Resenha: Desventuras em Série - Livro 5 e 6 - Lemony Snicket

ISBN: 97885355902747
Livro: Inferno no colégio interno / Livro 5
Série: Desventuras em Série
Autor (a): Lemony Snicket
Editora: Companhia das Letras
Páginas: 200
Avaliação: 5

Nada de aventuras emocionantes com final feliz: Violet, Klaus e Sunny Baudelaire são legais e inteligentes, mas a vida deles está repleta de má sorte e infelicidade. Em Inferno no colégio interno, os três irmãos enfrentam caranguejos, provas hiper-rigorosas e os castigos de um internato.
O colégio se transformou em mais um desastroso episódio de suas vidas horríveis. Desta vez, eles precisam escapar de fungos gotejantes e assistir a recitais de violinos, além de entender o complicado sistema métrico e suportar os exercícios de D.O.R. Violet, Klaus e Sunny têm o poder de atrair desgraças.

Quem gosta de histórias alegres não deve nem abrir este livro, avisa o autor, pois as histórias dos Baudelaire são sempre uma desventura pior do que a outra.

 
Os irmãos Baudelaire desta vez são encaminhados para um colégio interno, pois não há mais com quem deixá-los.

Ao chegarem à Escola Preparatória Prufrock, são recebidos por Carmelita Spats, uma mulher rude, violenta e nojenta; alguém que você certamente não faz questão nenhuma de conhecer. Os pobres órfãos, como diz o próprio autor, são desprovidos de sorte e de qualquer sinal de que as coisas possam melhorar. Parece que com o decorrer da história narrada, eles apenas vão encontrando mais e mais sofrimento em seu caminho.

Pensem em uma cabana em péssimas condições, goteiras com fungos esquisitos bichos que mordem e professores patéticos? Some isso as aparições incansáveis de Conde Olaf e pronto! Mais uma vez temos um inferno armado para os pobrezinhos dos irmãos Baudelaire!

Infelizmente eles continuam sem poder contar com o Sr. Poe, ou melhor, só o que podem contar é com sua tosse infalível.

Os irmãos continuam sofrendo perturbadoras adversidades e eu continuo com dó deles e um desejo enorme de que se fosse possível, escrever linhas melhores para eles.



ISBN: 9788535903201
Livro: O Elevador Ersatz / Livro6
Série: Desventuras em Série
Autor (a): Lemony Snicket
Editora: Companhia das Letras
Páginas: 228
Avaliação: 5

Como nos episódios anteriores, o sexto livro de Desventuras em série está repleto de desgraça, desespero e mal-estar. Quando essa nova desilusão começa, os irmãos Baudelaire estão acompanhados do Sr. Poe, um executivo de banco que ficara encarregado das crianças depois da morte dos pais deles num horrível incêndio.
Eles vão até à residência da família Squalor, os novos tutores dos Baudelaire. O Sr. Poe acredita que ali Violet, Klaus e Sunny estarão a salvo do ganancioso e traiçoeiro Conde Olaf, que foi o primeiro tutor dos três irmãos e que pretende, desde então, apropriar-se da fortuna herdada pelos Baudelaire. A última maldade cometida por Conde Olaf foi raptar os trigêmeos Quagmire, de quem os Baudelaire haviam ficado amigos no colégio interno.

Jerome e Esmé Squalor moram num apartamento de cobertura na Avenida Sombria. Para o desânimo dos três irmãos, o elevador do prédio foi desligado e eles são obrigados a chegar ao último andar pelas escadas escuras e tenebrosas. Depois de muitos e muitos degraus, eles finalmente chegam à casa nova, um enorme apartamento com 71 quartos, e descobrem que seus novos pais os tinham adotado apenas porque ter órfãos estava na moda.

Os irmãos parecem bem instalados, mas uma nova aparição do Conde Olaf vem trazer pavor aos Baudelaire. Eles agora têm de descobrir um jeito de se livrar dessa pérfida ameaça. A resposta pode estar no elevador ersatz, uma passagem secreta tão escura quanto "uma pantera negra como azeviche, coberta de piche, comendo alcaçuz preto no ponto mais profundo da parte mais funda do Mar Negro". E os perigos estão só começando. Dali em diante, uma montanha de horrores e desgostos ainda espera pelos desafortunados irmãos Baudelaire.

O Elavador Ersatz é o sexto livro da coleção Desventuras em série.

Como não poderia ser diferente, os irmãos Baudelaire são novamente encaminhados a outros tutores na tentativa de enfim encontrar um lar para morar.
Neste livro os pobres órfãos vão ficar nas mãos de Esmé e Jerome Squalor em um apartamento deslubrante na Avenida Sombria.
Mas uma vez sorte é algo com que os irmãos nunca podem contar, pois os tutores não são adequados para tomar conta deles, levando em conta que as preocupações de ambos são outras.

Como sempre o Sr. Poe vê como "impossível" que Conde Olaf ache os irmãos Baudelaire e isso acaba se tornando enfadonho, pois sabemos que ele sempre surge para fazer da vida dos irmãos um inferno com suas tentativas incansáveis de por a mão na herança deles.

Achei a "psicose" de Esmé por moda bem peculiar, chegando a beirar o bizarro com essa loucura..rs



Lemony mantém a maestria de narrar muito bem os fatos vividos pelos órfãos Baudelaire e dessa forma me prendendo cada vez mais em seu enredo fora do comum e muito bem orquestrado.
Ainda me espanto com tamanha imaginação vinda de nosso querido autor e tamanha sagacidade em criar uma história triste e ao mesmo tempo deliciosa de ser lida!

4 comentários:

  1. Bom dia Karini, tudo bem?
    Posso me tornar repetitiva com essa série? É simplesmente maravilhosa, tem todos os elementos que tornam a série F-A-N-T-Á-S-T-I-C-A!!

    ResponderExcluir
  2. Eu também acabo me tornando repetitiva, pois a cada livro continuo amando! rs

    ResponderExcluir
  3. Eu adoro Desventuras em Série, li até o livro 10 e adorei.
    Tenho que comprar o restate.

    ResponderExcluir
  4. Desventuras em Série. Sempre leio ótimas resenhas a respeito.
    Quero muito a coleção toda.

    ResponderExcluir