Resenha: Amante Meu (IAN8) - J. R. Ward


 John Matthew já percorreu um longo caminho desde que foi encontrado vivendo entre os humanos, quando sua natureza vampírica ainda era desconhecida. Recolhido pela Irmandade, ninguém poderia adivinhar qual a sua verdadeira história ou a sua real identidade: uma encarnação de Darius. E John terá de recorrer a essa personalidade em uma luta sem precedentes para saciar sua sede de vingança.
A bela Xhex tem lutado a todo custo contra a atração que sente por John, pois já viu a loucura consumir o amor uma vez, quando um macho se deparou com a escuridão de sua vida dupla. Mas o destino provará aos dois que o amor é inevitável para as almas gêmeas.


Amante Meu, é o oitavo livro da série Irmandade da Adaga Negra, que tem como trama principal o romance entre John e Xhex.
Xhex está sendo mantida prisioneira por Lash e John está enlouquecendo com isso.. quanto mais o tempo passa, menos esperança tem de encontrar sua amada viva e isso está fazendo com que ele enlouqueça. 
Cada vez mais John está letal e podemos perceber isso com o que ele faz com o Senhor D. (aquilo foi assustador); querem saber o que foi? Leiam o livro! rs
Durante o desenrolar da história temos flashbacks com Darius, onde é retratada sua história com Tohr e o envolvimento deles no sequestro de uma fêmea há muito tempo no passado, quando tohr era protegido por Darius devido ao pai de Tohr tê-lo renegado. Essa história é muito importante, pois nos fará entender fatos vivenciados por John e Xhex e que os torna tão diferentes e tão parecidos ao mesmo tempo e o porque estão destinados um ao outro!

John leva Xhex em uma viagem emocionante ao seu passado, no intuito de se abrir e ajudá-la a superar o que lhe aconteceu e acaba nos mostrando o quanto ele cresceu desde o inicio da série IAN quando ele começou a ser pincelado por Ward; e confesso.. no inicio eu não gostava muito dele. Achava ele super chatinho.. sempre com ar de coitado! Mas essa visão mudou muito ao longo de todo o seu trajeto e quando terminei Amante Vingado fiquei super empolgada para ler Amante Meu e ver com meus próprios olhos que Ward daria um grande show novamente!
A primeira cena de amor protagonizada entre John e Xhex, foi linda.. um misto de carinho, cuidado, delicadeza, porém sem perder a paixão voraz que consome os casais que são destinados! #Perfeito

E tem muitas revelações nesse livro sobre xhex e sobre John que não tenho como por aqui. Mas garanto irá surpreender todos!


"Quando se encontraram, o peito dele estava pulsando e seu 
coração. Amo você, ele fez com os lábios no pedaço escuro que 
havia produzido sob a luz."
(pág.364)

"Jesus Cristo, John sabia o que estava fazendo.
Esse foi o único pensamento que disparou na mente de Xhex
depois de se acalmar da sublime liberação que John proporcionou
                                                                                                                                             com sua boca.

(pág.367)


Em Amante Meu, temos muitas histórias paralelas, dentre elas não poderia deixar de mencionar a de Rathboone, que a meu ver é muito interessante; um 'fantasma' que é possivelmente um Irmão que desapareceu! Fiquei intrigada e quero ler mais a respeito; como sempre a autora fazendo sua magica e introduzindo novos personagens de forma complexa e que nos leva a querer saber não só sobre os personagens principais, mas também dos secundários! E essa estória parece, estar ligada ao passado de Xhex.
John não é meu amante favorito, longe disso! Ele é mala! E fica o tempo todo com aquele mimi mimi dele que já conhecemos de outros carnavais! Mas o que me fez continuar amando até mesmo esse livro é a autora e os personagens os outros personagens! Apesar de que o mala Jhon amadureceu bastante no decorrer das páginas e conseguiu cativar um tantinho do meu amor! Mas bem supercial ainda! rs
  

Adorei as cenas entre Qhuinn e Blay, sempre nos prendendo com toda a tensão sexual que há entre os dois. Adoro! Torço por eles e quero que eles continuem a aparecer nos próximos livros, pois certamente eles dão um ar diferente à trama por toda questão homossexual; que é abordada plausivelmente pela autora! 
Me peguei em alguns momentos torcendo por Saxton, que é super sexy e está muito afim de Blay e sabe,  ele merece alguém decidido e que não tem puderes em dizer o que o sacia!
Qhuinn é afim de Blay e tem medo de ficar com ele e não conseguir largá-lo mais, porém depois de tudo que passou com sua família e a Glymera (por ter um olho de cada cor), sempre imaginou-se fazendo a coisa certa; "que seria casar com uma fêmea de valor". Na Glymera você pode até ser gay, mas sem se expor. Como tudo nessa sociedade, os 'pecados' devem ser jogados debaixo do tapete. 
Tudo isso deixa Qhuinn super confuso e possessivo, mas o que será que vai acontecer?? Leiam! E leiam já!!! 
Só digo que gostaria de ler o que aconteceu no quarto quando Blay ficou a sós com Saxton. 


