Resenha: O livro das coisas perdidas – John Connolly

ISBN:   9788528615487
Livro: O livro das coisas perdidas
Autor: John Connolly
Editora: Bertrand Brasil
Edição: 1
Ano: 2012
Páginas: 364
 Avaliação: 5/5 


Após a morte da mãe, David, de 12 anos, passa a maior parte do tempo em seu quarto tendo com os livros como companhia. Quando eles começam a sussurrar para o menino, realidade e imaginação se misturam até que, ao brincar no jardim, entra em um reino encantado, onde encontrará heróis, monstros e um rei fracassado que guarda seus segredos em um livro misterioso. John Connolly, em O Livro das Coisas Perdidas, desconstruirá fábulas conhecidas, como A Branca de Neve e os Sete Anões e João e Maria, por meio de muita imaginação e mistério. Um livro para todas as idades que virou mania quando lançado na Grã-Bretanha e nos Estados Unidos.

“Era uma vez... Era uma vez...”  Quem nunca leu ou ouviu um conto com “Era uma vez...”?
Era uma vez uma linda menina, como uma capa vermelha, levando uma cesta... Era uma vez a mais bela princesa, com a pele branca como a neve, que morava com sete anões e foi envenenada pela madrasta má com uma maçã... Era uma vez... Era uma vez... Essa é a estória que vou contar. Preste a atenção! Preste a atenção! Porque nela muito aprenderá.

Era uma vez um menino bondoso e carinhoso, que perdeu a mãe muito cedo, mudou-se para uma nova casa, com o pai, a madrasta e o novo meio- irmão. Esse menino era muito infeliz e se trancava em “seu mundinho” particular para fugir da sua situação. Ele possuía uma mente muito fértil e adorava ler contos com castelos, guerreiros, fadas, reinos distantes...

Ele passou a ter um estranho dom e alguns ataques após a morte da mãe. Os livros conversavam com ele. Sim! Por mais incrível que possa parecer, ele ouvia o que eles diziam. Contavam estórias, negavam-se a aceitar que seus relatos não tinham mais valor, e o entretinham nesse momento difícil de sua vida. David, o protagonista da nossa estória, tinha estranhas visões e sonhos perturbadores, que não conseguia compreender. Nele aparecia um “Homem Torto” e assustador, que o deixava intrigado.

Seguindo a voz de sua falecida mãe, David vai parar em um reino distante, sombrio, com criaturas perigosas. Em sua jornada em busca do caminho de volta para casa, ele faz amigos leais, inimigos cruéis que o perseguem e vive as mais incríveis aventuras. Acaba descobrindo que as estórias que leu e ouviu várias vezes não eram exatamente como aprendeu.  E se a “chapeuzinho” não era uma inocente mocinha? Muito menos Branca de Neve a adorável e doce criatura dos contos? Um reino totalmente as avessas, que David precisa compreender para encontrar o que procura.

Ele precisa encontrar o rei e descobrir as respostas que estão no “Livro das coisas perdidas”. Acaba aprendendo algumas lições de vida, também sofrendo muito com tantos acontecimentos. David é observado, e tentado constantemente, por um trapaceiro, mentiroso e perigoso... “O Homem Torto”; que necessita de algo precioso, em troca de ajuda com “a resposta que busca”. Ele sabe que não deve confiar, mas ás vezes se sente tentado a fazer o “pacto”.

Ele tem grande aprendizado, desventuranças, perdas, descobertas, amigos e inimigos. Até finalmente descobrir da verdade, precisando tomar a fatídica decisão que pode mudar a sua vida. O caminho para casa está muito longe e ao mesmo tempo muito perto. David precisa agir com o coração no final dessa jornada. Quando ela termina, já não é mais um menino que acredita em contos de fadas. É praticamente um homenzinho maduro e consciente. Aprende que existem muitas versões para os contos que começam com “Era uma vez...”.

Minhas impressões sobre esse livro são as melhores possíveis. Primeiro porque a leitura é rápida, prazerosa e deixa o leitor ávido por mais. Segundo pelo fato de o autor ter construído uma estória que me lembrou alguns filmes que assisti, como “Jumanji e da História sem fim”.  Essa leitura, apesar de bem adolescente, fez com que me sentisse completamente à vontade e viajasse nesse mundo de fantasias. Foi muito fácil, mesmo que com algumas cenas bem dinâmicas, imaginar todo o cenário e os seres mitológicos descritos neles. Para quem gosta desse tipo de livro, a estória é perfeita e bem daria uma excelente produção “Hooliudiana”. Assim Harry Potter e Percy Jack, levaria multidões aos cinemas e teria uma excelente arrecadação. Disso eu tenho certeza.

