Resenha: Componentes do infinito – A Estrela do amanhã. Tomo 1 - Fábio Paulo

No final da resenha tem sorteio de livro e marcador

ISBN: 9788579617614
Livro: A Estrela do amanhã. Tomo 1
Série: Componentes do infinito
Autor: Fábio Paulo
Editora:  Multifoco
Livro: 1
Edição: 1
Ano: 2012
Páginas: 297
Avaliação: 4

Componentes do infinito – A estrela do amanhã é o primeiro tomo de um projeto constituído por três tomos onde os leitores conhecerão uma nova mitologia com personagens e características marcantes. Uma empolgante aventura de ficção cheia de ação e mistérios, onde uma civilização religiosa denominada Povos Quentes, oprimida no interior do planeta Terra, em um recinto conhecido como Terras de Dentro se aliou a descobridores alienígenas. Essa união provocou uma destruição em escala global e os homens foram escravizados. Durante a ocupação caótica, um jovem com um estranho símbolo no rosto e de origem misteriosa chamado Reison iniciou uma jornada mortal nos países europeus em busca dos invasores alienígenas manifestando poderes excepcionais. Em sua incursão tortuosa encontrou a garota Tai Lay, perita em lutas. Obstinada ela acreditou em Reison e viu nos poderes dele a chance para tomarem de volta o seu lar. Em meio à luta dos humanos pela sobrevivência, os Povos Quentes buscavam se adaptar a uma nova vida na superfície, longe das mazelas sofridas nas Terras de Dentro, enquanto seus ambiciosos aliados alienígenas lutavam entre si pelo controle das riquezas minerais desse planeta. Nos Estados Unidos os últimos sobreviventes lutavam pela liberdade e os irmãos de criação Alice e Tom Cod desafiaram os invasores sendo amparados pelo renegado dos Povos Quentes, Muah. Posteriormente os três se juntaram a Reison e Tai Lay nessa aventura emocionante contra a horda de invasores alienígenas.

Há muitos e muitos anos, os representantes dos homens, Lhedi, e os representantes dos povos quentes, rei Marral, travaram uma luta implacável para decidir quem deveria habilitar o planeta terra. O representante dos humanos acreditava que era possível uma convivência pacífica entre os povos. Já o representante dos povos quentes acreditava que a ganância humana seria capaz de destruir essa convivência, e também corromper o seu povo. Como não houve acordo, o rei Marral acabou sendo derrotado e enviado ao centro da terra junto com seu povo, onde deixou escrito suas profecias, através de hinos.

Nos hinos proféticos, o rei falava como o povo deveria viver e dizia que um dia eles seriam libertados com ajuda de um conquistador que viria de cima. Assim acreditaram nisso por gerações, vivendo de forma pacifica, pouco evoluída, mas compartilhando tudo o que produziam, respeitando uns aos outros e cultuando o falecido e sábio rei Marral.

Conforme foi profetizado, apareceram conquistadores, ou melhor alienígenas, para fazer um acordo com a rainha Mazda e levar o povo quente para a terra prometida. A rainha, que era muito centrada, desconfiou do acordo, contudo o seu fanatismo pela crença na profética  e o desejo de se vingar dos homens a fizeram se render aquilo. Foi selado ali o destino da humanidade entre o ambicioso Teyro e o povo quente.

Enquanto o sacerdote Somos estudava, orientava e aprendia sobre o povo quente, Teyro foi cumprir sua missão de aniquilar a raça humana, destruindo as grandes nações em pouco tempo e subjugando os homens, mulheres e crianças que sobreviveram ao massacre. Tudo corria conforme o planejado e tanto Teyro quanto a rainha Mazda estariam satisfeitos por obterem o desejado. Ele teria os minerais fornecidos pelos povos quentes e ela teria a “terra” prometida para o seu povo.

Quando finalmente o povo quente foi levado para a superfície da terra, teve uma adaptação muito difícil. Estavam acostumados com alta temperatura, uma vida tranqüila e pacata, mas principalmente de uma população unida. Eles foram ficando cada vez mais infelizes e a rainha irritada com o andamento das coisas, culpando Teyro pelo ocorrido.

Os alienígenas fizeram muitas usinas para extrair os minerais da terra, mas os escravos humanos não eram resistentes a temperatura. Somos, com toda sua inteligência, começou a criar uma raça de híbridos, entre humanos e povos quentes. Anos se passaram e quando perceberam o sucesso da experiência, começaram a aniquilar os povos que ainda resistiam e viviam escondidos nos continentes. O primeiro ataque foi o território Africano, que até então não havia sofrido tantas represálias dos alienígenas.

No território africano vivia Reison, um rapaz que caiu do céu e foi encontrado pelas irmãs Graça e Glória. Elas o criaram como um verdadeiro filho, junto com a sobrinha Sara e tentaram fazer o possível para educá-lo bem, apesar de sua rebeldia e vontade de se rebelar contra os invasores.

Reison sempre foi um pouco solitário, devido a uma estranha marca de nascença no rosto, as pessoas o repeliam e zombavam dele. Era muito infeliz com a vida que levava e o seu único conforto era a família, principalmente a bondosa Sara. Porém ele vê isso tudo destruído, quando os batedores de Teyro invadem o seu território e massacram o seu povo. Agora, sozinho, com sede de vingança, Reison só pensa em acabar com aqueles que destruíram sua família.

Em sua peregrinação em busca dos inimigos, Reison destruiu duas usinas dos alienígenas, com poderes recentemente descobertos, e humilha o principal general de Teyro após uma luta, onde o deixa completamente destruído e a beira da morte. É nesse cenário que ele conhece a corajosa e obstinada Tai Lay, que faz parte de um grupo de resistência e tenta encontrar uma forma de derrotar Teyro e seus soldados.

No outro estreito dessa estória, temos a personagem de Muah, um jovem vindo dos povos quentes, mas que foi mantido prisioneiro toda a vida, por ter um dom que amedrontava o seu povo. Ele é capaz de apagar o fogo e sempre foi considerado uma aberração e grande ameaça. Quando o povo quente foi para a “terra prometida”, Muah foi deixado sob cuidado do sacerdote Somos. Assim ele foi treinado e ensinado para se tornar um grande general de Teyro. Mas sua personalidade o fez ver que tudo aquilo estava errado e com o passar do tempo, começou a desprezar os alienígenas e sentir vontade de fazer algo para mudar a situação. Porém precisava encontrar alguém que lhe desse ouvido e lhe ajudasse a enfrentar os invasores. Foi nessa busca que Muah conheceu os Irmãos Alice e Tom Cold.

Alice e Tom Cold ficaram órfãos aos treze anos e foram acolhidos pela resistência, que se escondeu e passou a traçar planos contra os inimigos. Por anos eles foram treinados pelo pai adotivo Albert, para serem soldados implacáveis. Os irmãos não tiveram infância, não puderam interagir com as outras crianças refugiadas. Eles eram vistos apenas como armas de guerra e em suas mentes foi introduzida uma mentalidade de Kamikase. Quando  a resistência decide destruir a usina americana, os irmãos não são levados para essa missão, e Albert morre. Eles sentem muito desejo de vingança e fogem do acampamento, carregando armas e explosivos, em busca de uma missão suicida. É nessa missão que conhecem Muah, que os ajuda a escapar e acaba tornando seu aliado.

Reison, Tai Lay, Muah, Alice e Tom se encontram nos Estados Unidos, mas logo de início sentem desconfianças uns dos outros. Tom é o mais invocado e não gosta muito de Muah e Reison. Porém após uma longa conversa, onde contam suas estórias, decidem se unir para destruir os alienígenas. Eles decidem se dividir, para conseguir destruir mais usinas e uma forma de encontrar a resposta para aniquilação dos inimigos. Muah, Alice e Tom decidem partir para o centro da terra e procurar as resposta de que precisam nas antigas profecias do rei Marral, enquanto Reison e Tai Lay partem para a Russia.

Bem, acho que já disse tudo o que podia sobre o livro. Esse é o primeiro desse gênero que leio e a estória foi muito interessante, terminando com um final revelador. As personagens são interessantes, fortes e cativantes, apesar de Reison ter apresentado atitudes infantis e de Tom ter me irritado um pouco. O que posso dizer é que gostei bastante do livro e indico a leitura. Para ele darei 4 estrelinhas.