"- Diga a palavra Qhuinn. Faça isso e eu passarei a noite com você.
- Melhor ainda - Blay falou arrastando as palavras. - Por que você
simplesmente não me beija..."
(pág.288)

A autora também prepara caminho para o próximo livro onde será abordada como trama principal a história de Payne, irmã gêmea de Vishous.
Em Amante Meu mostra uma Payne, insatisfeita por se ver prisioneira, pois sua mãe (a Virgem) não permite que ela vá para o outro lado.. até que através de sua fúria e insatisfação acontece um acidente e Payne precisa ser levada para o outro lado para se curar, pois não permite que sua mãe use magia e a cure. Ela está tomada por muita raiva.. a ponto de querer morrer ao invés de aceitar ajuda da Virgem.
Mas a Virgem decide deixar Wrath levá-la ao outro lado, pois para ela,  é melhor ver sua filha distante do que morta em seu chão! E aí mais coisas escondidas pela Virgem começam a se revelar..

E falando um pouco sobre Lash - para mim ele foi o maior vilão criado pela nossa autora e quero muito ver novas cenas com ele e todo seu deboche, sadismo, narcisismo e maldade!
Lash, apesar de ser um vilão me conquistou!

A narrativa de Ward continua a mesma; sempre prendendo o leitor e cativando tanto com os personagens principais como com os paralelos; a autora consegue fazer o que poucos autores conseguem.. que é criar vários personagens interessantes em uma única trama.. deixar-nos empolgados a cada livro lançado e ansiosos com a espera do próximo livro!
E agora não resta jeito.. é esperar!

Termino essa resenha com uma frase da última folha que achei perfeita para descrever Amante Meu: "Afinal, tudo acontece exatamente como estava destinado a ser." (pág.607)


Você poderá ler as resenhas anteriores em:




Divulgação: Banca Internet




E ai, galera!! Mais novidades fresquinhas para vocês!! Quem quer ganhar uma mochila?

A “Banca Internet”, uma das empresas que compõem o “Grupo Domo”, a qual faz parte Universo dos livros, está com uma super promoção esse mês. Quem assinar a “Inked” por 2 anos, além de 10% de desconto leva uma “Mochila FILA” exclusiva!



Aproveitem a oportunidade, pois é até durar o estoque!




bjus no core

Resenha | Nascida à Meia-noite - Os Sobrenaturais - C. C. Hunter


ISBN: 9788564850002
Livro: Nascida à Meia-noite - Os Sobrenaturais
Série: Saga Acampamento Shadow Falls
Autor(a): C. C. Hunter
Editora: Jangada
Ano: 2011
Páginas: 315
Avaliação: 3/5

Kylie Galen está na pior. Seus pais vão se divorciar, seu namorado acaba de romper com ela e uma noite, depois de ser presa por estar na festa errada, com as pessoas erradas e na hora errada, é enviada pela mãe para Shadow Falls – um acampamento para adolescentes problemáticos, localizado numa cidade chamada Fallen, no meio de uma misteriosa floresta. Isso muda sua vida para sempre. Poucas horas depois de chegar, ela descobre, assustada, que seus colegas não são apenas “problemáticos”. Kylie nunca se sentiu normal, mas também não se considera como uma daquelas aberrações paranormais. Ou será que ela é? Em Shadow Falls, vampiros, lobisomens, metamorfos, bruxas e fadas aprendem juntos a desenvolver seus poderes, controlar sua magia e viver no mundo normal. No entanto, as coisas tomam um rumo diferente quando dois carinhas interessantes entram em cena. Derek, um fae que possui poderes mágicos, quer a todo custo ser seu namorado e Lucas, um lobisomem com quem ela partilha um passado secreto. De início, tudo o que Kylie deseja é sair de Shadow Falls e voltar para casa. Porém, com Derek e Lucas ocupando um lugar cativo em seu coração e depois de descobrir que ela própria tem estranhos poderes, talvez sua vida nunca mais volte a ser a mesma... 

