Resenha: A Noz de Ouro - As Aventuras de Jack Brenin - Catherine Cooper



Sinopse: A vida de Jack Brenin muda no momento em que ele encontra um objeto encantado no chão. Sem querer, acaba entrando numa aventura extraordinária por um mundo que ele pensava existir somente nos sonhos. Nora, uma druidesa, e Elan, uma ninfa, são as novas vizinhas do jovem Jack. Após ficarem amigos, elas lhe contam tudo sobre a profecia do Eleito, que diz que o menino que for capaz de ver a noz de ouro poderá salvar hamadríade, a árvore de vida, que corre perigo. Na verdade, as florestas do mundo estão morrendo. Mas, se ele não é corajoso nem forte, como poderia ser o Eleito mencionado em uma antiga profecia? “A procura por uma sucessora para J.K. Rowling tem se intensificado, e Catherine Cooper é uma candidata certa.” (The Observer) 

Jack Brenin vivia com seu pai na Grécia e após perder a mãe é enviado para Inglaterra, Glasruhen, para viver com seu avô. Quando ele se muda para a cidade, sente-se terrivelmente infeliz e deseja voltar ao seu lar, reencontrando o pai e os amigos. Contudo, Jack é arrastado para uma trama de magia e encantamento, ao conhecer a seanchau Nora e descobrir que é O Eleito. Seu mundo vira completamente de cabeça para baixo.

Ele, como suposto escolhido, é submetido a um teste e encontra A Noz de Ouro. Então é  informado sobre a profecia e sobre ser O Eleito para salvar a hamadríade Arrana, árvore da vida que está com seus dias contados e a seanchau Nora.

– Você é a nossa última esperança.

- Não sou “O Eleito”. Apenas encontrei esse fruto na grama.
- Se não o tivesse apanhado não estaríamos
tentado essa conversa agora. Os outros sinais
não podem estar errados. Você nasceu no por do
sol do primeiro dia do ano novo á sombra da Colina de Glasruhen.
Pág. 40

Jack, inicialmente, acha que Nora é uma bruxa, mas descobre que na verdade ela é uma a seanchau, Depositária dos segredos e dos Ritos Antigos, Guardiã do Bosque Sagrado, Curandeira, Possuidora do Dom da Transmutação e Mulher Sábia, vinda do reino de Annwn para proteger o bosque e as criaturas que nele vive. Nora tem poderes mágicos, que deixam Jack ao mesmo tempo encantam e atordoado. Quando mais tempo passa com ela, mais descobre sobre suas facetas. Ela se mostra uma mulher forte, determinada, poderosa e corajosa, mas em outros momentos tem um lado maternal que Jack sentia falta. Uma personagem verdadeira mente fascinante e cheia de mistérios.

Ele também conhece Elan, sobrinha de Nora. Os dois aparentam ter a mesma idade e ela o ajuda a entender tudo o que está acontecendo. Em determinado momento, Jack descobre que Elan é uma Ninfa muito poderosa e que também tem sua missão a cumprir.

Tudo acontece muito rápido e se torna uma grande novidade. Mas ao conhecer as árvores e Arrana - hamadriades árvore da vida - Jack percebe o peso da responsabilidade e resolve aceitar a tarefa que foi lhe dada. Assim recebe uma varinha mágica de Arrana e o Livro das Sombras de Nora. Começa então a aprender sobre suas tarefas através do livro, descobrindo sobre o reino de Annwn e a importância de tudo o que vem pela frente.

Jack também conhece Camelin, um corvo falante super engraçado, que inicialmente aparenta ser zangado, mas que tem um bom coração. Camelin é a personagem mais carismática da estória. Ele vive com fome – parece ter uma solitária na barriga e faz tudo em troca de comida -, atazana a vida de todos, vive levando broncas de Nora como se fosse o seu filho, e sempre tema algo sarcástico a dizer. Acho que esse é uma das personagens mais completa e cheia de segredo do livro. Seu papel na estória é fundamental, e conforme ela vai se desenrolando o leitor consegue entender o seu comportamento mal humorado. Camelin implica muito com Jack quando o conhecem, mas depois viram os melhores amigos e as cenas mais engraçadas do livro são as dos dois juntos. Esse corvo é uma verdadeira figura, mas não se enganem com ele.

- Está bem, vamos começar com o seu nome.

Jack escreveu o nome de Camelin em letras grandes.
Debaixo o “C” maiúsculo desenhou um cachorro.

- “C” de Camelin e de cachorro.

- Não gosto de cachorros.
Não pode desenhar outra coisa?

- Do que você gosta que comece com a letra “C”?

- De chocolate. De bolo de chocolate.

Jack riu e desenhou um bolo de chocolate
com cereja em cima, abaixo da letra “C”.

- “A” de amendoim.
Camelin acenou aprovando.

- “M”?
- Macarrão. Adoro macarrão. Menos
espaguete, que não é muito fácil de comer.

Meio hora depois, Jack tinha conseguido desenhar
 uma empada, uma lingüiça, iogurte e nhoque.,
e Camelin conseguiu soletrar o seu nome usando
os desenhos de suas comidas favoritas como pistas.
Pag 77 e 78

Jack e Camelin precisam atravessar o portal do tempo e encontrar três placas do caldeirão de Nora. Sem essas placas, Nora não poderá abrir o portal que leva a Annwn e salvar a todos. A tarefa não é nada simples e para isso Jack precisa realizar alguns rituais, transformar-se em corvo e voltar ao passado, com ajuda da Noz de Ouro.

