Resenha: Adormecida - Anna Sheehan


Sinopse:

Rose Fitzroy esteve dormindo profundamente por décadas .. Imersa num um sono induzido, esquecida em um porão por mais de 60 anos, a jovem foi tratada como desaparecida enquanto os anos sombrios pairavam sobre o mundo. Despertada como por encanto e descobrindo-se herdeira de uma corporação multimilionária, Rose vai entendendo pouco a pouco, tudo o que aconteceu em sua ausência. Ela descobre que seus pais estão mortos. O rapaz por quem era apaixonada não é mais que uma mera lembrança. A terra se tornou um lugar estranho e perigoso, especialmente pra ela, que terá de assumir seu lugar à frente dos negócios. Desejando adaptar-se à nova realidade, Rose só consegue confiar numa pessoa estranhamente familiar. Rose até gostaria de deixar o passado para trás, no entanto, ao pressentir o perigo, percebe que precisa enfrentá-lo - ou não haverá futuro.

"Um longo, longo sono, um famoso sono
Que ao dia não se apresenta
Pelo esticar de um membro ou movimento de uma pálpebra 
Um sono idependente.

Terá sido a ociosidade sempre assim?
Encerrada em uma lage de pedra
A desfrutar o passar dos séculos
Sem nunca a tarde fitar?"

(Emily Dickinson)



"Adormecida" segue a linha de livros distópicos, narrado em um futuro completamente fantástico e interessante que deixa o leitor ávido por mais!

Venham comigo e conheçam um pouco sobre essa história que tem tudo para arrebatar muitos fãs de distopias e tantos outros que nunca leram nada do gênero!

Rose Fitzroy ficou em "estase química" por sessenta e dois anos e ao despertar através de "um beijo" de Brendan Sabah, viu seu mundo de pernas para o ar, pois acordou para uma realidade desconhecida, onde as pessoas de seu passado não existem mais. 

Rose nunca havia passado tanto tempo em "estase", na verdade nem mesmo os astronautas e colonizadores o tinham feito. Todos eram despertados ao menos uma vez no mês para que pudessem evitar a "fadiga estase". Pelo fato de ter passado tanto tempo desacordada, Rose sente sua pele inchada e sensível, com ossos protuberantes, visão turva, respiração fraca e fica enjoada sempre que tenta ingerir algo. Na verdade sente-se uma velha.. O que técnicamente é verdade, já que ela tem mais de oitenta anos com apenas dezesseis (idade na qual entrou em "estase").

Nem todos estão contentes com o despertar de Rose, já que ela é herdeira única de um grande patrimônio intitulado UniCorp (corporação interplanetária), ela é vista como aberração por uns, estorvo.. Como alguém interessante e por aí vai! Só o que se pode ter certeza é que no mínimo Rose desperta a curiosidade de muitas pessoas! Afinal não são todos os dias que se encontra alguém em um "caixão de vidro" que dormiu por longos e longos anos!
Todos, inclusive a própria Rose, estão curiosos para saber o que aconteceu com a "Bela Adormecida".

A alguns anos atrás aconteceu os Tempos Sombrios que foram desencadeados pelo crescimento populacional, pelo boom econômico e que criou um abismo entre ricos e pobres, pelo retorno de doenças como a tuberculose, peste bubônica entre outras.

Só o que Rose faz nos próximos meses em que acorda é o que esperam que ela faça! A única coisa que a alegra um pouco é o estúdio de arte montado em seu quarto e seu cachorro Estradas Desertas, que ela preferiu chamar carinhosamente de Zavier; como uma lembrança ao seu grande amor e melhor amigo Xavier, rapaz no qual ela pensa a todo instante e sente muita falta! Alguém que conhece Rose muito bem, está fazendo com que ela se sinta mais confortável em sua situação lamentável! Quem será? Ou será que ela está imaginando coisas?


Minhas impressões:

Ao iniciar a leitura não esperava encontrar um livro tão futurístico e ao mesmo tempo que me agradasse tanto. Levou pouco tempo para que eu me acostumasse com os termos criados pela autora para diferenciar o tempo narrado no livro e também a época em que o livro se passa.

Imaginem que susto seria acordar depois de tanto tempo e perceber que você não pertence a tal lugar.. Ou melhor.. Não pertence mais a lugar algum! Tudo é completamente novo e assustador para Rose e sendo uma jovem de apenas dezesseis anos seus sentimentos estão absolutamente a flor da pele!

Adorei as lembranças do passado em que ainda era uma menina e se recordava com carinho de Xavier que fora o único amigo que ela teve, pois estava sempre em "estase" enquanto todas as outras crianças cresciam de forma normal! Essa amizade tornou-se um amor puro e simples que ela pôde vivenciar as poucas vezes em que não estava em "estase".