Nascida à meia-noite era um livro que eu esperava ler com grandes expectativas. Não vou dizer que o livro não me agradou, mas boa parte do livro foi bem complicado de dar continuidade e chegar ao seu final.

Porque tive grandes expectativas?

O livro trás uma gama de sobrenatural: deuses, espíritos, lobisomens, vampiros, bruxas, metamorfos, fadas... Tudo para ser uma estória de tirar o folego, mas não foi isso que aconteceu. O livro é bem parado; a protagonista não ajudou muito, nada contra a teimosia até por que sou bastante teimosa, mas eu não aguento ver uma personagem que tem a verdade na sua frente e fica enrolando boa parte do livro para aceitar o óbvio.

O livro menciona um triângulo amoroso, que no meu ponto de vista também deixou a desejar. Sei que o livro é voltado aos adolescentes, porém ações infantis para mim não rola mesmo quando se tem 17 anos nessa idade já conseguimos definir o que queremos e quando há dúvidas o melhor é optar por ficarmos sós, entretanto, algumas cenas são agradáveis e de certo ponto sensuais e deram uma esquentada na história.

Outras personagens chamaram mais atenção que o trio de protagonista, como foi o caso das amigas de Kyle: Miranda, uma Bruxa disléxica, e Della, uma vampira complexada fazem com que o leitor se sinta bem à vontade na leitura e deixam livro mais interessante e até um pouco engraçado e sem falar na ajuda fundamental a nossa protagonista que em momentos cruciais no enredo foi de grande importância.

A estória não é ruim de forma alguma, mas deixou muito a desejar, tornando o enredo superficial, deixando vários fios soltos que espero que sejam explicados no segundo livro e alguns clichês. Porém, como já iniciei a série darei chance aos próximos volumes na esperança de que a estória evolua e se torne forte e emocionante.

Recomendo a leitura para que todos possam tirar suas conclusões e deixem sua opinião aqui no Mix.

Boa leitura a todos.

Lançamentos - Editora Bertrand Brasil

Bom dia!
Como está sendo o fim de semana de vocês? 
Venho hoje apresentar alguns dos lançamentos da Bertrand Brasil:




E se Cristo fosse um maçom? 
Há dois mil anos, a Igreja esconde de seus fiéis e do mundo inteiro um segredo que, se descoberto, pode destruir seu poder e seus dogmas...
O Triângulo Secreto: As Lágrimas do Papa, de Didier Convard, é um thriller que leva o leitor ao coração da maçonaria e que mostra os segredos dos templários e o lado obscuro do Vaticano. Com mais de um milhão de exemplares vendidos, esse, como todos os outros títulos do autor, figurou nas principais listas de mais vendidos francesas.
Didier Mosèle é o pesquisador na Fundação Meyer encarregado da restauração de um dos famosos manuscritos do mar Morto. Quando seu colega e gêmeo franco-maçom, Francis Marlane, desaparece misteriosamente após lhe deixar uma mensagem em que lhe confessa ter descoberto uma terrível comprovação, Didier percebe que algo muito maior está por trás de seus estudos. A busca do protagonista pela verdade é pontuada por voltas ao passado que levam o leitor a diferentes períodos históricos, à vida e à morte de Cristo, ao tempo dos Templários, entre outros. A história se mistura. Cada passagem vem esclarecer ou, ao contrário, obscurecer o caminho em direção à verdade. O Triângulo Secreto: As Lágrimas do Papa pode parecer mais um daqueles suspenses que envolvem a Igreja católica, mas não, o livro é mais do que isso, é uma aula de maçonaria e de história, recheada com personagens bem-construídos e complexos, e um enredo de tirar o fôlego. Com excelente visão histórica, o livro deixará todos ansiosos pela próxima obra do autor e também continuação desse sucesso.

            A representação da mulher no dito popular 
Quase todo mundo é capaz de citar um provérbio de cor. Concisos e eloquentes, dotados de rima, ritmo e imagens, sintetizam uma realidade, uma regra social ou moral e a transmitem de geração em geração. Nunca se case com uma mulher de pés grandes, de Mineke Schipper, é o resultado da análise feita durante anos pela autora a respeito de provérbios que representem as mulheres de todo o planeta e de todas as épocas.
Nas mais diversas culturas, as questões de gênero têm sido expressas em provérbios, o menor dos gêneros textuais. Este livro fornece ao leitor insights reveladores sobre a condição feminina através dos séculos e continentes. Para surpresa de todos, Mineke descobriu mais semelhanças que diferenças em milhares de provérbios sobre as mulheres oriundos de mais de 150 países. Eles refletem diversas fases da vida da mulher: de menina a noiva, de esposa a coesposa, de mãe a sogra, viúva e avó; as alegrias e tristezas do amor, do sexo e da maternidade; a mulher no trabalho, seus talentos e poder.
A autora compilou provérbios de mais de 240 línguas em uma amostra que reflete um perfil bastante preciso da representação da mulher na fraseologia popular.
A Bertrand Brasil tem editado livros que focam este novo lugar da mulher no mundo a partir da denúncia e da adoção de uma postura crítica, entre eles O Livro Negro da Condição das Mulheres, organizado por Christine Ockrent e Sandrine Treiner, Rompendo o Silêncio, de Alice Walker, e A Dominação Masculina, de Pierre Bourdieu.

