Resenha: Os Gêmeos / Crônicas de Salicanda - Pauline Alphen



Claris e Jad são irmãos gêmeos tão inversos quanto idênticos. Compartilham sentimentos e pensamentos, mas enquanto Jad tem um coração frágil e sofre de enxaquecas terríveis, condições que lhe impedem de passar muito tempo ao ar livre, Claris é uma garota cheia de vida, destemida, que sonha em viver grandes aventuras. Aventuras como as que lê na Torre dos Livros, onde seu melancólico pai vive enfurnado desde o sumiço da mulher; aventuras como aquelas que a mãe lia para ela; aventuras como as que Jad, com seus problemas de saúde, não pode experimentar.
Eles vivem em uma aldeia chamada Salicanda, em um castelo cravado num vale isolado por uma cadeia de montanhas e encharcado por uma chuva fina e incessante, com o pai, Eben; um preceptor, Blaise; e a ama, Chandra. A mãe, Sierra, desapareceu em uma noite de temporal, no dia em que os gêmeos completavam três anos, deixando a família despedaçada e muitas perguntas no ar.
Claris, que divide o tempo entre os livros, as aulas de esgrima e as cavalgadas na floresta, anda obcecada com a ideia de que as aventuras são sempre protagonizadas por meninos - o que ela acha extremamente irritante. Mas está enganada, pois vai viver uma aventura e tanto ao lado do irmão. À procura de respostas para os mistérios que envolvem o sumiço da mãe, a história de Salicanda e os dons sobrenaturais que parecem ter herdado de Sierra, os gêmeos vão ultrapassar as fronteiras do castelo onde vivem e também do seu mundo: aquele da infância dos dois, o de um passado que eles desconhecem.


Os Gêmeos é o primeiro volume da série Crônicas de Salicanda, escrito por Pauline Alphen, publicado pela Companhia das Letras.

Neste livro somos apresentados aos Gêmeos Jad e Claris que vivem em um futuro onde não há mais tecnologia, salvo aquelas que ficaram na sala dos "desesquecidos"; quando os gêmeos completam três luadas (três anos) sua mãe, Sierra  desaparece sem deixar vestígios e pouco se sabe sobre o que aconteceu.
Após esse episódio cada gêmeo lida com a situação a sua maneira; enquanto Claris tranca toda e qualquer memória ou nostalgia dentro de si, Jad já demonstra a falta que sua mãe faz. 
Os irmãos apesar de gêmeos são muito diferentes. Claris é ativa, e gosta de montar, lutar e vive com emoção! Enquanto Jad, por ser uma criança doente do coração, se abstêm em atividades mais tranquilas que requer paciência, como o cultivo do Bonsai.. Jad sofre com enxaquecas horríveis e, além disso, vive tendo pesadelos. "Além disso", ambos possuem poderes misteriosos e intrigantes que aos poucos vão tomando forma. Tem um joguinho que eles praticam e a partir desse jogo as coisas vão acontecendo na história.
Nesse livro encontramos elementos fantásticos como, elfos, salamandras e elementos parapsíquicos, que o Duque (pai dos gêmeos) tem relutância em lidar, pois ele acredita que isso culminou no desaparecimento de sua esposa.

Apesar da leitura ser bem lenta, devido tudo acontecer devagar e termos muitos nomes diferentes e associações ao passado (que às vezes nos confundem um pouco) a história é interessante, dotada de mistérios que não foram revelados e que prometem um segundo volume mais esclarecedor. 
Eu senti um pouco de dificuldade durante a leitura por estar habituada com livros onde o desenrolar é mais contagioso, mais eletrizante, principalmente em se tratando do tema fantasia, mas quando consegui desacelerar meu ritmo até que a leitura foi agradável.

Confesso que este livro não está entre os meus mais queridos, pois prefiro livros com um desenrolar mais rápido, porém acredito no potencial da proposta feita e que o próximo volume possa vir mostrar a que veio!

Recomendo que leiam o livro e tirem suas próprias conclusões.


ISBN:9788535920079
Livro: Os Gêmeos
Série: Crônicas de Salicanda - Livro 1
Autor: Pauline alphen
Editora: Companhia das Letras
Edição: 1
Ano: 2011
Páginas: 367
Onde Comprar: Saraiva | Submarino
Avaliação: 3

11 comentários:

  1. O livro não fez minha cabeça. Mas quem sabe eu dê uma chance no futuro. Gosto de livros mais animadores.. mais avassaladores!

    ResponderExcluir
  2. Esse é o tipo de livro que me; gosto muito de fantasia e adorei a resenha.
    Quero esse livro.

    ResponderExcluir
  3. Como eu havia falado no post de apresentação desse livro, tenho o primeiro capítulo mas ainda não o li. Não gosto de ler séries quando apenas o primeiro livro foi lançado, é pedir pra sofrer. Mas o tema em si me atrai.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  4. Pois é Kassia, o problema de livros assim (seriados) é que ficamos roendo as unhas aguardando o próximo lançamento.. as vezes espero lançar alguns para começar a leitura..mas tem livros como esse que a curiosidade fala mais alto..e não consigo esperar os lançamentos futuros e pego logo para ler o primeiro..mesmo sabendo que o próximo lançamento irá demorar!!
    Compartilho do mesmo pensamento que vc.. mas como disse.. nem sempre aguento esperar! rs

    ResponderExcluir
  5. Eu já não sou muito fã de ler um livro que faz parte de uma série quando nem todos os livros foram lan;çados ainda, e no caso esse parece ser bem devagar, sem muita ação nem emoção. Uma série de livros possibilita que o autor relate muitos acontecimentos por ser bem longa, mas se não for boa a trama e não prender o leitor logo no primeiro livro fica difícil de acompanhar.

    ResponderExcluir
  6. Eu também gosto de leituras com um ritmo mais 'pegado', mas esse livro me ganhou pela capa antes de tudo. O que significa que vou ler ele de qualquer jeito e torcendo para gostar do ritmo. rs
    Sabendo que se trata de uma série é bem possível que o ritmo do segundo melhore.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Kari, esse livro não me motivou muito. Acho que vou pular.

    bjs no core

    ResponderExcluir
  8. Ainda não sei se quero ou não ler esse livro...não consigo decifrar meus sentimentos em relação a ele. Essa é a segunda resenha que leio sobre ele, e é a segunda pessoa que fala da narrativa lenta...e não curto muito esse tipo de leitura, muito detalhista, apesar de já ter lido outros livros que me encantaram.

    Enfim, não é leitura obrigatória para mim.

    ResponderExcluir
  9. Já é a 2ª resenha que eu leio desse livro, e as duas não são lá tão positivas.

    Eu achei a capa linda, o que foi um grande atrativo para mim, pois pela sinopse, eu não gostei da história, e confesso que não gosto de histórias que se desenrolam mais devagar, então, se eu ganhar o livro, irei ler, mas não vou comprar um livro que eu acho que não vou gostar.

    --
    Beijos,
    Nathália - @NattyMS_

    ResponderExcluir
  10. Eu li o livro e posso dizer que foi uma leitura arrastada.
    O livro não desenrola, fica naquela lenga lenga do cacete.
    Gosto mais quando se tem adrenalina no meio. Essa coisa morna não me agrada.

    ResponderExcluir
  11. Eu li o primeiro livro e não gostei. Achei que demorou muito a pegar no tranco. Aquela enrolação toda e explicações em excesso. Sei lá!
    Mas mesmo assim quero ler o segundo!

    ResponderExcluir