Mix Retrô Nº 1 - Especial Harry Potter

Bem vindos ao Mix Retrô Nº 1, muito prazer! 

Explicando: O Mix Retrô é uma coluna quinzenal que trará livros que nós do Mix lemos antes de idealizarmos o blog.

E pra começar com o pé direito hoje trago pra vocês o primeiríssimo da minha must read list:

A saga HARRY POTTER! (clap clap clap uhuuw


Bom, eu sei que a idéia é falar de um livro, mas não dá, simplesmente, um puxa o outro, e fã que é fã o/ não deixa nenhum pra depois!

Muitos de vocês já devem saber de muita coisa sobre o bruxinho mais amado do mundo, até mais do que essa simplória fã que vos fala, mas o objetivo desta coluna é ilustrar os prazeres que a leitura nos proporcionou na época que lemos, por tanto, não farei repetições, nem trarei nada de "fora".

Harry Potter entrou na minha vida quando eu tinha 16 anos (2001), antes mesmo de "sair no cinema", ganhei o livro do meu namorado (atual marido, um dos culpados por eu ser tão alucinada por livros hoje. -Obrigada meu amor!). Na época eu não gostava de ler, e ler Harry Potter e a Pedra Filosofal foi uma provação pra mim, nem por isso saí por aí lendo tudo que estava a minha frente. 

Quando ganhei Harry Potter e a Câmara Secreta foi como uma sacudida na minha vida, "abri os olhos e estava meio zonza, queria ser uma bruxa", rsrsrs, mas quando o Prisioneiro de Azkaban chegou... Foi uma loucura, consumi o livro, simplesmente relendo relendo, hoje ainda é o meu preferido da série. Aí pronto! A essa altura eu já estava louca-alucinada pelo restante da saga, e o que aconteceu? Alguém chuta? O Cálice de Fogo ainda não tinha chegado às livrarias, loucura loucura loucura, eu não sabia o que fazer queria desesperadamente continuar a leitura. Mas chegou (ufa!) e me vi sentindo o que o Harry sentia, o primeiro amor, as discussões com os amigos...

Depois a maravilhosíssima J. K Rowling ainda estava escrevendo a Ordem da Fênix, que por sinal eu simplesmente queria socar o Harry nesse livro! Vai ser cabeça-dura-teimoso assim lá em Hogwarts! (respira)... 

Em o Enigma do Príncipe eu já estava mais que familiarizada com a arte de ler e ser transportada para as páginas, ri, ri muito com esse livro, chorei também, uma perda importante nunca é fácil. Este é o meu segundo predileto, mas me arrisco dizer que esse livro em especial é o melhor de todos. Você deve está se perguntando: é o segundo predileto e é o melhor? Essa Nice é doida!, mas esperem, eu explico, O Prisioneiro de Azkaban me impulsionou para o mundo literário, foi o primeiro livro que realmente me identifiquei, por isso ele nunca deixará de ser o primeiro, mas o Enigma do Príncipe é a melhor "viagem", melhor! 

E por fim As Relíquias da Morte, é o que tem mais ação, batalhas, tramas, perdas... Acontece a maior parte fora de Hogwarts, exige mais do leitor, mas porque não é o melhor? Primeiro porque acaba, segundo a autora toma decisões pra encerrar a estória que não foram legais pra mim! É o desafio de querer agradar o maior número de pessoas.

Assim eu finalizo o primeiro "Mix Retrô" dizendo: SE VOCÊ AINDA NÃO LEU, TÁ ESPERANDO O QUÊ? "Eu já vi os filmes". Os filmes são meros resumos da estória, tem um mundo de coisas, detalhes, sentimentos, situações que não cabe em um filme!

Dica: Leiam, não há probabilidade de arrependimento!


Adendo Paty: Eu tb adoro Harry Potter, os livros são fascinantes, a cada livro você vê o desenvolvimento dos personagens, não é por que são bruxos que não tenha aquela revolta natural de um adolescente, que o diga Harry em  A ordem da Fênix. Minha personagem favorita é a Hermione por sua sagacidade e inteligência reconhecida desde da Pedra Filosofal. Tenho que resaltar que não concordo com o final dado a alguns personagens isso inclui Fred, Olho Tonto Moody, Luppin e Tonks (esperava um final feliz para os dois) e a melhor de todas Edwiges, essa sinceramente foi o fim. Para finalizar o meu favorito da saga é O Prisioneiro de Azkaban é nele que você vê os laços de amizade em Harry, Rony e Herminione se fortificarem de uma vez por  todas como também o amor incondicional de Harry por Sirius seu padrinho, o qual ele considerava sua família (pq os tios realmente não contam).


Bjos do Mix!



5 comentários:

  1. 0/
    Harry Potter éh divino!!!
    e eu também acho o Enigma do Principe o melhor -- naun posso dizer o mesmo do filme ¬¬ o que éh q foi akilo?

    triste que acabou *chora*

    ResponderExcluir
  2. Hey florzinha, o seu link já esta na minha aba de parcerias Okey? E olha, todo mundo adora Harru Potter, devo confessar, se vi dois ou três filmes já foi muito. Nunca me interessei pelos livros nem nada. Que complicado não é? Rs... enfim, eu não gosto muito de livros que conta coisa de bruxos do jeito que ele conta, sei lá. Nem eu me entendo pq não gst.
    Beijos. Mar
    www.LetrasdeSonhadoras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Nossa, Harry Potter é a série mais fantástica que existe, eu tenho orgulho de poder dizer que eu sou FÃ! Nossa, cada dia a perfeição dos livros parece maior e a saudade deles também... Com certeza HP marcou a literatura em todoooos os sentidos! Adorei o post, beijão.

    Luiza,
    Express Coffee

    ResponderExcluir
  4. Harry Potter é Harry Potter. =P
    Saudades de esperar um novo livro todo ano, encomendar na livraria física e ir buscar no lançamento, era a maior emoção! haha

    ResponderExcluir
  5. Realmente eu desisti de Harry Potter ha um bom tempo! Foi um livro que realmente só me agradou até o quarto volume! Hoje ele não supre e nem supriu mais minhas expectativas, por isso, desiste da leitura. E ainda por cima não tenho esse amor pela série, já que ele não foi meu incentivador de leitura. Eu lia bem antes de Harry chegar. Mas não nego que até o quarto livro realmente gostava do testa rachada Potter, depois de quinto volume percebi o que a Rowling ia fazer e não errei na dedução. Para mim ela podia ter dado outros rumos a história, porem não deu. Infelizmente o clichê dos vilões foi mantido e isso nunca me agradou. Hoje eu daria no máximo duas estrelas a saga.
    Adorei a matéria Nice!
    Cheiros da Serena!

    ResponderExcluir