Resenha: Alguém como você - Cathy Cally



Alguém Como Você, de Cathy Kelly – autora preferida de Marian Keyes –, traz três mulheres que, após se conhecerem numa viagem ao Egito, tornam-se amigas inseparáveis e passam a compartilhar todos os seus problemas, amores e segredos. O romance foi vencedor do Romantic Novel of the Year Award.  
Emma tem 31 anos, é feliz no casamento e desesperada para ter um filho. Com uma mãe agressiva e um pai grosseiro, seus amigos não entendem porque ela não procura um médico especializado em fertilização nem porque não se impõe frente aos pais.
Hannah é jovem, bela e bem-sucedida, mas luta para esconder o fora que tomou do amor de sua vida.
Leoni, veterinária divorciada e apaixonada por animais, é mãe devotada de três adolescentes, e que, após seis anos de reclusão, decide publicar um anuncio de jornal para achar um namorado.


Alguém como você da autora Cathy Kelly, publicado pela Bertrand Brasil, nos conta a história de três mulheres comuns com as quais podemos nos identificar facilmente.

Emma, Leonie e Hannah, são diferentes, porém após uma viagem ao Egito onde elas compartilham seus sentimentos umas com as outras, acabam criando um laço de amizade que acreditam as unirá para sempre!
Após a viagem todas voltam aos seus afazeres e as suas rotinas, porém mantém suas promessas de se encontrarem em reuniões mensais onde poderão continuar compartilhando seus problemas e sentimentos.

Emma tem 31 anos, um casamento feliz, onde o amor é palpável, porém não posso dizer o mesmo da relação que ela tem com os pais.
Ela possui um pai que ultrapassa o limite do autoritarismo, das exigências e para ele nada do que Emma faz está bom; ela sempre tentado superar as expectativas dele, porém seus esforços são sempre em vão, uma vez que só o que ele faz é critica-la.
Emma sonha em ter um bebê, mas o tempo está correndo e ela não consegue engravidar e então passa a sentir-se culpada e até um tanto fragilizada.

Hannah por outro lado viveu dez anos em função de seu namorado, desistindo de si mesma e de seus sonhos. Quando seu namorado a deixa, ela resolve se dedicar a si mesma e promete repensar suas escolhas para homens, mas isso não transcorre exatamente como ela imagina. Ela é bem resolvida com sigo mesma; bonita, atraente.

Leonie é uma enfermeira de animais, divorciada e mãe de três adolescentes.
Ela está em busca de um amor, já que no auge dos seus quarenta anos percebeu que a relação que tinha com o ex-marido era de amizade, não existindo mais aquela paixão.
Ela está um pouco acima do peso e sente-se muito insegura consigo mesma e tenta esconder suas inseguranças com roupas extravagantes e muita maquiagem.

Neste livro somos apresentados ao universo dessas três mulheres tão diferentes e ao mesmo tempo com muitas frustrações. Elas são movidas pela amizade e juntas tentam ajudar umas as outras a superar as dificuldades existentes em seus relacionamentos, ou as inseguranças de cada uma.
Uma história envolvente e real, pois os temas tratados nessa trama são facilmente encontrados no dia a dia de muitas de nós, leitoras!
Cathy Kally é uma escritora que faz muito sucesso com seus livros na Irlanda, possuindo vários livros publicados por lá. A Bertrand apostou nela e trouxe essa obra atraente para nós, publico brasileiro e em minha opinião acertou em cheio. Um livro voltado para o publico maduro feminino e que tem um potencial enorme para emplacar!

Adorei o amadurecimento dos personagens ao longo das páginas lidas. E algumas passagens onde são retratados os momentos entre Emma e seu abusivo pai chega a dar nos nervos! Ela deixa-se por muito tempo levar pelos absurdos questionamentos de seu pai, chegando em alguns momentos a acreditar que o que ele fala é verdadeiro, talvez para que aquilo passe logo e até mesmo por medo de se impor!
Os momentos retratados entre Leonie e seus filhos adolescentes, principalmente nas gêmeas é uma parte muitas vezes divertida e que garante um ótimo entretenimento.

O livro é incrível, pela facilidade, como disse acima, de nos identificarmos com os personagens de forma real; com momento que cheguei a dizer em voz alta: "É exatamente assim que me sinto" nossa! Mas o ponto negativo da obra é que ele é muito detalhista chegando a cansar, não sei se é porque simplesmente li esse livro em 48h, mas em determinados pontos da leitura me senti extremamente cansada do excesso de descrições por parte da autora.

Mas no todo foi uma leitura muito prazerosa, onde me vi em casa sozinha no fim de semana e pensado o que fazer? Resolvi encarar esse livro de 700 páginas e não me arrependi! Pude viver um misto de sentimentos com essas páginas, onde me emocionei, ri e me encantei por essas três mulheres da ficção que podem ser facilmente transportadas para além das páginas.

Recomendo o livro que sem dúvidas é muito bom!

ISBN: 9788528614596
Livro: Alguém Como Você

Autor(a): Cathy Cally
Editora: Bertrand Brasil
Edição: 1
Ano: 2010
Páginas: 700
Avaliação: 4

14 comentários:

  1. Bom dia Karini, tudo bem? Eu não conhecia o livro, e foi uma ótima surpresa ler a sua resenha. O livro parece ser bem interessante, mostrando a auto descoberta dessas três mulheres tão diferentes entre si. Já adicionei na minha lista de desejados no skoob rs
    Parabéns pela resenha!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Amiga, adorei a resenha. Já vou add a minha lista de leitura.

    bjs no core

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia o livro, mas curti muito a premissa dele. Adorei a dica!


    Um beijo, Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  4. Adorei a dica de livro. Não conhecia.

    ResponderExcluir
  5. O livro é bem legal! Vale a pena conferir!

    ResponderExcluir
  6. Dá uma olhadinha no site da Bertrand tem muita coisa boa!

    ResponderExcluir
  7. Você irá gostar desse livro Carol, pois é fácil nos identificarmos em uma ou várias situações!

    ResponderExcluir
  8. Esse livro parece ser exatamente o que estou precisando nesse momento!
    Fiquei realmente pensando em algumas coisas da minha ao ler essa resenha e percebo que talvez esse livro vá até me ajudar de alguma forma a transformar algumas coisas!

    ResponderExcluir
  9. Chic-lit é sempre bem vindo depois de uma leva de sobrenaturais.
    Eu curto de montão!

    ResponderExcluir
  10. Amei sua dica, ótima resenha, eu amo livro que a gente se identifica muito e principalmente uma pausa em meio a tantos livros de vampiros, distopias e afins. Vai para a lista. Um abraço!

    ResponderExcluir
  11. O livro parece ter uma daquelas histórias que mexem conosco, afinal é fácil identificar-nos com um chic-lit mesmo!
    Leoni é bem a minha cara pelo que você descreveu.
    Ótima resenha!

    ResponderExcluir
  12. Uma resenha bem elaborada e descritiva que fez com que eu sentisse o enredo.
    Já gostei.
    Verifiquei o preço do livro e é bem salgado.
    Mas bom saber que vale a pena, já sei o que pedir de aniversário já que está chegando a data.

    ResponderExcluir