Resenha: Dezessete Luas - Margareth Stohl e Kami Garcia


ISBN: 9788501086921 

Livro: Dezessete Luas 
Autor: Margareth Stohl; Garcia, Kami 
Editora: Record 
Edição: 1/2011 
Ano: 2011
Páginas: 246 
Onde Comprar: Saraiva | Submarino | Cultura
Avaliação: 4 


Juntos, Ethan e Lena podem enfrentar qualquer coisa. Ao menos era assim que funcionava antes de Lena sofrer uma perda trágica e começar a se afastar, a guardar segredos que começam a testar o relacionamento dos dois. E agora que Ethan abriu os olhos para o lado negro de Gatlin, não há como voltar atrás. Assombrado por estranhas visões, Ethan vai se envolvendo cada vez com a história da cidade, com a sua história e, consequentemente, com o destino de Lena. A Warner Bros já comprou os direitos de adaptação da série Beautiful Creatures para o cinema. Bestseller do New York Times, do USA Today, do Publishers Weekly e livro do ano da Amazon em 2009. O primeiro livro da série foi publicado em 39 países e traduzido para 28 línguas. 

Esse é o segundo livro da série Beatiful Creatures, que encantou milhares de leitores e terminou de forma a deixá-los desesperadamente precisando de mais. A parceria das autoras mais uma vez impressionou e o segundo livro veio recheado de elementos sobrenaturais, que mudou um pouco a dinâmica da estória. 

Apesar de muitos acontecimentos, o livro tem uma narrativa um pouco mais lenta que o primeiro e as autoras “abusaram” um pouco de acontecimentos, que ao meu ver, não agregaram muito a trama. Eu tive um pouco de dificuldade no início do livro e cheguei a ficar irritada. Quando terminei, percebi que os fatos estavam interligados, mesmo as autoras “dando a volta ao mundo” para narrá-los. 

Nessa nova trama temos novos personagens, que logo no início deixam o leitor intrigados sobre os papeis que desempenharão durante a trama. Quando comecei a ler sobre eles, uma pulguinha começou a me cutucar e me interroguei sobre os acontecimentos a cerca dos dois. No decorrer do livro, a participação deles se tornou fundamental para o desenvolvimento da estória. 

Também podemos ver um pouco mais participação das tias de Ethan. Apesar de parecerem velinhas inofensivas, devemos prestar muita atenção aos fatos quando se trata dessas tias, aparentemente caducas. No final o leitor pensa: AH! Então é isso? Assim o meu conselho é prestar bastante atenção, mesmo que em alguns momentos a leitura pareça um pouco enjoativa. Tudo no final tem um sentindo, que só a cabeça louca de um autor pode conseguir ligar através de uma verdadeira teia de acontecimentos. O meu conselho é ler com calma! Não tente devorar o livro em um dia como fiz. Esse tipo de leitura requer tempo e paciência para se atentar aos pormenores. Tudo nele é muito louco e até os mortos tem uma participação surpreendente nos acontecimento - mandinga, espíritos, objetos estranhos, criaturas estranhas, mundo subterrâneo, visões misteriosas, entre outras coisas loucas – e dão um nó na cabeça do leitor. Pode acreditar! Nada é impossível nessa leitura. 

Bem, o livro é uma caixinha de surpresas. Como disse tudo é possível quando se trata dos invocadores e aqueles que os cercam. Preste a atenção em cada detalhe e no final não se surpreenda com a imaginação fértil dessa dupla dinâmica. O meu único conselho é: Leia com moderação se sentir que a trama não está fluindo!

10 comentários:

  1. A capa desse livro é linda! Sou apaixonada por borboletas! kkkkkk
    Gostei da resenha!
    Abraços...

    http://pollymomentos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Fiquei um pouco perdida porque não li nenhuma resenha e nem o primeiro livro. Mas fiquei curiosa pra saber do que se trata essa estória, porque adoro tudo que é sobrenatural. E amo as capas dessa série!! Quantos livros são, no total? As autoras já sabem?

    Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Eu ainda não li o primeiro livro dessa série, mas o que mais me chama a atenção é a narrativa ser feita pelo ponto de vista de um homem. O lado 'chato' é que é série, né, acho que são quatro livros e se eu gostar do primeiro fico agoniado pelos próximos haha.

    ResponderExcluir
  4. Desde que vi a capa brasileira de Dezesseis Luas sou louca pra ler esse livro. Eu estou lendo e estou adorando... Tipo, é meio confuso, mas da pra entender... Entendeu??? rsrsrs
    Quero terminar logo pra poder ler Dezessete Luas.

    Ass: ALoucaPorLivros.

    ResponderExcluir
  5. Amei 16 luas e estou empolgada pela continuação!
    Bem que eu desconfiava do trio de tias do Ethan, afinal parece que boa parte da cidade esta de certa forma ligada ao mundo oculto que existe por trás da aparente fachada de cidade pacata. E que de pacata não tem nada! Rsrs...
    Parabéns pela resenha, mandou bem!
    Bjks,

    Maribell

    PS: Feliz em vê-la fazendo parte desse time de sucesso, Glaucia!

    ResponderExcluir
  6. Eu ainda não li Dezesseis luas, mas esse parece que é um pouco inferior ao primeiro, pelo que eu li nas resenhas a narrativa do outro é rapida e muito legal, nesse segundo volume parece que é mais lenta e enrolada! Ainda bem que o final luga tudo...

    ResponderExcluir
  7. Ainda não li nenhum livro dessa série, mas estou com eles em minha lista(Enorme) de leitura!!!kkkkkkkk

    Muito boa a resenha Glaucia!!!

    Bjssssssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  8. Vcs sabem se vai ter continuação esse Livro ? Tipo o 3 volume ?

    ResponderExcluir
  9. Nossa..não li o 1º e jah tem o 2º..sou atrasada mesmo com as leituras..rsrsrs..a história me chamou a atenção e com certeza eu vou ler esses livros!!!!!!

    bjus

    ResponderExcluir