O livro trás, além de uma linguagem fácil, muita dinamismo e boa construção na desmistificação de alguns contos infantis; uns de forma engraçada, que me fizeram gargalhar, outros nem tanto. O fato é que o autor soube agregar as duas coisas de forma magnífica e escreveu um conto maravilhoso.

Existe uma frase que gosto muito e que já usei algumas vezes. “Uma mentira pode parecer uma verdade, assim como uma verdade parecer uma mentira. Tudo depende de quem conta e como conta.” Essa é a frase que uso para descrever esse livro.

Esse livro está recomendadíssimo!! Ele será lançado em breve e o Mix tem o prazer de lançar a resenha em primeira mão.

Espero que gostem!

Bjs!

16 comentários:

  1. Nossa.. fiquei super afim de ler esse livro.
    Adoro livros assim me faz fugir a realidade e lembrar em alguns pontos da minha infância onde eu lia muitos contos.. com o tão famoso " Era uma vez"

    ResponderExcluir
  2. Oi Glaucia, eu amei esse livro e tambem soltei a resenha hoje! Se der, passa la e comenta? http://www.feedyourhead.com.br/2012/03/resenha-o-livro-das-coisas-perdidas.html

    Adorei a sua resenha, ficou bem legal mesmo! bjos
    Dana

    ResponderExcluir
  3. Amore, eu também amei o livro. Já comentei a sua resenha.

    bjs no core

    ResponderExcluir
  4. Livros assim me faz sentir mais leve. Acho que o peso das responsabilidades diminuiu. É muito bom ter uma leitura tão gostosa quanto essa. Realmente me perdi nesse mundo de fantasias.
    bjs no core

    ResponderExcluir
  5. Caraaaaamba! Meu coração bateu cada vez mais rápido à medida que fui lendo! Eu adoro ficção, na verdade é o gênero de livro que eu mais gosto de ler, e esse livro, vou te falar em, me pareceu muito atrativo!! Vou procura-lo para comprar agora mesmo! Muito boa sua resenha, beijinhos <3

    ResponderExcluir
  6. Nossa ADOREI a capa desse livro.. MESMO MESMO
    elee tem 364 páginas deve ficar bem buuuuuuunito na estante
    rsrsrsr
    http://get-overme.blogspot.com/

    Adorei a resenha, me deixou com vontade de ler o livro
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Tô curiosíssima pra ler esse livro. Mas agora não terei tempo nem para respirar! =(

    Bjs.

    ResponderExcluir
  8. Parece bem o tipo de livro que eu leria e que gostaria, cheio de imaginação! Uma eterna criança! huasuashuas Muito boa a resenha, com certeza lerei!

    ResponderExcluir
  9. Ola Gláucia, eu gosto muito da capa e sua resenha ficou ótima gosto de livro assim pra mim é um divertimento.Este já esta na lista de compras de 2012 pois vale a pena entrar nesta aventura e participar com David deste fabuloso mundo de Fantasias.Bitokas.

    ResponderExcluir
  10. Olha esse livro é incrível. Quando a editora mandou, não dava nada por ele. Sinceramente... Eu olhei a capa e fiz cara feia. kkkk Mas quando comecei a ler, a leitura fluiu rápido demais e quando ele foi transportado para outro reino foi incrível. Fiquei doidinha tentando me lembrar do filme que tinha semelhança. Cada cap a coisa ficava mais excitante. Tenho certeza que vai gostar.
    Obrigada por comentár.
    bjus no core

    ResponderExcluir
  11. O livro é bem adolescente. Não dava nada por ele quando peguei, mas a leitura foi bem rápida e não consegui parar até o último cap. O autor soube desenvolver bem e quando cheguei ao final tive uma grande surpresa.
    bjs no core

    ResponderExcluir
  12. Eu sei como é. To sem tempo nesse momento e com mais de 100 livros na lista de desejos para ler. Tem dias que nem consigo dormir e trabalho como zumbi. Mas quando tiver oportunidade, não deixe de ler. Esse é um ótimo livro. Muito bem desenvolvido.
    bjs no core

    ResponderExcluir
  13. Eu achei o livro gostoso, fluente e o autor soube desenvolver muito bem. No final eu realmente me surpreendi com ele. Ainda me arrancou boas gargalhadas.
    Obrigada por comentar;
    bjs no core

    ResponderExcluir
  14. Segunda resenha que eu leio sobre esse livro! Pelo que eu vi ele deve ser ótimo e, já achei a capa linda!
    bjaooo
    http://olhosleem.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Para falar a verdade não gostei da capa. Quando olhei para ela torci o nariz. kkkk Mas quando comecei a ler a leitura fluiu e gostei muito do livro. Acho que apesar de bem adolescente o livro é muito bom e foi cativada por ele.

    Obrigada pro comentar.

    bjs no core

    ResponderExcluir
  16. eita capa feinha de dar dó.
    mas parece que o livro é bom né?

    ResponderExcluir