O livro traz citações a grandes artistas como Dalí, Nehru, Van Gogh, Monet.. E a todo instante nos deparamos com menções a arte, pois isso é uma das poucas coisas sobre a qual Rose realmente entende!

O livro é triste em muitos pontos, pois Rose é e sempre foi muito solitária. Sua situação foi imposta como sendo a coisa certa e quando Rose percebe isso, entende que ela nunca "viveu de verdade".. Ela foi deixada para trás, esquecida propositalmente.. Os motivos? Vocês saberão ao ler o livro!

Como se não bastasse toda a sua situação trágica; Rose se vê apaixonada por Bren, que não retribui da mesma forma e acaba magoando-a ainda mais fazendo com que ela deseje estar em "estase" novamente, pois é a única forma de esquecer os males que lhe aflinge.

Tenho que mencionar Otto, estou simplesmente encantada com ele. Otto é propriedade da UniCorp por ser um experimento, ele teve seu DNA alterado a partir de um micróbio e apesar de ser quase normal, não é considerado assim; não possuindo direitos, podendo morrer a qualquer instante! A história dele é triste e a maneira como ele se identifica com Rose e se preocupa com ela é incrível de se ler! Vocês entenderão quando lerem o livro!

Adormecida é um livro intenso, que mexeu com o meu emocional, pois apesar de parecer um livro meio estranho por causa da "estase" ou do Otto que é geneticamente modificado sendo visto como objeto e até uma aberração.. É um livro profundo, tocante e de uma sensibilidade impressinante!

O livro terá continuação e espero que em breve eu possa estar me deliciando com uma leitura tão prazerosa quanto Adormecida foi!

ISBN:9788563066480
Livro:Adormecida
Autor (a):Anna Sheehan
Editora:Lua de Papel
Tradução:Camile Mendrot
Revisão:Beatriz de Freitas & Gabriela Hengles
Capa: Osmane Garcia Filho
Ano:2012
Edição:1
Páginas:272
Avaliação:5 S2

25 comentários:

  1. Bom dia Karini, tudo bem?
    Quando eu vi a capa desse livro, achei uma graça, mas não sabia o que esperar dele. Fiquei interessada na sinopse, mas ainda sim não tinha certeza se iria ler ou não esse livro. Depois da sua resenha, bom, eu quero ler o livro rs... Mesmo a história sendo triste, ao mesmo tempo parece ser bem interessante.
    Adorei a resenha, parabéns!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Kari, por tudo que conversamos sobre esse livro, sei que vou ficar encantada com ele. Você sabe que distopias não são minha praia e que meu momento é péssimo para esse tipo de livro. Apesar disso me interessei muito pelo enredo e pelos fatos que cercam a protagonista.


    Mais um para a minha LONGA lista de desejados. Vou a falência assim.




    bjs no core

    ResponderExcluir
  3. Karini!
    Gosto do tema distopia e ficção futurista, sempre gostei.
    Fiquei imaginando tudo que Rose passou... uau!!
    Quero muito ter a oportunidade de ler, parabéns pela resenha.




    Não, não esqueci de você... é apenas pouco tempo para tantas
    coisas...


    Vim desejar um início de mes maravilhoso e que todos seus
    desejos sejam concretizados no decorrer dos dias.


    "A prova mais clara de sabedoria é uma alegria
    constante." ( Michel de Montaigne )


    UM FINAL DE SEMANA CHEIO DE AMOR NO CORAÇÃO!


    Blogueiras Unidas 1275!


    Luz e paz!


    Cheirinhos


    Rudy


    BLOG ALEGRIA DE VIVER
    E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  4. Olá karini
    não imaginava uma distopia futurista, jurava que seria um romance mais meloso, mas pelo visto o livro desperta variadas emoções,e eu gosto muito disso. Amei a resenha
    bjos

    ResponderExcluir
  5. Karini, me encantei pelo livro por causa da capa, quando li a sinopse fiquei ainda mais interessante, mas depois de ler sua resenha, eu preciso ler esse livro.


    Estou participando da promoção, quem sabe dou sorte!


    Beijos


    ResponderExcluir
  6. Esse tema é bem intrigante imagina acordar 60 anos depois e descobrir que ficou milionária,eu morria,rsrsrs'

    ResponderExcluir
  7. Resenha muito boa, muito boa. A muito tempo estou querendo ler esse livro e depois de ler essa resenha, me deixou mais ansiosa do que estava.

    ResponderExcluir
  8. Eu estou doida por este livro que parece ser interessante!
    Temas distopicos e futuristas me agradam muito!
    Fiquei intrigada com essa coisa da personagem principal acordar 60 no futuro e descobrir tantas coisas desastrosas que possam ter vindo com o tempo!

    ResponderExcluir
  9. Nossa Karini, não tem como ler essa resenha e não imaginar como seria estar no lugar da Rose; fechar os olhos e, quando abri-los novamente, encontrar td diferente... a história deve ser realmente intensa. Quero muito ler.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  10. Caramba você conseguiu arrancar suspiros de mim só com essa resenha, pensa quando eu ler o livro?
    Fiquei encantada com o tema distopico futuristico e eu quero muito ler esse livro!

