Lançamentos - Editora Bertrand Brasil

Bom dia!
Como está sendo o fim de semana de vocês? 
Venho hoje apresentar alguns dos lançamentos da Bertrand Brasil:




E se Cristo fosse um maçom? 
Há dois mil anos, a Igreja esconde de seus fiéis e do mundo inteiro um segredo que, se descoberto, pode destruir seu poder e seus dogmas...
O Triângulo Secreto: As Lágrimas do Papa, de Didier Convard, é um thriller que leva o leitor ao coração da maçonaria e que mostra os segredos dos templários e o lado obscuro do Vaticano. Com mais de um milhão de exemplares vendidos, esse, como todos os outros títulos do autor, figurou nas principais listas de mais vendidos francesas.
Didier Mosèle é o pesquisador na Fundação Meyer encarregado da restauração de um dos famosos manuscritos do mar Morto. Quando seu colega e gêmeo franco-maçom, Francis Marlane, desaparece misteriosamente após lhe deixar uma mensagem em que lhe confessa ter descoberto uma terrível comprovação, Didier percebe que algo muito maior está por trás de seus estudos. A busca do protagonista pela verdade é pontuada por voltas ao passado que levam o leitor a diferentes períodos históricos, à vida e à morte de Cristo, ao tempo dos Templários, entre outros. A história se mistura. Cada passagem vem esclarecer ou, ao contrário, obscurecer o caminho em direção à verdade. O Triângulo Secreto: As Lágrimas do Papa pode parecer mais um daqueles suspenses que envolvem a Igreja católica, mas não, o livro é mais do que isso, é uma aula de maçonaria e de história, recheada com personagens bem-construídos e complexos, e um enredo de tirar o fôlego. Com excelente visão histórica, o livro deixará todos ansiosos pela próxima obra do autor e também continuação desse sucesso.

            A representação da mulher no dito popular 
Quase todo mundo é capaz de citar um provérbio de cor. Concisos e eloquentes, dotados de rima, ritmo e imagens, sintetizam uma realidade, uma regra social ou moral e a transmitem de geração em geração. Nunca se case com uma mulher de pés grandes, de Mineke Schipper, é o resultado da análise feita durante anos pela autora a respeito de provérbios que representem as mulheres de todo o planeta e de todas as épocas.
Nas mais diversas culturas, as questões de gênero têm sido expressas em provérbios, o menor dos gêneros textuais. Este livro fornece ao leitor insights reveladores sobre a condição feminina através dos séculos e continentes. Para surpresa de todos, Mineke descobriu mais semelhanças que diferenças em milhares de provérbios sobre as mulheres oriundos de mais de 150 países. Eles refletem diversas fases da vida da mulher: de menina a noiva, de esposa a coesposa, de mãe a sogra, viúva e avó; as alegrias e tristezas do amor, do sexo e da maternidade; a mulher no trabalho, seus talentos e poder.
A autora compilou provérbios de mais de 240 línguas em uma amostra que reflete um perfil bastante preciso da representação da mulher na fraseologia popular.
A Bertrand Brasil tem editado livros que focam este novo lugar da mulher no mundo a partir da denúncia e da adoção de uma postura crítica, entre eles O Livro Negro da Condição das Mulheres, organizado por Christine Ockrent e Sandrine Treiner, Rompendo o Silêncio, de Alice Walker, e A Dominação Masculina, de Pierre Bourdieu.

Descobre-se um homem diferente da imagem fabricada pelos boatos. Um personagem atípico, vivo... 
Uma biografia é um exercício complicado, sobretudo quando o analisado ainda está vivo. Uma autobiografia o é ainda mais, já que o leitor desconfia que haja, forçosamente, uma autojustificação. O Anticonformista, de Luc Ferry, não se enquadra em um caso nem em outro.
Esta é provavelmente a primeira autobiografia em que o assunto principal é o pensamento. As entrevistas com Alexandra Laignel-Lavastine são uma formidável epopeia intelectual que ajuda o leitor a compreender melhor o que está em jogo nos debates dos dias atuais. Luc Ferry ousa não seguir as trilhas batidas dos ideais contemporâneos, tomando as vias mais penosas da coragem, da verdade e da justiça. Sem pertencer a clã algum, ele se posiciona na confluência de todas as correntes, à vontade para falar do que fez e de suas teorias, pois sempre se expôs nos confrontos do pensamento e da ação. Para além do engajamento religioso, sua visão de uma ética transcendente para nossa sociedade traz um sopro de esperança ao planeta.
A obra de Ferry há muito faz com que as pessoas se questionem sobre uma salvação possível da filosofia. Agora, em seu livro definitivo, ele mostra a necessidade de um espírito libertário e antitotalitário para que isso ocorra.
O Anticonformista apresenta um intelectual com uma ética transcendental por nossa sociedade e que carrega um sopro de esperança pelo futuro do planeta.

Agora já podem escolher um ou todos os títulos acima e começar a leitura!

Acompanhe as novidades do nosso parceiro em:

1 comentários:

  1. Fiquei interessada no primeio livo, deve ser super bem escrito!
    http://lendoebebendo.blogspot.com

    ResponderExcluir