada por isso amiga.

    ResponderExcluir
  7. Adorei a resenha, muito profunda, assim como o livro deve ser
    Lindo..
    Me deu uma vontade de ler, mesmo sem ser um gênero que curto
    Enfim
    Beijos
    www.verumlivronatv.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Bom dia Gláucia, tudo bem?
    Uau.. nossa, amei a sua resenha... não tinha muita idéia do que esperar do livro, mas agora eu sei que com certeza eu quero ler!
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Amore,esse livro me comoveu profundamente. Fiquei com um nó na garganta e fazia uma oração para que tudo terminasse bem. O seu trabalho sem dúvida é uma lição de vida para muitas pessoas. Todo livro tem que passar algum tipo de mensagem e esse livro me diz para ser mais perseverante e ter força, Não importa quais sejam as dificuldades. Se ainda não deu certo, é porque não acabou. Temos que crer, lutar e não perder a fé. Obrigada por compartilhar conosco essa maravilhosa história.


    Feliz aniversário


    bjs no core

    ResponderExcluir
  10. Carol esse não é um romance de mulherzinha. É um livro forte, com fatos marcantes e dramáticos. A vida da personagem não foi nada fácil e ela sofre muito na trama inteira. Meu coração ficou completamente apertado com os relatos. Acho que é uma lição de vida e vale e pena lê-lo. Pode colocar sem medo na sua lita de leitura.


    bjs

    ResponderExcluir
  11. Por ele ser baseado em fatos reais me marcou tanto. Só pedia o tempo inteiro para tudo terminar bem. Meu coração ficou apertado demais com ele.


    bjs no core

    ResponderExcluir
  12. Eu esperava um romance bonitinho, mas ele trás uma realidade nua e crua, que muitas mulheres passam em suas vidas. Aborda temas bem complicados e deixa o leitor terrivelmente tocado. Eu a todo momento orava para que ela terminasse bem. Graças a Deus deu todo certo no fim.


    bjs no core

    ResponderExcluir
  13. É a primeira resenha que leio do livro e gostei do que vi. Vou procurar ler com certeza.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir