Resenha || Como se livrar de um vampiro apaixonado - Beth Fantaskey


ISBN: 9788599296905
Livro: Como se livrar de um vampiro apaixonado
Autor(a): Beth Fantaskey
Editora: Sextante
Ano: 2010
Edição: 1
Páginas: 304
Avaliação: 3

Casar-se com um vampiro certamente não estava nos planos de Jessica Packwood para seu último ano escolar. Mas quando um novo aluno esquisitão (e muito gato) chamado Lucius Vladescu aparece do nada, dizendo que Jessica pertence à realeza vampírica e está prometida em casamento a ele, futuro líder do clã mais poderoso dos vampiros, ela é obrigada a rever seus conceitos. Se a garota ainda nem beijou na boca, como pode sequer pensar em um compromisso eterno? Armada com uma autoconfiança recém-adquirida, Jessica passa por uma transformação drástica de adolescente nerd americana para princesa vampira europeia nessa sátira cheia de reviravoltas e surpresas.
Mas aí um novo aluno esquisitão (e muito gato) chamado Lucius Vladescu aparece do nada, dizendo que Jessica pertence à realeza vampírica e lhe foi prometida em casamento para selar uma união entre os dois clãs mais poderosos dos vampiros. E de repente Jessica percebe que sua vida está prestes a virar de pernas para o ar.

Para completar, Lucius fica hospedado na casa dela e faz de tudo para conquistá-la e atrapalhar seu flerte com Jake. Com a desculpa de que está fazendo intercâmbio, ele gruda em Jessica na escola e humilha todos os outros alunos da aula de literatura. O romeno esnobe e perfeitinho tira a garota do sério, mas logo começa a se encantar pelo estilo de vida local e a rever seus conceitos.

Jessica, por sua vez, vivencia uma importante autodescoberta e sofre uma transformação física e psicológica, fazendo as pazes com o seu passado e chegando a uma encruzilhada: ela deve ignorar o pacto de casamento e tocar sua vida simples ao lado da família e do namoradinho do colégio ou se abrir para uma experiência surreal e se unir a Lucius por toda a eternidade?

Da leitura: Narrado em primeira pessoa, de leitura fácil, simples, hilária... No início principalmente. É o tipo de leitura que você não precisa pensar, mas que lhe instiga a continuar pela simplicidade e curiosidade.

Pontos positivos: É hilariante nos primeiros capítulos. O final não surpreende, mas alguns acontecimentos são realmente válidos para instigar a trama. 

“...Lucius fez uma pausa e girou nos calcanhares para me encarar. 
– Estou cansado da sua ignorância. – Ele chegou mais perto de mim, inclinando-se. – Como seus pais se recusam a informá-la, eu mesmo darei a notícia. – Ele apontou para o próprio peito e anunciou como se falasse com uma criança: - Eu sou um vampiro. – E apontou para o meu peito. Você é uma vampira. E vamos nos casar assim que você alcançar a maioridade. Isso foi decretado desde o nosso nascimento. 
Não cheguei a processar a parte do “vamos nos casar”, muito menos o lance sobre “decretado”. Eu já tinha me perdido na parte do “vampiro”. 
Pirado. Lucius Vladescu é completamente pirado. E estou sozinha com ele num estábulo. 
Por isso fiz o que qualquer pessoa sensata faria. Cravei o forcado no pé dele e corri feito uma louca pra casa, ignorando seu grito de dor.”
Pontos negativos: Clichê e previsível. Sabe, a menininha do colégio, perseguida, feinha, etc., o vampiro gato, protetor, educado, blá blá blá, romance no ar, ou seja, o típico conto de fadas sobrenatural.

Minha opinião: Vale a pena ler? Depende, se você está procurando uma leiturinha leve, que renderá bons momentos de risos, com história de amorzinho, etc., sim vale a pena. Mas se você não gosta de historinhas adolescentes, aquela teimosia e rebeldia típica dessa fase, então não tente. Eu gostei da leitura, estava precisando de um romancezinho pra relaxar, e esse caiu como uma luva. Quando terminei a leitura, fechei os olhos e disse a mim mesma: “ai esse livro é muito fofis!” =P

9 comentários:

  1. Bom dia Nice, tudo bem? Eu concordo com você que a história desse livro é clichê, mas na minha opinião, tem um tom mais cômico, e eu dei muitas risadas com ele. Realmente é uma leitura leve, eu consegui ler o livro em uma tarde. Para que gosta do tema, mas não tem muitas pretensões, esse livro é ótimo. Beijos

    ResponderExcluir
  2. Eu também já li o livro, concordo com você: é clichê. Mas é uma leitura gostosa, relaxante então eu recomendo. Essa é aquele tipo de história que é muito legal e te faz querer ler a continuação... Eu pretendo, e você?

    ResponderExcluir
  3. Vou ler a continuação sim, mesmo ouvindo os rumores que não é tão bom, mas acho melhor ver por mim, porém, não é uma prioridade literária! Rsrsrs

    ResponderExcluir
  4. Ele é muito fofis mesmo, adorei o casal e espero agora pela continuação.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  5. Discordo de ser "o tipico conto de fadas sobrenatural" Os contos de fadas são mais tortuosos, cheios de lances imprevistos e o final não é exatamente feliz.
    Esse tipo de narrativa é mais a narrativa básica de romances AÇUCARADOS, no estilo Barbara Cartland - gatas borralheiras que encontram nobres apaixonados.
    Embora que a Bárbara Cartland fazia isso se tornar uma espécie de ROMANCE HISTÓRICO: o que trazia outro nivel de interesse para a leitura.
    "Júlia" e "Sabrina" são as referências mais exatas.

    ResponderExcluir
  6. Sinceramente esse livro não me chamou a atenção e nem deu vontade de ler. Nada com a resenha, mas o livro parece ser muito bobo. Sem uma história envolvente de verdade.

    ResponderExcluir
  7. Esse livro não me convenceu.
    E não vi muito entusiasmo por parte da Nice.

    ResponderExcluir
  8. Vou ler a continuação sim, mesmo ouvindo os rumores que não é tão bom, mas acho melhor ver por mim, porém, não é uma prioridade literária! Rsrsrs

    ResponderExcluir
  9. Sempre achei o título desse livro meio bobo e nunca me interessei nem mesmo em ler resenhas a seu respeito. Mas mudei de ideia e tive uma grata surpresa. Adoro livros de vampiros, meus personagens fantásticos preferidos e senti uma certa referência a Drácula, quando Lucius usa cartas para se comunicar. Gostei muito do fato dos vampiros seguirem a lenda, acho importante manter a fidelidade do mito. E ponto extra para essa mocinha cheia de personalidade e curvas. E viva as cheinhas!!!!!!!!!!

    Adriana Medeiros

    Minha Velha Estante

    minhavelhaestante1.com.br

    ResponderExcluir