Resenha: Clube da Luta - Chuck Palahniuk

ISBN: 9788580444490
Titulo: Clube da Luta
Autor: Chuck Palahniuk
Editora: Leya
Ano: 2012
Páginas: 270
Avaliação: 5


Considerado um clássico desde a sua publicação em 1996, Clube da Luta é hoje reconhecido como um dos romances mais originais e provocativos de sua década. O humor negro de Chuck Palahniuk narra a história de um jovem funcionário que descobre que sua frustração e ira não podem ser acalmadas com o consumo desenfreado que a mídia oferece. Ele encontra alívio e redenção após horas de luta em pequenos clubes escondidos nos porões de bares da cidade. O Clube da Luta é idealizado por Tyler Durden, que acredita ter encontrado uma maneira de viver fora dos limites da sociedade e de suas regras sem sentido. Mas o que está por vir de sua mente pode piorar muito daqui para frente.


"1-Você não fala sobre o clube da luta
2-Você não fala sobre o clube da luta
3-Quando alguém diz "pare" ou fica desacordado, 
mesmo que esteja fingindo, a luta acaba
4-Apenas duas pessoas por luta
5-Uma luta por vez
6-Sem camisa e sem sapatos
7-As lutas duram o quanto tiverem que durar"




"Esta é uma estória para refletir; algo singular e extraordinário! Que captura a atenção plena do leitor do inicio ao fim!"


Ao ler esse livro fico pensando no que estamos nos transformando?! O livro é impactante, sem dúvidas!

Clube da Luta começa do final para o inicio de tudo e vai alternando assuntos aparentemente desordenados, mas que nos mostram muito sobre Tyler e o narrador (que não sei bem o nome, pois o tempo inteiro conhecemos apenas como "ele"). A estória vai pouco a pouco nos mostrando como Tyler e o narrador chegaram aquele ponto que conta no inicio do livro. 

Um livro cheio de palavrões, mas que considerei importante para criar todo o enredo do e a personalidade dos personagens e ajudar a elucidar tudo que o autor tentou nos passar!
No livro pude ter uma ideia de que os homens não precisam das mulheres.. e em todo o livro só vemos comentários sobre uma mulher, Marla Singer; que frequenta os grupos de apoio que "ele" frequenta, mas que não possui doença alguma. 

"Ele" trabalha em uma empresa de automóveis, está sempre viajando a trabalho; mora só, em um apartamento mobiliado com móveis da IKEA e é solteiro. Por causa de sua terrível insônia, resolve procurar ajuda médica e através de um conselho médico percebe que precisa frequentar grupos de apoio. As coisas vão tomando um rumo diferente ao conhecer Marla Singer e Tyler.

Marla Singer frequenta os grupos de apoio que "ele" frequenta, mas não possui doença alguma. 

E Tyler Durden é alguém absolutamente contrário a "ele" e que por isso o preenche como ninguém jamais preencheria!

Ao retornar de uma viagem, descobre que seu apartamento sofreu uma explosão e acaba pedindo a Tyler que o abrigue.. esse aceita, com apenas uma condição; "ele" terá que dar um soco nele!
 
E assim o "Clube da Luta" está fundado, através de socos trocados em estacionamento.. que foi ganhando público e acabou indo parar em porões cedidos por donos de bar. 
Um lugar para se por para fora tudo aquilo que o incomoda; todos os seus problemas. Porém o Clube da Luta foi mudando de imagem, com as intervenções estranhas que Tyler foi traçando e "ele" não consegue pará-lo!


"Durante milhares de anos os humanos foderam, sujaram e 
fizeram merda com este planeta e agora a história espera 
que eu limpe tudo. Tenho que lavar e amassar minhas latas
de sopa. E dar conta de cada gota de óleo de motor usado.
E tenho que pagar a conta do lixo nuclear, tanques de 
combustível enterrados e terra cheia de lixo tóxico jogado lá
uma geração antes de eu nascer."
(pág.154)


"Somos os filhos do meio da história, criados pela televisão
para acreditar que algum dia seremos milionários, astros de
filme ou da música, mas não seremos. E estamos entendendo
isso agora - Tyler falou. - Então não venha foder a gente."
(Pág.206) 



Clube da Luta é um livro, onde paramos para refletir sobre nós mesmos e sobre nossa vida; sobre o coletivo e sobre tudo que podemos ou não agregar nessa vivência diária!
É um livro, até mesmo difícil de fazer uma resenha, pois ele trás a tona toda a desordem interna que sentimos, revela-nos sobre conspirações na sociedade; fala sobre valores e a inutilidade de muitas coisas que vivenciamos diariamente e da maneira como pensamos mediocremente sobre vários assuntos! Cheguei a ficar paranóica! Já sou meio estranha! rs

O livro remete a uma ironia e humor negro sem igual! O autor é um gênio; agora entendo porque esse livro ainda é um grande sucesso até hoje!