Descobre-se um homem diferente da imagem fabricada pelos boatos. Um personagem atípico, vivo... 
Uma biografia é um exercício complicado, sobretudo quando o analisado ainda está vivo. Uma autobiografia o é ainda mais, já que o leitor desconfia que haja, forçosamente, uma autojustificação. O Anticonformista, de Luc Ferry, não se enquadra em um caso nem em outro.
Esta é provavelmente a primeira autobiografia em que o assunto principal é o pensamento. As entrevistas com Alexandra Laignel-Lavastine são uma formidável epopeia intelectual que ajuda o leitor a compreender melhor o que está em jogo nos debates dos dias atuais. Luc Ferry ousa não seguir as trilhas batidas dos ideais contemporâneos, tomando as vias mais penosas da coragem, da verdade e da justiça. Sem pertencer a clã algum, ele se posiciona na confluência de todas as correntes, à vontade para falar do que fez e de suas teorias, pois sempre se expôs nos confrontos do pensamento e da ação. Para além do engajamento religioso, sua visão de uma ética transcendente para nossa sociedade traz um sopro de esperança ao planeta.
A obra de Ferry há muito faz com que as pessoas se questionem sobre uma salvação possível da filosofia. Agora, em seu livro definitivo, ele mostra a necessidade de um espírito libertário e antitotalitário para que isso ocorra.
O Anticonformista apresenta um intelectual com uma ética transcendental por nossa sociedade e que carrega um sopro de esperança pelo futuro do planeta.

Agora já podem escolher um ou todos os títulos acima e começar a leitura!

Acompanhe as novidades do nosso parceiro em:

Ganhador da Promoção Jogos Vorazes

Amados leitores,

Aqui temos a sortuda, que acabou de ganhar o Box com os livros e o botton de Jogos Vorazes. Espero que aproveite os livros. Eles são simplesmente maravilhosos. Eu sou suspeita para falar, porque AMO JV.

Kássia M.

Parabéns, você merece!!!




Pessoal, não desistam das promoções. Continuem divulgando no facebook e no Twitter para ganharem os pontos extras. Isso vale muito na hora do sorteio. Quem tem mais pontos extras tem mais chances de vencer.

Ainda temos mais dois sorteios e também estamos de olho nos comentaristas para fazer uma surpresa.
Continue participando. Quem sabe o próxima não é você!!!


Bjs no core

Resenha: O Livro Selvagem - Juan Villoro

ISBN: 9788535919868
Livro: O Livro Selvagem
Volume: 1
Autora: Juan Villoro
Editora: Companhia das Letras
Edição: 1
Ano: 2011
Páginas: 192

Onde Comprar: CulturaSaraiva
Avaliação: 5


Juan tem treze anos e já planejou as próximas férias: quer ficar em casa e passar os dias brincando e aproveitando o sol do verão. Mas sua família está passando por uma situação difícil. Os pais acabaram de se divorciar, e, tentando se adaptar à nova vida, sua mãe decide que precisa passar alguns dias sozinha.
Juan, então, tem de ir para a casa do tio Tito, um sujeito um tanto excêntrico, que ama os livros mais que tudo e tem estantes espalhadas por todos os cantos da casa. Tito detesta telefone e tudo que possa atrapalhar suas leituras, e como companhia aceita apenas os três gatos e a cozinheira.
No entanto, ele adora Juan, que considera um leitor especial. Tito acha que o menino descobre muito mais coisas naquilo que lê do que os outros. E tem um plano: vai pedir a ajuda do sobrinho para encontrar uma obra singular entre as milhares que tem em sua casa, chamada “O livro selvagem”, que nunca foi lida por ninguém e que guarda um segredo destinado àquele que a encontrar. Mas por que o livro resiste à leitura? E por que Juan é o único capaz de desvendar seus mistérios?
Nessa busca, entre livros, leituras e a convivência com o tio e com Catalina, a menina que trabalha na farmácia em frente da casa de seu tio, Juan vai descobrindo um pouco mais sobre si mesmo e sobre a relação da literatura com as experiências que vivemos cotidianamente.


"A diferença entre um arrogante e um sábio 
é que o arrogante só aprecia o que já sabe, 
enquanto o sábio busca o que ainda não conhece." 
(pág.34 Tio Tito)


Juan é um menino de 13 anos, cujos pais estão se separando; sua mãe anda chorando pelos cantos e fuma mais do que se possa imaginar, chegando a esquecer de Juan e sua irmã na escola; Juan não sabe o que fazer para ajudar; as férias chegaram.. sua mãe precisa de um tempo para se recompor e decide enviá-lo para casa de seu tio Tito enquanto sua irmã irá para casa de sua melhor amiga. Juan sente-se injustiçado, pois tinha feito vários planos de explorar o bairro com seu melhor amigo e agora terá de ficar com seu tio que mais parece doido. Mas logo Juan entende a decisão de sua mãe e a estadia na casa de seu tio pode até vir a ser interessante.. afinal seu tio sempre o trata bem!


Este é um livro sobre livros, onde nos mostra de uma forma fácil que para cada livro existe um leitor; sabe quando queremos muito um livro? Certamente esse livro te escolheu, pois é assim no mundo criado por Juan Villoro e de certa forma no nosso também!
A casa de Tito é uma casa incrível e fantástica; uma casa repleta de livros! #sonho Mas uma casa doida, pelo tamanho que parece ter ao lermos as páginas e pelos labirintos de livros existentes nela; me imaginei diversas vezes percorrendo os diversos corredores e encontrando cada vez mais lugares inexplorados!
Muito divertida a forma como as seções de livros são descritas, ex. "Redemoninhos no mar e nos cabelos", "Perucas de cabeças famosas"

Juan é um menino bastante esperto e que tem um senso maravilhoso em entender as circunstâncias que o cercam apesar de ser apenas um pré adolescente. A única coisa que demorei a entender foi porque o autor criou Juan tão infantil em alguns aspectos, como o de ele ter um pelúcia que adora, ou por ser tão ingênuo como demonstrou na cena em que relata sobre a carta que achou nas coisas do pai. 
Não sei se foi somente eu que tive essa impressão, mas posso falar que no mundo que eu vivo, onde tenho um filho de 10 anos, ele não é nem de perto parecido com o Juan em termos de inocência e ingenuidade!  

Hoje em dia meninos de treze anos são mais espertos e mais maduros do que o Juan. Porém isso chegou a ser um problema no decorrer da leitura, pelo contrário, deu um ar mais doce a história e me cativou muito!
Achei fofa a forma como Juan se descreveu ao ver Catalina pela primeira vez! #paixonite #primeiroamor




"Enxerguei um par de olhos que me chamou atenção. 
Também notei o nariz e o cabelo. Já tinha visto outras 
meninas bonitas, mas aquela me deu até frio na barriga. 
Minha garganta se fechou, como se eu tivesse 
engolido pó."
(pág.45)



Catalina, a atendente da farmácia, é um personagem muito importante na trama e sua personalidade é singular, forte, decidida e muito sagaz. Uma menina inteligente e que também adora livros.
Juan começa a emprestar-lhe alguns exemplares da biblioteca de seu tio e percebe que quando Catalina os lê, as histórias mudam, tornando-se diferente do que ele havia lido antes! 
Tudo isso é descrito de forma fácil e interessante, que nos prende, deixado-nos curiosos para entender o que acontecerá a seguir!

Tito é um homem muito esquisito e engraçado com as suas peculiaridades! Consegui uma boa dose de diversão e comédia em alguns trechos em que ele dava o ar da graça! E também o achei muito sábio com algumas tiradas malucas que ele tem! É muito doido ele não conseguir terminar uma frase porque precisa fazer xixi a todo instante devido ao chá de cachimbo que ele toma e que é diurético; as divagações e a maneira como ele começa a falar sobre uma coisa e acaba falando de outra! Ele é divertido e interessante com sua "doidura".




"Livros são como espelhos: cada pessoa encontra neles
aquilo que está em sua própria mente. O problema é que
você só descobre qu existe isso dentro de você quando lê
o livro certo. Os livros são espelho indiscretos e arriscados:
fazem com que as idéias mais originais saiam da sua cabeça
e trazem à tona outras novas, que você não sabia que tinha."
(pág.75)




Um misto de fantasia, revelações e lições de vida em uma jornada única; o livro é escrito de forma simples e direta; o que não faz perder seu charme, sendo uma leitura que encanta pela fácil compreensão e pela profundidade da história, que apesar da capa e tema divertidos é um livro com conteúdo um pouco mais além de questões e infatis. Um livro expressivo! 

Juan Villoro entrou para o clube dos bons autores que tenho apreciado, sua escrita é maravilhosa e sem meias palavras! Um livro de fácil entendimento até mesmo para crianças, pois é suave em suas abordagens que envolvem muito mais do que apenas questões tolas e superficiais!

Vou terminar essa resenha com um trecho do livro que eu adorei pela comparação:


"Um livro é o melhor meio de transporte: leva você a lugares
distantes, não polui, é pontual, barato e não causa enjoo."
(pág.75)




 

Resultado Promoção Jogos Vorazes


Queridos leitores,

Como foi divulgado no Twitter, fizemos um novo sorteio pela falta de contado da primeira vencedora. Assim seguindo as regras, temos uma nova ganhadora, que também terá 48 hs para responder ao email com os dados. Caso isso não aconteça, será realizado novo sorteio.


Vencedora Kassia.M, PARABÉNS!! Jogos Vorazes é SEU!!!




Bjus no core

Divulgação: Publicando um livro - A Trajetória de uma autora

Hoje vim falar sobre um lançamento da Editora Dracaena; o livro Equinócio - A Primavera, da autora Lu Piras. Vejam que capa linda e confiram a sinopse abaixo:


A cidade do Rio de Janeiro é o pano de fundo onde a estudante de medicina Clara vive sua rotina diária com a família e amigos. O que ela não imaginava é que tudo o que acreditava estivesse prestes a mudar, com a visita inusitada de um anjo. As força do mal ameaçam escravizar a raça humana e, para impedir, o anjo da guarda Nath-Aniel (Nate) vem à Terra, disfarçado de humano, para alertar sua protegida Clara de que sua vida está em risco. Proibido de agir em nome dos humanos e alterar seus destinos, o anjo acaba por se envolver demasiado quando revela a Clara que o pai dela, um renomado cientista, é o responsável pela descoberta que despertou as forças do mal: a fórmula da perpetuação da vida humana (criônica). Toda a missão da legião de anjos celestiais é colocada em risco quando Nate e Clara se apaixonam.



A Trajetória de uma autora:
Saiba como a Editora Dracaena e a autora Lu Piras se encontraram.

A editora Dracaena dá as boas vindas à autora Lu Piras e aproveita para divulgar a capa oficial do livro: Equinócio – A primavera.
Através de post no seu blog oficial, a autora apresentou um resumo de sua trajetória até chegar à editora Dracaena: 

"Queridos leitores, é com muita felicidade 
e com o coração acelerado que eu anuncio 
que o nosso livro Equinócio será publicado
Para revelar a editora eleita e explicar como 
esse processo aconteceu, quero convidá-los
a conhecer esse percurso e, ao final, partilhar uma 
pequena surpresa... Mas só no final! Não tenha pressa.
 Se você é escritor, sabe do que estou falando." 
(Lu Piras)

Conheça a trajetória de Lu Piras e saiba mais sobre o seu trabalho.

Adicionem Equinócio - A Primavera no Skoob.

A Editora Dracaena está entre os mais vendidos da Gato Sabido:

O Livro O Dom de ser feliz do autor R. A. Torrey foi lançado pelo selo Oxigênio/Dracaena, e está entre os E-books mais vendidos da Livraria Gato Sabido.
O E-book com valor de venda de R$ 4,99 e tem atraído um grande público. O livro pode ser adquirido na Gato Sabido 
Confira o Book Trailer do livro O ALMA - A face de um outro mundo:


O autor José Oliveira apresenta o book trailer oficial de seu mais novo trabalho: “O ALMA - A face de um outro mundo”. O livro que será publicado e distribuído pela Editora Dracaena no mês de abril de 2012, é esperado com grande expectativa.
O Autor falou sobre a importância dessa ferramenta na divulgação do livro “É importante porque é uma ferramenta que abrange leitores e não leitores. O book trailer tem uma particularidade em atingir de maneira providencial diversos públicos.”
 





Assistam ao booktrailer:


Acompanhem as novidades do nosso parceiro em:

Tagarelar do Mix - Entrevista: Hermes M. Lourenço



Olá queridos leitores! Hoje temos para vocês uma coluna que aproximará, vocês leitores, dos nossos autores nacionais, a fim de levar até vocês obras tão interessantes quanto os estrangeiros que lemos diariamente. Assim, damos a oportunidade aos novos autores nacionais, como também reforçaremos o trabalho daqueles que estão trilhando esse caminho há algum tempo.

