Resenha: Desventuras em Série - Livro 2 e 3 - Lemony Snicket

Bom dia amigos, eu estou lendo a coleção Desventuras em Série da Companhia das Letras e como os livros são em tamanho estilo pocket e com poucas páginas, resolvi postar a resenha de dois livros na mesma postagem! Espero que gostem, pois os livros que li até agora são realmente muito bons!


Livro: A sala dos répteis
Série: Desventuras em Série / Livro 2

Autor(a): Lemony Snicket
Editora: Companhia das Letras
Páginas:184
Avaliação: 5

Lemony Snicket é um autor que não pode ser acusado de falta de franqueza. Sabe que nem todo mundo suporta as tristezas que ele conta e por isso - para que depois ninguém reclame - faz questão de avisar: "Se você esperava encontrar uma história tranqüila e alegre, lamento dizer que escolheu o livro errado. A história pode parecer animadora no início, quando os meninos Baudelaire passam o tempo em companhia de alguns répteis interessantes e de um tio alto-astral, mas não se deixem enganar...".
Os Baudelaire têm mesmo uma incrível má sorte, mas pode-se afirmar que a vida deles seria bem mais fácil se não tivessem de enfrentar o tempo todo as armadilhas de seu arquiinimigo: o conde Olaf, um homem revoltante, gosmento e pérfido. Em Mau Começo ele deu uma pequena amostra do que é capaz de fazer para infernizar a vida de Violet, Klaus e Sunny Baudelaire - e aqui as coisas só pioram.

 
A Sala dos Répteis é o segundo livro da série Desventuras em Série de Lemony Snicket.

Os pobres irmãos Baudelaire, após sofrerem nas mãos do horrendo e maléfico conde Olaf e ter que lhe dar com a morte dos pais no primeiro volume da série são enviados pelo Sr. Poe para viverem com outro parente, o professor Montegomery, um homem que conhece muito sobre répteis principalmente cobras!
Os irmãos ficam maravilhados com a casa do professor, pois na mesma encontram-se  répteis diferentes e isso os intriga despertando o lado curioso que todos nós temos.

Dessa vez as coisas parecem melhorar um pouco para os irmãos, pois o tio tem boas intenções e quer cuidar deles de verdade (até que enfim!); porém como não poderia deixar de acontecer, os irmãos enfrentarão Stephano, um assistente que está com más intenções e e ao descobrirem que esse assistente nada mais é do que o maligno conde Olaf que arma o assassinato do professor Montegomery e tenta tomar posse dos irmãos mais uma vez.
Apesar das poucas páginas contidas em cada livro da série, muitas coisas acontecem e nos fazem sofrer junto com os irmãos e torcer por eles, como no livro anterior. Mesmo sabendo que ainda irão penar muito!
Leia e descubra em que aventuras estão envolvidos os irmãos Baudelaire!


Lemony continua com uma narrativa incrível e contagiante. O segundo volume desse livro é a sequência fiel do primeiro volume, é como se eu não tivesse interrompido a leitura e tudo fizesse parte de um mesmo livro. O que impressiona, pois alguns autores ao continuar uma obra, se perdem um pouco com divagações que às vezes não sabemos de onde saíram; mas Lemony não comete esse erro, ele simplesmente escreve muito bem e narra os fatos de forma empolgante, pois nos deixa torcendo pelos irmãos, mesmo sabendo que desde o inicio ele avisou que essa história não terá um final feliz! Impossível não torcer por eles!
Estou encantada com a escrita de Lemony bem como com sua sagacidade!
Indico aos leitores de todas as idades, certamente encontrarão uma obra rica em entretenimento onde o autor escreve de forma clara e sem rodeios. Sei que estou no inicio da série, mas certamente essa série é daquelas que queremos em nossa estante; daquelas séries que temos ciúmes e sequer emprestamos! rs




 Vamos a resenha do terceiro volume da série!
Livro:O Lago dos Sanguessugas
Série: Desventuras em Série / Livro 3

Autor(a): Lemony Snicket
Editora: Companhia das Letras
Páginas:184
Avaliação: 5

O misterioso autor das Desventuras em Série não só alcançou a lista de best-sellers infanto-juvenis do New York Times, como conseguiu entrar em todas as outras principais referências de vendagem americanas. Com sua estranha franqueza, na contracapa deste livro ele manda um recado a seus possíveis leitores:
"Caro leitor,
Se você ainda não leu nada sobre os órfãos Baudelaire, é preciso que antes mesmo de começar a primeira frase deste livro fique sabendo o seguinte: Violet, Klaus e Sunny são legais e superinteligentes, mas a vida deles, lamento dizer, está repleta de má sorte e infelicidade. Todas as histórias sobre essas três crianças são uma tristeza e uma verdadeira desgraça, e a que você tem nas mãos talvez seja a pior de todas. Se você não tem estômago para engolir uma história que inclui um furacão, uma invenção para sinalizar pedidos de socorro, sanguessugas famintas, caldo frio de pepinos, um horrendo vilão e uma boneca chamada Perfeita Fortuna, é provável que se desespere ao ler este livro. Continuarei a registrar essas histórias trágicas, pois é o que sei fazer. Cabe a você, no entanto, decidir se verdadeiramente será capaz de suportar esta história de horrores.