Enquanto fazem os preparativos para os rituais, a Noz de Ouro é roubada pelos Springgins, estranhas criaturas subterrâneas que caçam os ratinhos da Guarda da Noite. Junto com ela, Orin, uma ratinha super fofa é levada e está prestes a virar chapéu. Nora, Elan, Camelin, o morcego Timmery e Jack precisam ir para os túneis sombrios recuperar a Noz e Orin. Eles conseguem resgatar a ratinha, mas a Noz agora está com bogie o Peadody e seu irmão Pycroft, criaturas trapaceiras, maldosa, mentirosas que roubam tudo o que querem.

Sem a Noz de Ouro não é possível realizar o ritual para abrir o portal do tempo e encontrar as placas. Agora Jack e seus amigos começam uma corrida contra o tempo, mobilizando as árvores, ratinhos da Guarda da Noite, o morcego Timmery, o pequeno dragão Charkle – que foi resgatado da toca dos Springgins. Se eles não a encontrarem a tempo, tudo estará perdido.

Quando peguei esse livro para ler, não dava muito coisa por ele. Pensei que fosse mais uma, entre muitas, aventuras infanto-juvenis que chegam ao mercado como grande promessa. Para dizer a verdade, não conhecia a autora e nada sobre a série. Mas ao começar a ler os seus primeiros capítulos, a leitura me encantou de uma forma inexplicável.

Trata-se de uma aventura cheia de magia, encantamento, seres mitológicos, outros que são um pouco normais, mas que causam o mesmo efeito. As personagens são fortes, cativantes, com personalidade marcante e conseguem envolver o leitor desde o início. Não é de surpreender que o leitor vá se identificar com um corvo, morcego, rato ou dragão. Todos causam uma fascinação e conseguem prender a atenção na leitura. Além disso, a estória é bem amarrada, a narrativa é gostosa demais e consegue introduzir o leitor na trama, como se fosse uma personagem. Eu consegui vivenciar as cenas, como se estivesse presente em cada uma delas. Foi uma experiência maravilhosa, devo dizer.

Bem gente, para esse livro dou cinco estrelinhas. Ele merece, com todo louvor, por tudo o que foi apresentado e pela escrita mágica da autora. Simplesmente fantástico. Já fiquei encantada com outros do gênero, mas desde Harry Potter não leio nada tão surpreendente e encantador. Simplesmente AMEI.

Bjs no core 

ISBN: 9788528615586
Título: A Noz de Ouro
Série: As Aventuras de Jack Brenin
Livro: 1
Editora: Bertrand Brasil
Ano: 2012
Páginas: 266
Avaliação: 5/5

10 comentários:

  1. A primeira coisa que me chamou a atenção foi a ideia de talvez ser o novo HP.
    Sinceramente estou orfã e preciso de um substituto.
    Não conhecia esse livro ainda, mas como adoro magia e aventuras com certeza vou ler.

    Sinceramente não curti muito a capa, mas o livro sendo bom a gente releva isso.

    Bjus

    Nâna

    ResponderExcluir
  2. O livro parece ser encantador. Fiquei bastante curiosa quanto a ele.
    Como disse a Ariana, estou orfã de HP e se tive algum livro que selhe a ele; certamente irei correndo comprar.
    Obrigada pela dica de livro.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Glaucia, minha flor como você escreve bem! Vale me apaixonar pela sua escrita?
    Então na sua forma de escrever você conseguiu me encantar tanto que esse livro irá com certeza para minha lista de desejos e quero ele pra mim.

    ResponderExcluir
  4. Gláucia,
    Tenho uma pequenina queixa. Acho que o trabalho do tradutor deve ser valorizado, portanto deveriam sempre incluir o nome do tradutor nas resenhas. Fora isso, parabéns...

    ResponderExcluir
  5. Gostei de A Noz de Ouro, mas, em termos de magia e encantamento fiquei fascinada com O Mistério da Cuca de Miguel M. Abrahão. Anos luz a frente.
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Esse livro é muito bom!
    Li ele na versão em inglês e fiquei encantada.
    Comprei pela internet semana passada a versão da Bertrand e estou aguardando chegar.

    ResponderExcluir
  7. Encantador.
    Adoro fantasia, me lembra minha infância quando vivia em meu mundo imaginário e repleto de magia.
    Senti saudades agora.
    É o tipo de livro para se ter na estante e ler para seu filho.
    Eu leio para meu Marcelinho que está a caminho, grávida de 4 meses já gosto de familirizar meu bebê com o mundo mágico que existe nas páginas de um livro.

    ResponderExcluir
  8. Adorei!
    Preciso já! Fantasia é sempre boas pedidas para leitores que estão de ressaca literária como eu!

    ResponderExcluir
  9. O livro parece ser encantador. Fiquei bastante curiosa quanto a ele.
    Como disse a Ariana, estou orfã de HP e se tive algum livro que selhe a ele; certamente irei correndo comprar.
    Obrigada pela dica de livro.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. esta com alguns erros de português mas tirando isso esta ótimo seu blog

    ResponderExcluir