Todos sabemos que é muito difícil ver sua obra publicada aqui no Brasil, devido aos custos e a falta de investimento nessa área. Mas reconheço que isso tem mudado; muitas Editoras estão dando essa oportunidade aos novos autores de literatura diversificadas, seja romance, fantasia, sobrenatural e etc. Uma dessas Editoras é a Dracaena; que vem investindo pesado nos novos autores nacionais, tornando o sonho deles realidade e nos presenteando com ótimas obras!

O nosso convidado de hoje é o Hermes M Lourenço autor do livro Faces de um Anjo; conheçam o Hermes e seu bebê! rsrs







Hermes M. Lourenço



Conheçam o livro Faces de um Anjo:




Leticia Lorn, uma renomada física é chamada por um genial professor do Instituto de Tecnologia para encontrar respostas em uma pesquisa secreta: A possibilidade de viajar no tempo, através de uma esfera de origem obscura, encontrada em Luxor - Vale dos Reis. Enquanto envolve-se com a pesquisa, misteriosamente surge Samael, um psicopata que inicia uma verdadeira caça as bruxas, cometendo assassinatos brutais com traços da Santa Inquisição de forma a incriminar a brilhante pesquisadora e roubar a esfera, podendo assim interferir no espaço-tempo e até mesmo na história da humanidade. De forma equilibrada o autor nos leva a um mundo mesclado de magia e suspense, desafiando o leitor ao exercício das deduções, fazendo-o mergulhar em uma nova realidade. Uma leitura capaz de envolvê-lo do início ao fim, que o conduzirá a um final surpreendente e instigante. A chave é acreditar.


Entrevista com Hermes M Lourenço:

 
1)  Gostaria de saber como surgiu a idéia de Faces de um anjo?

Sempre quis escrever um livro que retratasse a possibilidade da viagem no tempo. Já havia feito o esboço do livro e para colocar um pouco de ação no plot da estória, achei interessante criar o Samael – que por sinal foi o personagem que mais deu trabalho para construir o perfil psicológico.
Então tinha em mãos uma trama ótima e a criação deste antagonista foi o que me permitiu enriquecer a estória de forma imensurável.

2)  Por que o nome Faces de um anjo? Pelo que li na sinopse a estória não retrata bem um anjo, apesar de haver algo de sobrenatural?

Bem o nome Faces de um Anjo foi dado após ter concluído o livro. Fiquei algumas horas com meu cunhado Robson trabalhando sobre um brainstorm. Foi então que surgiu o nome Faces de um Anjo que se encaixou perfeitamente com a estória.
Neste livro não exploro o sobrenatural, pelo contrario, exploro sutilmente a mistura de ação, suspense, ficção e misticismo. O titulo está diretamente relacionado com Samael – quem ler compreenderá. rs



3) Qual o motivo da escolha de uma personagem feminina? Acha que Letícia Lorn conseguiu cumprir bem o papel e o desenvolvimento esperado?

Letícia Lorn é a protagonista da estória. Ela reúne todas as qualidades com  Inteligência, beleza, sutileza, porém propositalmente ainda inocente para a realidade, apesar de ela ser doutora em física quântica e carregar o segredo de pertencer a um antigo coven de bruxas.
Durante meus esboços, foi um desafio criar uma protagonista do sexo feminino e transmitir essas emoções ao leitor. Porém a grande surpresa vem no final, que de fato é capaz de mudar a vida de qualquer pessoa.

4) Por que decidiu criar o cenário em São Carlos, cidade do interior de São Paulo? Muitos autores escolheriam um país estrangeiro. Acho que foi original a escolha do local. Algum motivo particular?

São Carlos é uma cidade que carrego um carinho muito especial, pois morei por 5 anos nesta cidade cursando o segundo grau.
Já explorei em outros livros cenários de outros países, mas penso que o Brasil tem ótimos cenários – até paradisíacos.
Achei a capa feita pelo César fantástica, pois ela traz a imagem de fundo a cidade de São Carlos e esta cidade encaixou-se perfeitamente para o desenvolvimento da trama, pois as cidades vizinhas contribuíram para dar veracidade à estória. 

5)  Essa coisa de bruxaria e viagem no tempo foi complicada para você desenvolver na trama? Isso já era uma idéia natural quando fez o rascunho da estória ou a coisa toda aconteceu com o desenvolvimento dela? Veja bem, eu não li a obra, mas me parece bem interessante uma viagem no tempo e algo místico. Confesso que você me deixou curiosa e após ler as resenhas fiquei com uma vontade louca de ler o livro. Fale-nos um pouco do desenvolvimento desse projeto.