O Lago das Sanguessugas é o terceiro livro da tão aclamada série de Lemony Snicket; "Desventuras em Série". Essa série conquistou o meu coração e do meu filho de dez anos!



Irmãos Baudelaire / Imagem do filme



Mais uma vez os irmãos Baudelaire conseguem se livrar das arapucas do detestável conde Olaf, que os persegue onde quer que eles vão! (socorro!)
Os irmãos estão sendo encaminhados para a casa de uma tia chamada Josephine, uma mulher retraída, fanática por gramática e que possui medo de tudo. Ela mora em uma casa à beira de um penhasco, nos arredores do Lago Lacrimoso.



 Conde Olaf (Jim Carrey)


Tia Josephine não é má, porém é uma pessoa egocêntrica. Tem medo de telefone, do Lago Lacrimoso (devido seu esposo ter falecido nesse lago comido pelas sanguessugas), tem medo de maçaneta e como se já não bastassem os medos estranhos vindo de tia Josephine.. ela tem medo do fogão. Então os irmãos sofrem com isso devido a não terem nenhuma comida quente, só "gororoba" (comida fria, ruim!) Ela fica com esses medos estranhos após a morte de seu esposo. É uma espécie de trauma, como se visse um lado ruim em tudo que está ao redor de si!

Como não poderia faltar, conde Olaf irá atrás dos pequenos órfãos, apresentando-se como capitão Sham caindo nas graças da tia Josephine e afastando a possibilidade de ela acreditar nos irmãos Baudelaire. "Cuidado Josephine ele não é quem você pensa" - isso é o que fiquei repetindo ao ler esse livro! Mas claro! Josephine cai como patinho, acreditando na falsa bondade que ele demonstra!

A partir desse ponto muitas coisas acontecem, e não vou entrar no assunto para não acabar contando muito e estragando a surpresa de vocês mas confesso que dá vontade! rs


Desventuras em série é encantador com suas peculiaridades e triste com todo o sofrimento dos irmãos Baudelaire; mesmo com os avisos do autor de que nessa série não encontraremos finais felizes, não tem como não torcer por eles e sentir raiva quando as coisas dão erradas e as pessoas não acreditam neles! #coitados

Sr. Poe chega a ser irritante, sempre levando eles de uma casa a outra e não tomando qualquer atitude que possa de fato ajudá-los a ter uma vida boa depois de tanto sofrimento!
As vezes fico até achando ele omisso propositalmente, pois não é possível alguém ser tão banana! Sei lá!
O bonito nesse livro é o amor entre irmãos e a cumplicidade e carinho que uns tem para com os outros mesmo no meio de tantas adversidades!

Eu continuo encantada pela escrita de Lemony que não perde o ritmo mesmo em seu terceiro volume e me deixou mais uma vez com vontade de continuar a série!

Super recomendo essa série para leitores de todas as idades!




Acompanhe as resenhas anteriores:

4 comentários:

  1. Bom dia Karini, tudo bem?
    Eu adoro essa série, não tem como não se encantar com as histórias nem as confusões que seguem essas crianças...
    Parabéns pela sua resenha!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi Carol, eu acabei me encantando por esta série que também está sendo lida pelo meu filho que fica debatendo comigo! #adoro

    ResponderExcluir
  3. Amore, eu assisti ao filme achei o enredo muito bom. Fico pensando em como é distribuir isso nos livros. Mas pelo que vejo o autor soube fazer muito bem. O conde Olaf chega a ser bizarro. Ri bastante com algumas cenas do filme e fico imaginando a descrição de cada cena. Agora não tenho condições de ler e de comprar, mas tenho interesse em ler a série. Pelo que você me contou, ela parece muto boa.


    bjs no core

    ResponderExcluir
  4. Glau, não precisa comprar. Mesmo eu tendo ciúmes de alguns dos meus livros, você é minha gêmea do coração e para você sempre empresto qualquer livro da minha estante!

    Os livros são bem melhores que o filme, não que o filme seja ruim, mas prefiro os livros!

    ResponderExcluir