    ResponderExcluir
  11. Primeira vez que vejo falar desse livro e me interessei bastante por ele. Adorei a sinopse, pois gosto bastante do tema distopia, futurista essas coisas.

    ResponderExcluir
  12. Puxa, que legal! A moda futurística está com tudo agora. Ainda não tive a oportunidade de ler um livro desse gênero, mas das resenhas que li de livros assim posso afirmar que esse é um dos mais interessantes. Gostei dessa coisa do futuro não ser um lugar tão bom assim, como muitos imaginam, e só de ler a resenha percebemos que é um livro que realmente mexe com a gente.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  13. Oie =)
    Menina, menina, confesso que não um gênero que costumo ler, mas tua resenha foi tão empolgante, o livro mexeu tanto com você que fiquei curiosa e agora quero ler e sabe quais será minha reação com ele, espero me sentir como você!

    Beliscões
    carinhosos da Máh-

    Felicidades
    nos Livros



    @Maaria_Silvana

    ResponderExcluir
  14. Que livro louco! haha A não ser que ela seja tipo uma heroína, não consigo imaginar os motivos para ela ficar tanto tempo dormindo.. tipo uma deusa prometida, sei lá... Vou ter que ler o livro agora, não é mesmo? rsrs

    Mas eu fiquei imaginando, uma senhorinha adolescente solitária.. muito triste! Espero que ela consiga sair dessa e encontrar amigos por lá :)

    Beijo

    ResponderExcluir
  15. Eu juro que não sabia que o livro se tratava disso tudo que você falou! Eu já estava querendo ele pela capa maravilhosa, e nunca que pensei que ele era distópico e nem que teria continuação!!

    ResponderExcluir
  16. muito boa sua resenha. Li muito pouca resenhas desse livro. esse livro é inspirado na bela adormecida? gostei de saber que a autora gosta e comenta os pintores
    Dalí, Nehru, Van Gogh, Monet, já curti o livro, preciso lê-lo

    ResponderExcluir
  17. Adorei a resenha, o livro parece ser mto interessante, já que é baseado no conto da bela adormecida, e eu sou louca por contos de fadas =]
    Fiquei contente em saber que tem continuação, eu leio tantas sagas que estranho livro único rs!


    Ahhhhh menções a arte tornam td mais mágico S2!


    Miquilis: Bruna Costenaro

    ResponderExcluir
  18. Humm futuristica,mesmo assim gostei!!! e ainda saii do cliche que ela gosta do cararinha mas ele n gosta dela rs. só lendo mesmo para ver se gosto!!! bjs mt boa resenha
    Fernanda Vega

    ResponderExcluir
  19. Adormecida me parece um livro muito interessante que tem como tema de fundo a sociedade e sua evolução, assim como as consequências das escolhas na busca por riqueza e poder.
    Essa parte onde fazem uma abordagem ao conto da Bela Adormecida ficou ainda mais interessante!
    Sem dúvidas um livro com tema atual e interessante de se ler.

    ResponderExcluir
  20. Vou confessar que, num primeiro momento, o livro me pareceu meio 'estranho' por ser um distópico aparentemente beeeeem futurístico, mas tenho lido algumas resenhas e, assim como vc, todas falam que Adormecida é intenso, emocional e que após as primeiras páginas a estória realmente te prende. Um livro, digamos, diferente, mas que me deixou muito curiosa, principalmente, para saber o porquê Rose foi deixada para trás, esquecida propositalmente. Mais um que vai pra listinha... Ótima resenha, Karini!


    Marcia Nascimento
    @BobbyDupeaGirl

    ResponderExcluir
  21. Em primeiro lugar, que capa linda. Eu realmente venho passando longe de trilogias e séries, mas adoro distopias. Quando todos os livros estiverem publicados creio que vou me interessar mais por eles porque parece ser realmente interessante essa distopia futurista.

    ResponderExcluir
  22. Que interessante. Fiquei impressionada como o livro me chamou atenção apesar de não gostar muito de distopias.

    ResponderExcluir
  23. amei a resenha, quero muito ler este livro, adoro livros que misturam fantasia, romance, me parece ser bem interessante, já li ótimos comentários sobre ele.

    ResponderExcluir
  24. Gostei *u*
    Essas misturas mexem comigo k

    ResponderExcluir
  25. Já li o livro 2 vezes e me vi tão fascinada por esse mundo de Rose também estou esperando ansiosa pela continuação .... contando os segundo na verdade kkk se souber quando a continuação será lançada e puder me avisar ficaria muito grata .... olha já tava quase me esquecendo , amei sua sinopse mesmo já tento lido o livro ..... mil Beijos

    ResponderExcluir