E aquelas coisas aparentemente desconexas que mencionei lá no inicio da resenha fazem muito sentido ao término da leitura! Tudo fará sentido, pois o autor com maestria vai traçando e ligando os pontos de forma fantástica! Um livro extraordinário! Um final espetacular!
\o/

15 comentários:

  1. Bom dia!! Fico envergonhada ao admitir que eu apenas assisti ao filme. Ainda não tive a oportunidade de ler o livro, mas sou muito curiosa em relação a ele. Quem sabe em um futuro próximo, eu não consiga matar essa curiosidade? rsrs. Adorei a resenha. Parabéns. Beijos

    ResponderExcluir
  2. Que resenha fantástica. Adoro o filme feito desse livro e também tenho muita curiosidade em ler o livro.
    Espero ter a oportunidade.
    Com certeza o livro é muito bom!

    ResponderExcluir
  3. Esse livro é muito bom! Já tive o prazer de ler a um tempo atrás.
    A resenha está bastante condizente com a estória; você soube passar bem a proposta do livro sem dar spoilers.

    ResponderExcluir
  4. Ai que demais!! Eu estou mega maluca nesse livro! Gente, minha professora de filosofia passou ele no começo do ano pra minha turma ver e eu me apaixonei pelo filme. Pelo visto é o mesmo do livro. Final surpreendente é pouco né? Pelo menos, se for igual ao filme, é. Nossa, eu fiquei de boca aberta com esse filme. Fodeeeeeerrimo. Queria ler esse livro demais, muito mesmo! Mas...carinho sabe :S

    ResponderExcluir
  5. Esse livro é o que baseou o filme com o Brad Pitt? Bem...se for...eu assisti o filme e mesmo sendo algo chocante em todos os sentidos...eu adorei...e como todo livro é melhor que o filme, então o livro realmente deve ser bom.

    Sinceramente não sabia da existência desse livro...e confesso que não é meu gênero preferido, mas em se tratando de pessoas, sentimentos, conflitos...isso sim me chama atenção.

    Não sei se em algum momento irei lê-lo...talvez sim, talvez não.

    Até breve.

    Vanessa P.

    ResponderExcluir
  6. Cris, o livro é fantástico se tiver a oportunidade compre! Vale muito a pena!

    ResponderExcluir
  7. Esse livro sim que baseou o filme!
    O livro é muito bom!

    ResponderExcluir
  8. Carol até pouco tempo tb só tinha visto o filme e agora pude ter a oportunidade de ler o livro.. já procurava ele para comprar faz tempo.. mas as edições anteriores tinham se esgotado e teve gente querendo vender por mais de R$:300,00 pois ele estava caracterizado como livro raro.. até que a Leya resolveu publicar uma nova versão!

    Eu te falo.. leia o livro.. é muito bom! É livro para se guardar pro resto da vida e passar para os filhos e assim por diante!

    ResponderExcluir
  9. Eu tbm adorei o livro. É excêntrico e muito impactante. Não é a toa que ele ainda é considerado um ícone da cultura pop dos anos 90. Vale a pena ler.
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Com certeza Hérida! O livro é diferente do que estamos acostumados, mas é muito bom!
    Como você mesma disse "impactante"

    Obrigada por seu comentário.

    ResponderExcluir
  11. Eu ainda não vi nem o filme e nem li o livro, mas sempre leio elogios sobre ele.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  12. KassiaCrislayne28 maio, 2012

    Fiquei com muita vontade de conhecer a história, já tinha ouvido falar muito bem dela... Parece interessantíssima. Não vi o filme lançado, vou procurar também.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  13. Esse livro é um marco literário.
    Quem não leu ainda não sabe o que está perdendo.
    Deveria ser leitura obrigatória.

    ResponderExcluir
  14. Fiquei interessada. Já tinha ouvido falar desse livro, mas ainda não tinha tido oportunidade de ler.

    ResponderExcluir
  15. Eu assisti o filme logo que foi lançado mas até bem pouco tempo atrás eu não sabia que ele era baseado em um livro. Acredito que o livro tenha elementos que não foram explorados no filme, embora basicamente dê para notar pela resenha que o filme foi bem fiel. Está na minha lista de sejados.

    ResponderExcluir