Não sei o que acontece comigo. Quando eu sento diante do laptop, as ideias começam a fervilhar em minha mente. Sempre acabo modificando drasticamente o esboço e no final até eu me surpreendo com o que fui capaz de criar. É incrível e de verdade... Amo isso! rs


6)    Como é para você ser comparado a Dan Brown? Esse autor é cheio de facetas e os livros dele são complexos e inteligentes. Eu realmente gosto muito como Brown desenvolve as suas tramas e sempre me surpreendo. Ao ler essa comparação, minha curiosidade só aumentou. Como você se sente em relação a isso?

Considero uma honra ser comparado a Dan Brown, mas esse não é meu intento. Admiro as obras do Mr. Brown e considero-o um gênio da escrita, mas cada escritor tem um estilo peculiar que o caracteriza.
Meus livros carregam a ação, suspense, misticismo aliadas a ficção que definem o escritor Hermes Lourenço. Talvez o que exista de semelhante em meus livros com as obras do Dan Brown seja a ação e a capacidade de entreter o leitor do início ao fim, bem como de fazê-lo vivenciar uma montanha russa de emoções durante a leitura.



7) Mudando o foco das perguntas, gostaria de saber como foi publicar esse livro? Sabemos como é difícil ser autor no Brasil. As editoras investem muito nos autores estrangeiros e deixam os nossos talentos de lado. Para conseguir uma publicação é preciso muita ralação. Como foi para você? Conseguiu de primeira ou teve muitas portas fechadas? Teve algum patrocínio? Como tudo ocorreu?

Publicar um livro não é fácil, pois editoras são empresas e como empresas visam o lucro. Poucas decidem apostar no autor nacional e preferem publicar autores estrangeiros obtendo um número maior de vendas. Já publiquei em várias editoras, mas a editora Dracaena; em especial o editor/Publisher Léo Kades, foi quem acreditou no meu trabalho. Ele é uma pessoa fantástica e durante todo o processo para transformar Faces de um Anjo em um livro ele esteve presente e mesmo após o livro publicado mantemos contato. Desse trabalho nasceu uma grande amizade.
Eu e o Léo pensamos de forma semelhante, pois queremos oferecer ao leitor um livro de suprema qualidade e conteúdo.



8) Esse é o seu primeiro trabalho? Ou já publicou outras obras? Caso tenha publicado, fale-nos um pouco delas.

Faces de um Anjo é meu quinto livro. Já tenho outros livros publicados, porém se esgotaram. Tenho em mente reeditá-los futuramente.
Sou autor dos livros:

·         Medicina e Parapsicologia – Uma União Fundamental
·         Porto Calvário
·         Contos para refletir
·         O Enigma do Fogo Sagrado
·         Faces de um Anjo.


9)  Está trabalhando em novo projeto? Tem algo em mente para lançamento futuro?

Estou concluindo um novo livro – faltam apenas nove capítulos.
Acredito que até o final de abril, inicio de maio estarei enviando-o para a Dracaena.
Posso lhes garantir que tem muita novidade a caminho.


10)  Fale-nos um pouco sobre você. Nós do Mix gostaríamos de saber um pouco da sua biografia, seus autores preferidos e o tipo de leitura preferida, suas paixões e interesses.

Sou uma pessoa simples, trabalho muito e me desdobro em mil para conseguir escrever.
Nasci na cidade de Itapeva, vivi grande parte de minha infância na cidade de Brotas SP. Sou formado em medicina, e atualmente moro em Belo Horizonte – MG.
Sou apaixonado por livros. Meus autores favoritos vão desde Machado de Assis à Dan Brown; Ruben Alves à Sir Arthur Conan Doyle, Jô Soares à Mary Shelley. Também carrego um carinho muito especial pelos autores do Selo Brasileiro.
Minhas paixões: minha família, medicina, livros de ficção, magia e ilusionismo, xadrez, um bom vinho e é claro: Ser escritor!
Acredito que meu maior interesse é estar cada vez mais próximo de meus leitores e proporcionar a eles livros cada vez melhores.
Aproveito também para agradecer pela entrevista.
Um forte abraço a todos!


Termino essa entrevista com um video que o Hermes nos enviou:





Acompanhe o autor nas redes sociais:


Blog

Book Trailer:


Espero que tenham gostado da entrevista que a Glaucia Santos e Eu, Karini Couto realizamos e em breve traremos novas entrevistas para vocês!