Quer ganhar um livro e marcadores de Componentes do Infinito?

Regras Obrigatórias do Sorteio:

1- Seguir o blog
2- Comentar na resenha coerentemente, deixando nome, e-mail para contado e nome de seguidor do blog.
3- Curtir no a página no Facebook
4-Adicionar o livro no Skoob
5- Divulgando no twitter, sendo que tem como regra obrigatória seguir os perfis do @mixliterario e @StosFabio


"Eu vou ganhar um exemplar de Componentes do infinito que o @mixliterario e o autor @StosFabio estão sorteando: http://kingo.to/17Cr"

*Os participantes deverão ter endereço de entrega em território nacional.
*A responsabilidade do envio dos exemplares é de responsabilidade do Mix Literário, podendo ser feito em até 30 dias após a divulgação do resultado.

IREMOS CONFERIR SE O GANHADOR SEGUIU TODAS AS REGRAS; CASO NÃO TENHA SEGUIDO SERÁ DESCLASSFICADO.

O sorteio terá inicio hoje 03/07 e terminará no dia  04/08. 
O resultado sairá aqui no Mix no dia 06/08


Bjs no core

9 comentários:

  1. Bom dia Gláucia, tudo bem?
    Nossa, estava lendo a resenha e achei a história bem densa: temos guerra, amor, ódio, humanos e não-humanos... fiquei totalmente maravilhada com a sua resenha. Parabéns!
    E parabéns ao autor por essa obra maravilhosa!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Nossa, adoreeei!
    A resenha ficou ótima, estou morrendo de vontade de ler.
    Mitologia, ficção, religião, suspense e mistério, não tem como não se interessar.
    Muito legal da parte de vocês divulgarem o trabalho dos brasileiros, a maioria nem sempre tem espaço. Tem tanta coisa boa por ai e muita gente desconhece. Eu já li vários livros, de autores que eu nem conhecia, porque vi a resenha aqui.
    Parabéns para vocês e eu quero esse livro para mim *-* hehe

    Kezia Gomes Martins
    kezia_gm@hotmail.com
    Nome de seguidora: Kezia Martins

    ResponderExcluir
  3. Que legal!!!
    E toda essa história coube em apenas 297 páginas?!?!?! Deve ter um ritmo alucinante. Gosto bastante de livros desse gênero, e acho que vou gostar dessa trilogia também. Quero ter a oportunidade de lê-lo em breve.


    Nardonio Almeida
    DomDom Almeida
    n_alves4@hotmail.com
    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  4. Toda vez eu esqueço de postar as informações (dãh)
    Carolina Durães de Castro
    e-mail carolinaduraesdecastro@yahoo.com.br
    Nome de seguidor: Carolina Durães
    Twitter: @Carol_Duraes

    ResponderExcluir
  5. Nossa!!! Fiquei até meio tonta com tanta coisa. Concordo com Nardonio: tudo isto coube em 297 páginas??? Não é o tipo de leitura que eu escolheria para ler, mas fiquei super curiosa...

    ResponderExcluir
  6. O livro tem informação abeça heim?
    Faço da pergunta da Patty a minha, coube tudo isso em 297 páginas? Também fiquei curiosa.
    Só não participo do sorteio porque não ganho nada e não tenho paciência para ficar divulgando. Mas a dica está anotada!

    ResponderExcluir
  7. Honestamente não sei se o livro seria para mim.
    Ainda não curti um pouco temas como esse.
    Não gosto de Guerra nas estrelas, não gostei daquele livro de Lorien ou algo assim.
    Mas sempre dou oportunidade a novas sugestões e propostas que fogem o que está na moda!
    Vou anotar a dica e em algum momento ler o livro do Fábio Paulo.

    ResponderExcluir
  8. Interessante!
    Imagino como o livro deve ser eletrizante!

    ResponderExcluir
  9. Gostei!
    Parabéns ao Mix por apresentar autores nacionais!

    ResponderExcluir